O que fazer quando a sensação de fracasso toma conta de nós?

A tendência do ser humano é essa: se culpar pelos transtornos do dia a dia, como ser desligado do trabalho ou não conseguir a aprovação em um disputado processo seletivo.

Talvez o fim de um relacionamento, um investimento financeiro que deu prejuízos.

Há situações que podem causar consequências desastrosas. Mas antes de se martirizar e chorar todas as pitangas, é importante ter um ponto claro na mente: o ser humano não é perfeito. E desvios de rota são normais.

O que isso quer dizer? As idealizações são, necessárias durante nossa busca para cumprir objetivos de vida, só que elas devem servir como um ponto de referência, e não como um absoluto ponto final.

A questão é o que é possível fazer quando nossos planos são errado, e como podemos nos posicionar.

#EMDR #AutoconhecimentoLiberta #autoregulacaoemocional #TerapiaEMDR #ansiedade #depressão #prevençãodosuicidio #vidaementebh

Publicado em saúde emcional | Deixe um comentário

Amor eterno existe?

Vinícius de Moraes já dizia que não é imortal, posto que é chama, mas é possível ter sim, uma boa relação amorosa enquanto os dois se propuserem viver esse amor com respeito e dedicação. .
“Afinal, se ele for infinito enquanto durar, já vai ter valido à pena!. Mas como fazer isso???

É claro que não existe uma receita, mas podemos pensar em algumas pistas que podem levar ao desenvolvimento de uma boa relação amorosa:

❤ Afinidade
Os casais mais duradouros são aqueles que compartilham valores, princípios e gostos. Não é necessário ser idêntico ao seu parceiro, mas é preciso ter coisas em comum que possam ser compartilhadas e desfrutadas .É necessário certa intimidade. .

❤Senso de humor
É muito importante aprender a ver as situações com humor e tirar o drama de determinadas circunstâncias. Os conflitos de casal podem tomar uma forma mais relaxada se for utilizado o humor, sempre com respeito pelo outro.

❤Admiração mútua
A capacidade de aprender coisas com a outra pessoa e tornar isso algo mútuo é um dos aspectos que mais une. É muito positivo expressar essa admiração de várias formas e fazer com que a outra pessoa saiba, e que ela também transmita isso. .

❤Manifestação de afeto
Não deixe subentendido que a outra pessoa sabe que você a ama; demonstre isso diariamente, mesmo que seja com pequenos detalhes… como fazer o café pela manhã, dar flores, deixar recados carinhosos.

O amor precisa ser cuidado!

#EMDR #TerapiaEMDR #Vidaementebh #diasdosnamorados #AutoconhecimentoLiberta #VidaMaisLeve #VidaSemTrauma #relacionamentos #Autoestima

Publicado em saúde emcional | 5 Comentários

A paixão e o amor

Paixão e amor são dois sentimentos muito fortes, mas isso já sabemos… E por mais que estejam relacionados, são totalmente distintos, e é nesta parte que a confusão começa!
A pessoa apaixonada projeta suas idealizações no outro.

Isso quer dizer que, quando estamos apaixonados somos atraídos pela idealização que fazemos do próximo, e não necessariamente pela pessoa como verdadeiramente é.
Normalmente, quando estamos apaixonados as características que mais nos atraem são as físicas, sejam os belos olhos ou o sorriso, por exemplo.

Já com o verdadeiro amor conseguimos enxergar muito além das aparências. Nos tornamos capazes de identificar a chamada “beleza interior”do outro, os seus valores. Assim, a autenticidade e a personalidade se tornam mais atraentes do que um belo sorriso.

As ilusões também desaparecem com o amor. As pessoas que se amam verdadeiramente conseguem identificar as qualidades e os defeitos do parceiro e, mesmo com as brigas, optam por lidar com as adversidades em prol de uma vida a dois. .
O casal que se ama fica cada vez mais sintonizado e consciente na relação amorosa.

#EMDR #TerapiaEMDR#Vidaementebh #diasdosnamorados#AutoconhecimentoLiberta#ansiedade #depressão#prevençãodosuicidio#VidaSemTrauma #VidaMaisLeve#relacionamentoamoroso #casal#TerapiaDeCasal #amor #paixão

Publicado em saúde emcional | Deixe um comentário

Encarando os problemas

Ao longo de nossa vida, todos nós, em maior ou menor proporção, temos que lidar com diversos problemas pessoais.

Enfrentar e resistir ou negar e fugir, são algumas alternativas, é você quem decide o modo como vai lidar com as dificuldades.
É perfeitamente normal sentir-se inseguro com relação a sua capacidade de lidar com determinados assuntos.

Ainda assim, são exatamente nestes momentos, de dúvida e medo, que nos são reveladas habilidades, até então inexploradas. Há sempre a oportunidade de crescimento se você decidir acolher o problema para tentar resolve-lo.

Fugir ou ficar paralizado na dificuldade não permite mudança.

#Autoestima #EMDR #terapiaEMDR #AutoconhecimentoLiberta #ansiedade#depressão #prevençãodosuicidio #terapia #vidaementebh

Publicado em saúde emcional | Deixe um comentário

Que tal brincar com seu filho hoje?

Fim do expediente, já em casa e depois do jantar, o cansaço, enfim, bate, e é quando as crianças perguntam: “Papai, mamãe, vocês querem brincar?”


🤣 Difícil encontrar quem responda ao convite afirmativamente e com empolgação genuína.

👉É natural que os pais se sintam exaustos no final do dia, sem disposição para se sentar no chão e encarar uma partida de um jogo ou uma rodada de faz-de-conta. .
💁‍♀️Talvez se soubessem que apenas 20 minutos de brincadeira com os filhos fazem toda a diferença para o seu desenvolvimento, estes pais e mães agiriam diferente. .
🙎‍♀️O brincar é fundamental para que a criança desenvolva habilidades intelectuais e emocionais essenciais no futuro, além de estreitar laços afetivos já que passaram o dia todo longe!

Que tal brincar hoje com seus filhos? Vale tudo, jogo de tabuleiro, cartas, boneca, bola ou até mesmo ler uma historinha.😘

#maesbh #maternidade #paisefilhos #brincar #educação#disciplinapositiva #relacionamentos #maternidade #maternidadereal

Publicado em saúde emcional | Deixe um comentário

Dicas para lidar com a ansiedade

Você se considera uma pessoa ansiosa? Em geral, pessoas ansiosas passaram por alguma grande adversidade em sua vida ou por experiências traumáticas que os fazem responder aos momentos em que precisam sair da zona de conforto com apreensão, insegurança, nervosismo e sensação de vulnerabilidade.

A ansiedade normalmente atinge o ápice quando a pessoa é confrontada ou quando percebe que algo está fugindo de seu controle, como uma reunião importante com o chefe ou durante brigas.

A carreira de uma pessoa ansiosa pode ser bastante dificultada. Isso porque muitos chefes e executivos enxergam a ansiedade como uma característica de pessoas que não conseguem suportar a pressão de enfrentar um problema e, consequentemente, não conseguem contornar crises e encontrar soluções para a empresa. .
Como resultado, pode acontecer de um profissional muito competente perder seu espaço no mundo corporativo justamente por causa da ansiedade.

A boa notícia para os ansiosos é que é perfeitamente possível aprender a controlar a ansiedade com Inteligência Emocional e algumas mudanças na forma de pensar e ver a vida.
.
#ansiedade #depressão#prevençãodosuicidio #terapiaEMDR#VidaSemTrauma #VidaMaisLeve#Autoconhecimentoliberta

Publicado em saúde emcional | Deixe um comentário

Medo de falar em público

Falar em público pode ser bastante desafiador. Uma pesquisa americana mostrou o quanto esse medo pode ser grande: concluiu que as pessoas têm mais medo de falar em público do que de morrer.

E não são só os introvertidos que podem ter problemas antes de uma apresentação. Até pessoas mais desenvoltas podem ficar nervosas pouco tempo antes de subir ao palco. Com o objetivo de ajudar confira as dicas úteis:

1.Se possível, tente interagir com sua audiência. Aperte suas mãos e fale com eles. Ao fazer isso, é bem possível encontrar pessoas simpáticas, que o deixarão mais seguro.

2. Ninguém te conhece
Você não dormiu na noite anterior à apresentação? É tímido? Não importa. Ninguém sabe de nada disso. Mostre a todos exatamente o contrário. Com desenvoltura e sua apresentação não tem nenhuma falha. Ninguém sabe os seus pontos fracos. .

3. Não há problema em erra
Absolutamente todo mundo já errou em apresentações. Esquecer uma ou outra coisa, gaguejar e demonstrar um pouco de nervosismos são atitudes humanas. Ninguém jamais reagirá a algum deslize seu. também. Errou? Respire fundo e continue. .
Mas há pessoas que sentem verdadeiro pavor só de pensar em fazer uma apresentação.Timidez e experiências pregressa de alguma forma de exposição pode ter causado um trauma emocional. Expor um defeito ou dificuldade , para uma pessoa que tem uma autoestima fragilizada pode ser terrível. .
Coração dispara, mãos suam, e pensamentos do tipo: não vai dar certo, eu não consigo, eles não vão gostar, surgem de forma automática em sua mente. Se este é o seu caso, provavelmente as dicas acima não serão suficientes pra te ajudar.

A Terapia EMDR consegue reprocessar no cérebro as lembranças perturbadoras que o impedem de cumprir essa tarefa , seja na escola ou no mundo corporativo.

Por meio da estimulação bilateral conduzida por um terapeuta de EMDR, sentimentos e sensações corporais perdem força e paciente percebe que aquela crença negativa não faz mais sentido.

#TerapiaEMDR #VidaSemTrauma#depressão #prevençãodosuicidio#ansiedade #medo#medodefalarempublico
#Autoestima #EMDR#AutoconhecimentoLiberta

Publicado em saúde emcional | Deixe um comentário

Estratégias para não sentir dores emocionais

Quantos vezes nós usamos da bebida, das compras, do chocolate, das desculpas para não encontrar uma pessoa, para evitar um sofrimento, o medo ou uma situação embaraçosa?
Podemos usar várias estratégias para evitar perturbações. Até mesmo aquele pensamento: ” Não fui convidada para aquela festa…também eu não queria mesmo!” (mas por dentro fica arrasada e começa a desenvolver teorias para comprovar que não é uma pessoa amada, suficiente, querida). Teorias que justificam atos compulsivos e de evitação.

Fato é que quanto mais negamos nossas dificuldades, quanto mais evitamos ter uma atitude mais assertiva, mais firme, mais teremos a sensação, ou a certeza de que somos incapazes.

Ter a consciência de uma falha, um erro cometido, uma dificuldade, à princípio pode causar vergonha, frustração, mas pode nos ajudar a fazer novas escolhas, ressignificar um drama. E ainda pode ajudar a não mais ficar nos enganando, deixando a vida ser levada, assim, como uma folha ao vento.

Autoconhecimento liberta!
Eu sou Luciana Biagioni, psicóloga da clínica Vida & Mente e todos os dias vejo no consultório transformações que acontecem com pacientes que desejam tratar suas feridas e não mais anestesia-las. .
#TerapiaEMDR #VidaSemTrauma#depressão #prevençãodosuicidio#ansiedade #compulsoes
#AutoconhecimentoLiberta
#transtornoalimentar

Publicado em saúde emcional | Deixe um comentário

Essa tal de ansiedade…

É bem difícil conviver com a ansiedade mas é possível conhecer alguma maneiras eficazes de lidar com ela. Encontre, neste artigo, alguma estratégia que funcione para você.

De todas as doenças psicológicas e mentais existentes, os distúrbios de ansiedade são os mais comuns e afetam mais de 30% de todos os adultos nos Estados Unidos (dados da pesquisa são deste país). Os transtornos de ansiedade são classificados em:

  • Transtorno de ansiedade generalizada (TAG): Ansiedade excessiva ou preocupação com coisas como saúde pessoal, trabalho, relacionamentos e cotidiano da vida
  • Fobia específica: Um medo intenso ou aversão a situações específicas, coisas ou lugares que são desproporcionais ao perigo real causado pela situação ou objeto, por exemplo: barata, avião, chuva.
  • Ansiedade social: a preocupação excessiva com situações sociais, como medo de se sentir envergonhado ou observado. Isso faz com que as pessoas com ansiedade social evitem situações sociais, como reuniões, festas ou eventos.
  • Transtorno do pânico: Episódios de medo intenso que acontecem rapidamente e atingem seu pico em minutos. Os ataques podem ocorrer inesperadamente ou podem ser causados ​​por ansiedade ou um gatilho, como um objeto ou situação temida

É necessário dizer que a ansiedade não é de todo ruim. Às vezes, ela é um sinal de alerta, para nos manter a salvos de situações de perigo. Mas quando a ansiedade excede sua função protetora, quando inunda nossa mente com pensamentos tóxicos e libera os hormônios do estresse do corpo, ela provoca alguns estragos. É aqui que precisamos nos tratar e lidar seriamente com a ansiedade.

 

Tratamentos de Ansiedade

Os tratamentos mais conhecidos para transtorno de ansiedade são:

1. Terapia comportamental cognitiva (TCC): baseia-se na ideia de que nossos pensamentos causam nossos sentimentos e comportamentos. Através da TCC  podemos mudar a maneira como pensamos e sentir e agir melhor, mesmo que a situação não mude.

2. Terapia Comportamental Dialética (DBT): é uma terapia cognitiva que enfatiza a psicoterapia individual, bem como o treinamento de habilidades pessoais, para ajudar as pessoas a aprender novas habilidades e estratégias – incluindo atenção plena e tolerância à angústia – para controlar sua ansiedade e pânico.

3. Terapia de exposição: expõe o paciente com ansiedade ao seu ambiente ou situação fóbica, de forma segura e gradual. A ideia é que se expor repetidamente a essas situações desencadeante de ansiedade, os gatilhos acabarão por perder seu poder.

4. Medicação: pode ser usada para controlar ou diminuir os sintomas relacionados ao transtorno de ansiedade. É mais eficaz quando combinado com outros tratamentos psicoterápicos, como mencionados acima.

Embora esses tratamentos clássicos tenham uma taxa de sucesso, as opções de tratamento estão se expandindo, complementando casos que continuam sintomáticos.

  • o EFT ou Técnicas de Liberação Emocional é uma desses tratamentos, baseados em estímulos feitos pelo próprio paciente em seu corpo, de forma repetida, para estimular alguns pontos clássicos na acupuntura. É uma técnica simples como você poderá ver em um próximo post.

Espero que tenha gostado deste artigo e possa compartilhá-lo para que mais pessoas tenham conhecimento e acesso a uma melhor vida emocional.

A clínica Vida & Mente tem profissionais competentes, que atuam com diversas formas de tratamento para cura dos transtornos ansiosos.

Publicado em saúde emcional | 1 Comentário

Ansiedade x Depressão: como saber a diferença?

Se eu te pedir que me cite algum problema em saúde mental, existe uma enorme chance de você falar em Depressão e Ansiedade. Isso porque realmente esses 2 problemas são muito comuns e, embora sejam duas condições médicas diferentes, seus sintomas, causas e tratamentos podem se parecer muito e, inclusive, se sobrepor.

Aproximadamente 50% das pessoas diagnosticadas com depressão também são diagnosticadas com um transtorno de ansiedade. Portanto é importante obter um diagnóstico preciso para tratar as condições corretas.

Muitas pessoas sentem o que chamamos de uma “angústia ansiosa”. São tensas, inquietas e têm dificuldade de concentração porque se preocupam muito. Elas também têm medo de que algo ruim aconteça ou de que possam perder o controle de si mesmos. Esses sintomas podem ser sinal de um transtorno ansioso conhecido com TAG (Transtorno de Ansiedade Generalizada) ou podem estar associados a um quadro depressivo. 

Veja neste artigo as diferenças entre Ansiedade e Depressão:

Sintomas de depressão maior

  • humor deprimido: que é a tristeza ou angústia a maior parte dos dias
  • falta de interesse em atividades que anteriormente eram agradáveis
  • aumento ou diminuição do apetite
  • insônia ou hipersonia
  • falta de energia, apatia
  • sentimentos recorrentes de culpa ou inutilidade
  • dificuldade de concentração
  • pensamentos de que a vida não tem sentido ou até mesmo que não vale a pena.

Para um diagnóstico de transtorno depressivo maior, você precisa apresentar cinco ou mais desses sintomas por pelo menos duas semanas. Alguns desses sintomas também podem estar presentes em outras condições psiquiátricas, como transtorno depressivo persistente (distimia), transtorno disfórico pré-menstrual ou outra forma transtorno depressivo (como, por exemplo, devido a uma doença clínica. Para complicar mais um pouco, esses sintomas podem ser parte de um transtorno bipolar.

Sintomas do Transtorno de Ansiedade Generalizada

  • preocupação excessiva
  • inquietação, incapacidade de relaxar
  • sensação de cansaço frente a pequenas atividades ou sensação de fadiga
  • dificuldade de concentração
  • irritabilidade
  • distúrbios de sono
  • tensão muscular
  • Sintomas físicos, como sensações de falta de ar, taquicardia, dores de estômago, tonturas, dores de cabeça.

Se você tiver esses sintomas, na maioria dos dias, por mais de seis meses, e eles impactam negativamente em sua vida diária, você pode estar sofrendo de Transtorno de Ansiedade Generalizada.

Se você comparar as duas listas de sintomas, poderá ver que há alguma sobreposição. Problemas de sono, dificuldade de concentração e fadiga são sintomas de ansiedade e depressão. Irritabilidade também pode se manifestar em formas de ansiedade ou depressão (em vez de tristeza).

Existem, no entanto, algumas características distintivas que podem te dar algumas dicas sobre o problema:

  • As pessoas com depressão tem algum grau de lentidão psicomotora e suas reações podem parecer apáticas ou entorpecidas. Pessoas com ansiedade tendem a ficar mais ativas, mas lutam para  controlar seus pensamentos acelerados.
  • Outra característica importante é a presença de medo sobre o futuro (intolerância à incerteza) em pessoas com ansiedade. Pessoas deprimidas que não têm ansiedade são menos propensas a se preocupar com acontecimentos futuros, pois muitas vezes se resignam a acreditar que as coisas continuarão ruins.

Conversando com seu médico

Se você tem ansiedade, depressão ou ambos, é necessário procurar um psiquiatra ou psicólogo para ter o diagnóstico correto e tratamento adequado. Se você se identificou com alguns desses quadro, anote seus sintomas e mantenha um registro de como você se sente a cada dia, pois isso pode ajudar no processo de diagnóstico.

É muito importante saber que a ansiedade e a depressão compartilham são condições muito tratáveis e você pode recuperar sua saúde e qualidade de vida.

Na clínica Vida&Mente temos uma equipe de profissionais em Saúde Emocional para te ajudar.

 

Publicado em saúde emcional | Deixe um comentário