A autoestima frágil distorce a percepção de quem somos

It's only fair to share...Share on Facebook
Facebook
Share on Google+
Google+
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin

Autoestima é a parte do nosso autoconceito que pode deixar nossa proteção emocional mais ou menos resistente às circunstâncias da vida.

É impossível ser feliz sem ter amor próprio porque uma autoestima frágil desencadeia um processo de auto-boicote. Isso mesmo! Não importa o que as pessoas digam: um elogio, uma declaração de amor que seja para quem capta essas mensagens com filtro da autocrítica. Esse filtro dispara na pessoa um sistema de crenças disfuncionais, emoções perturbadoras e comportamentos contraproducentes. Pronto, basta começar esse circuito para que algum distúrbio psicológico se inicie.

Por exemplo, veja o transtorno de ansiedade: pessoas ansiosas têm muito medo do futuro. Os pensamentos são sempre catastróficos, porque acreditam que podem falhar na execução de algumas tarefas ou que algo terrível pode acontecer. É claro que por trás desse medo existe uma imensa insegurança. Elas não confiam nas suas próprias capacidades e acreditam que não são capazes de enfrentar as adversidades sozinhas.

Amar e respeitar a si próprio, é sem dúvida a base para o bem estar psicológico. Mesmo importa se o paciente tiver uma história de vida marcada por abandono, violência, luto ou doença grave. Todos podem ressignificar experiências adversas e ter uma vida emocionalmente estável.

 

Esta entrada foi publicada em saúde emcional. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Uma resposta para A autoestima frágil distorce a percepção de quem somos

  1. Gardenia Santos disse:

    Nossa!!! que legal !! autoestima decide muita coisa em nossas vidas inclusive nos relacionamentos amorosos decidindo futuro feliz ou não. Mas como a dr falou todos podem ressignificar suas vidas vou deixar aqui o link de um bom livro deem uma olhada
    a leitura e tambem um canal de ajuda>>
    http://bit.ly/autoestima_simplificada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *