O futuro sempre chega. Para alguns, ele demora demais… para outros, chega num piscar de olhos. O fato é que, se você não morrer,  sempre haverá um amanhã. E se tudo der certo, haverão muitos amanhãs.

O futuro é resultado do que plantamos no presente (isso você já escutou milhares de vezes!) e, assim como numa plantação qualquer, se plantarmos milho (por exemplo), colheremos milho. Mas muitas pessoas parecem ignorar essa lógica inquestionável e esperam pelo futuro sem pensar no que estão plantando. Levam a vida sem pensar que suas atitudes (ou falta delas) refletirá de forma impiedosa em seu futuro.

Então, vamos pensar um pouco: você já parou para refletir em como estará em alguns anos? Não me refiro a como será sua carreira profissional ou sua conta bancária, pois esses aspectos já são bastante valorizados quando pensamos no futuro. Mas você já pensou em como deseja ser sua vida social no futuro? Que tipo de pessoas você quer ao seu lado no seu amanhã?

E com relação a pessoa que você pretende se tornar? Que aparência física terá, que tipo de pai/mãe ou filho será, quais características emocionais você deseja reforçar ou adquirir, quais traços de personalidade você quer realçar?

Se não pensou, comece a pensar. De preferência escreva! Isso é um excelente exercício de autoconhecimento e só te trará benefícios. Lembre-se que sempre teremos que seguir em frente e você pode planejar sua estrada.

Publicado em saúde emcional | Deixe um comentário

A dor da decepção

Quem sofre por ter se decepcionado pode ter dificuldades para confiar novamente no outro. Em algum momento você colocou ali a sua alma inteira, pensando que era alguém e não você quem o enchia de vida.

Mas você descobre que aquilo que você pensava que não mudaria, muda. Então essa pessoa na qual você tinha uma fé cega demonstra que nem ela era infalível, nem você enxergava claramente com os olhos abertos. Na verdade, você percebe que a decepção é fruto dessa cegueira de esperar muito dos outros e esquecer, em parte, a sua responsabilidade.

Contudo, é preciso dizer que para cada decepção chega a hora da sua superação, mesmo que primeiro seja preciso passar pelo filtro do perdão. Trata-se de aceitar, deixar para trás e continuar com a lição aprendida com o sofrimento.
Decepção dói, deixa marcas, mas tem cura. Todos nós somos capazes de reprocessar uma traição, uma frustração e conhecer mais de nós mesmos.

Publicado em saúde emcional | Deixe um comentário

Anthony Hopkins e a síndrome de Asperger

Há anos o ator Anthony Hopkins recebeu um diagnóstico que não o deixou muito surpreso: síndrome de Asperger. Fazer parte do grupo de pessoas com autismo altamente funcional é, em suas próprias palavras, uma vantagem. A razão? Ele tem uma memória impecável e adora se focar nos personagens que interpreta.

Mas não podemos nos deixar levar pelas aparências. Muitas das pessoas autistas, apesar de se destacarem em sua competência, no entanto, no âmbito social e, sobretudo, no emocional, costumam apresentar grandes limitações. Dificuldades que, por sua vez, podem ser fonte de conflitos relacionais.

Há muitos estudos científicos e grupos de apoio para tratar as crianças autistas, Asperger…mas e os adultos?

Muitos deles trabalham, se casam, têm filhos….mas têm grande dificuldade para compreender as emoções, o que pode tornar o relacionamento amoroso e familiar desafiador. E o pior, seguem , por vezes, a vida toda sem um diagnóstico correto. Podem ser tratados como fobia social, depressão, transtorno obsessivo compulsivo…

Um diagnóstico correto já comeca a trazer um alento para todos na família. Mas nao é o suficiente.Os familiares precisam de ajuda para compreender que existem expectativas de mudança que são impossíveis, mas que é possível ter uma família real.

Um terapeuta experiente pode orientar, dar informações e ajudar a reconstruir novos sentidos.

Publicado em saúde emcional | Deixe um comentário

Deixe o sentimento entrar

Tem muita gente que treme de pavor só de pensar em deixar a porta aberta para o(s) sentimento(s). Realmente não é uma missão fácil estar vulnerável aos vários sentimentos que podem nos invadir a qualquer momento! Dá vontade mesmo de trancar a porta e só deixar entrar os “sentimentos autorizados”.

O problema em se tentar fazer isso é que os sentimentos entrarão de qualquer forma; ou com sua autenticidade ou disfarçados. E quanto mais mal recebidos eles forem dentro de nós (nossa casa), mais estragos causarão.

Faço-lhe um desafio! Da próxima vez que perceber que tem um sentimento querendo “entrar”, convide-o! Você pode perceber que ele está chegando usando o seu corpo como uma espécie de sinalizador: um nó na garganta, um aperto no peito, a boca que seca, uma reviravolta na barriga, um sufoco no peito. Sim…. o corpo antecipa em milissegundos a chegada do sentimento, só que da sensação do corpo não há como escapar.

Aproveite a sabedoria do seu corpo e deixe que o sentimento anunciado entre sem bater na sua porta. Então perceba o que está se passando com você, como se sente, dê um nome para o sentimento e apenas observe…

Te garanto que isso será o início de uma grande descoberta!

Publicado em belo horizonte, Clínica de Psicologia BH, psiquiatria, saúde emcional | Deixe um comentário

Seguindo em frente

Eu sei que muitas vezes pensamos que será impossível partir para outra enquanto não nos vingarmos ou sentirmos que a outra pessoa sofreu também.

Mas seguir em frente não significa redenção ou castigo ou provar que alguém está errado. Não precisa nem mesmo ferir a você para seguir em frente.

Concentre-se no que você precisa para encontrar sua paz.

Publicado em saúde emcional | Deixe um comentário

Esterilidade: o sonho da maternidade e paternidade talvez não precise ser abandonado.

A esterilidade pode ser uma grande frustração para algumas pessoas. Para quem sonha em ser pai ou mãe este diagnóstico constitui, pelo menos a princípio, uma verdadeira fonte de sofrimento. No entanto,  sempre há maneiras de enfrentar a situação.

A esterilidade é uma condição cada vez mais comum em casais. Estima-se que, atualmente, um em cada seis casais enfrenta essa realidade. No geral, somente um dos dois apresenta a impossibilidade de conceber. No entanto, isso tem um efeito em ambos. Trata-se de uma prova de fogo pra a estabilidade da relação.

É comum que quem tem problema de fertilidade se sinta culpado, responsável pela frustração dos desejos do outro. O outro, por sua vez, enfrenta um dilema: se quiser ter filhos de forma natural, terá que trocar de parceiro. Se continuar com o seu parceiro, terá que renunciar à possibilidade de ter filhos naturalmente. É um dilema!Não é fácil para nenhum dos dois!

É importante falar sobre o assunto. Não é aconselhável ficar com ele na cabeça ou discuti-lo o tempo todo. Na verdade, uma boa opção é iniciar um projeto juntos seja fertilização in vitro ou adoção.Esse objetivo pode manter aberto o canal de comunicação, além de não deixar vazio distanciar o casal, que começou uma relação por amor.

Após o diagnóstico, é preciso encarar a realidade e começar a se informar sobre as alternativas existentes, tanto para ter um filho com a base biológica de um dos dois, quanto para recorrer à adoção.

Ser pai ou mãe é muito mais do que um simples assunto da biologia. O mais maravilhoso em ter um filho não é apenas o que ocorre no corpo, mas sim as transformações que ocorrem na mente e no coração.

Publicado em saúde emcional | Deixe um comentário

A dor de uma decepção

Quando sofremos uma decepção, parece que a desconfiança e desesperança nos invade de forma avassaladora!

Nos maus momentos, quando você se sentir perdido, com o coração partido, desabafe, solte as suas mágoas e não tenha medo de parecer fraco ou desamparado.
Mesmo que você não acredite, existe dentro do seu coração uma força e uma confiança suficientes para superar todo tipo de trauma.

Busque dentro de você mesmo, descubra os seus pontos fortes e encontre a energia necessária para seguir em frente.

Seu cérebro é capaz de digerir todos os eventos dramáticos .
Se você não conseguir fazer isso sozinho busque ajuda. A terapia EMDR reprocessa momentos vividos com emoção intensa de forma muito segura.

EMDR liberta pessoas de traumas emocionais!

Publicado em saúde emcional | Deixe um comentário

O que fazer quando a sensação de fracasso toma conta de nós?

A tendência do ser humano é essa: se culpar pelos transtornos do dia a dia, como ser desligado do trabalho ou não conseguir a aprovação em um disputado processo seletivo.

Talvez o fim de um relacionamento, um investimento financeiro que deu prejuízos.

Há situações que podem causar consequências desastrosas. Mas antes de se martirizar e chorar todas as pitangas, é importante ter um ponto claro na mente: o ser humano não é perfeito. E desvios de rota são normais.

O que isso quer dizer? As idealizações são, necessárias durante nossa busca para cumprir objetivos de vida, só que elas devem servir como um ponto de referência, e não como um absoluto ponto final.

A questão é o que é possível fazer quando nossos planos são errado, e como podemos nos posicionar.

#EMDR #AutoconhecimentoLiberta #autoregulacaoemocional #TerapiaEMDR #ansiedade #depressão #prevençãodosuicidio #vidaementebh

Publicado em saúde emcional | Deixe um comentário

Amor eterno existe?

Vinícius de Moraes já dizia que não é imortal, posto que é chama, mas é possível ter sim, uma boa relação amorosa enquanto os dois se propuserem viver esse amor com respeito e dedicação. .
“Afinal, se ele for infinito enquanto durar, já vai ter valido à pena!. Mas como fazer isso???

É claro que não existe uma receita, mas podemos pensar em algumas pistas que podem levar ao desenvolvimento de uma boa relação amorosa:

❤ Afinidade
Os casais mais duradouros são aqueles que compartilham valores, princípios e gostos. Não é necessário ser idêntico ao seu parceiro, mas é preciso ter coisas em comum que possam ser compartilhadas e desfrutadas .É necessário certa intimidade. .

❤Senso de humor
É muito importante aprender a ver as situações com humor e tirar o drama de determinadas circunstâncias. Os conflitos de casal podem tomar uma forma mais relaxada se for utilizado o humor, sempre com respeito pelo outro.

❤Admiração mútua
A capacidade de aprender coisas com a outra pessoa e tornar isso algo mútuo é um dos aspectos que mais une. É muito positivo expressar essa admiração de várias formas e fazer com que a outra pessoa saiba, e que ela também transmita isso. .

❤Manifestação de afeto
Não deixe subentendido que a outra pessoa sabe que você a ama; demonstre isso diariamente, mesmo que seja com pequenos detalhes… como fazer o café pela manhã, dar flores, deixar recados carinhosos.

O amor precisa ser cuidado!

#EMDR #TerapiaEMDR #Vidaementebh #diasdosnamorados #AutoconhecimentoLiberta #VidaMaisLeve #VidaSemTrauma #relacionamentos #Autoestima

Publicado em saúde emcional | 5 Comentários

A paixão e o amor

Paixão e amor são dois sentimentos muito fortes, mas isso já sabemos… E por mais que estejam relacionados, são totalmente distintos, e é nesta parte que a confusão começa!
A pessoa apaixonada projeta suas idealizações no outro.

Isso quer dizer que, quando estamos apaixonados somos atraídos pela idealização que fazemos do próximo, e não necessariamente pela pessoa como verdadeiramente é.
Normalmente, quando estamos apaixonados as características que mais nos atraem são as físicas, sejam os belos olhos ou o sorriso, por exemplo.

Já com o verdadeiro amor conseguimos enxergar muito além das aparências. Nos tornamos capazes de identificar a chamada “beleza interior”do outro, os seus valores. Assim, a autenticidade e a personalidade se tornam mais atraentes do que um belo sorriso.

As ilusões também desaparecem com o amor. As pessoas que se amam verdadeiramente conseguem identificar as qualidades e os defeitos do parceiro e, mesmo com as brigas, optam por lidar com as adversidades em prol de uma vida a dois. .
O casal que se ama fica cada vez mais sintonizado e consciente na relação amorosa.

#EMDR #TerapiaEMDR#Vidaementebh #diasdosnamorados#AutoconhecimentoLiberta#ansiedade #depressão#prevençãodosuicidio#VidaSemTrauma #VidaMaisLeve#relacionamentoamoroso #casal#TerapiaDeCasal #amor #paixão

Publicado em saúde emcional | Deixe um comentário