Diretores de Cinema: o que fazem, do que vivem, para que servem

Dentre os tipos de Diretor, podemos falar do clássico, do autor, do produtor e do artista. O clássico, como o nome diz, está ligado à estrutura clássica de setorização dos cargos, então você vai ter o roteirista que escreve a história e nem aparece no Set. O Produtor que fica responsável por fazer o programa acontecer até o final liberando verba, contratando pessoal, olhando locações, etc. O Diretor de Arte, que olha toda a cenografia e maquiagem. O Engenheiro de Som, captando e armazenando os sons vocais e ambiente. O Diretor de fotografia, responsável pela captação das imagens do filme. Os atores/atrizes que se preparam com o roteiro e se apresentam em cena. E por fim o Diretor, que aparece no Set, Para dirigir a cena com o suporte da equipe presente, sem muita cerimônia. O autor é aquele que está envolvido no processo de escrita também e é frequente aparecer nos créditos o seu nome como roteirista ou co-roteirista. Sozinho ou com um parceiro ele desenvolve a escaleta das cenas, monta o storyboard e até mesmo conversa uma negociação de verba com produtores, até aqui percebemos uma liberdade maior do que a presente no Clássico. É comum que esse tipo de Diretor fique reconhecido por marcas registradas (Ex.: Zack snyder ficou conhecido por sempre utilizar cores frias e cenas mais escuras em tom mais cinza.) No Set a logistica de trabalho se assemelha ao modo Clássico, porém, com os diálogos aparecendo em maior escala. O Diretor Produtor entra com um investimento financeiro, buscando retorno na bilheteria. Ele pode ficar no modo Clássico, Autor ou os dois juntos, tudo depende do tipo que a realização vai demandar. Geralmente o Diretor que se envolve como Produtor, é alguém bem famoso e seu nome acaba sendo bem aproveitado para atrair os espectadores às salas de cinema. O Artista é muito parecido com o Autor, porém, sua essência está no fato de que além de Diretor, ele também é ator e tem experiência em vários setores do Set, como a Direção de Arte, por exemplo. Ele tem a capacidade de criar empatia com seu elenco e até mesmo modificar estruturas iniciais da ideia na história, com o intuito de torná-la mais orgânica e confortável para o restante da equipe. Uma personalidade famosa que marcou o cinema com essas características, foi o Chaplin, que veio do teatro de Pantomimas e Dirigia seus filmes de forma magistral.   Confira o artigo completo no Portal:   https://www.tecnoveste.com.br/o-que-faz-um-diretor-de-cinema/

tecnoveste

A missão do TECNOVESTE é apresentar a tecnologia como um meio para um estilo de vida produtivo, acessível e sustentável. Trabalhamos na criação de conteúdo em 4 frentes principais: artigos em texto, podcasts, vídeos e eventos. Venha com a gente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *