Deixe o sentimento entrar

Tem muita gente que treme de pavor só de pensar em deixar a porta aberta para o(s) sentimento(s). Realmente não é uma missão fácil estar vulnerável aos vários sentimentos que podem nos invadir a qualquer momento! Dá vontade mesmo de trancar a porta e só deixar entrar os “sentimentos autorizados”.

O problema em se tentar fazer isso é que os sentimentos entrarão de qualquer forma; ou com sua autenticidade ou disfarçados. E quanto mais mal recebidos eles forem dentro de nós (nossa casa), mais estragos causarão.

Faço-lhe um desafio! Da próxima vez que perceber que tem um sentimento querendo “entrar”, convide-o! Você pode perceber que ele está chegando usando o seu corpo como uma espécie de sinalizador: um nó na garganta, um aperto no peito, a boca que seca, uma reviravolta na barriga, um sufoco no peito. Sim…. o corpo antecipa em milissegundos a chegada do sentimento, só que da sensação do corpo não há como escapar.

Aproveite a sabedoria do seu corpo e deixe que o sentimento anunciado entre sem bater na sua porta. Então perceba o que está se passando com você, como se sente, dê um nome para o sentimento e apenas observe…

Te garanto que isso será o início de uma grande descoberta!

Esta entrada foi publicada em belo horizonte, Clínica de Psicologia BH, psiquiatria, saúde emcional. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *