Startup de tecnologia apresenta novidade para usuários de transporte por aplicativos – TV Zanzar

 
Com o propósito de melhorar a experiência das pessoas no enfrentamento diário da i-mobilidade urbana está sendo lançada a TV Zanzar. Uma Startup de tecnologia de mídia DOOH (digital out of home) que leva conteúdo informativo e de entretenimento através de plataforma que fica instalada dentro dos carros de aplicativo. Uma espécie de tablet instalado atrás do banco do motorista e do carona (veja foto acima).
 

A TV Zanzar oferece uma alternativa nova de mídia que une as novas plataformas de mobilidade urbana com a abrangência da mídia OOH, pois está em vários lugares simultaneamente, e os recursos da mídia digital, interatividade, segmentação, geolocalização, customização de mensagens, e-commerce entre outros recursos que o digital oferece.

Além de disso, a plataforma permite integração com o celular do passageiro, tornando a experiência durante a viagem um momento especial. A solução é composta de hardware (tablet), um gabinete (frame) e um conjunto de aplicações que conectam a plataforma a um publicador de conteúdo, aos motoristas (através do app Zanzar driver), aos clientes e agências.

A Zanzar faz a curadoria de conteúdo e oferece em canais específicos (gastronomia, cinema, esportes, TV) que podem ser acessados de acordo com a preferência do passageiro, dessa forma a publicidade pode adequar a mensagem de acordo com o interesse do passageiro.

O projeto tem a digital do expert em marketing corporativo, ex Localiza, agora em carreira solo por opção de vida, Herbert Viana. O Blog foi convidado e vai estar presente hoje no lançamento.

Informações: contato@zanzar.com.br

jaribeirobh@gmail.com – WhatsApp 31-99953-7945 

7 comentários em “Startup de tecnologia apresenta novidade para usuários de transporte por aplicativos – TV Zanzar

  1. Excelente ideia, por que não pensei nisso antes. Parabéns aos idealizadores. Só ocupando o tempo interativamente para dar conta da morosidade de BH. Trânsito que aliás precisa da atenção do prefeito. Mas será que ele sabe onde fica a Av. Afonso Pena?

  2. Realmente a idéia é fantástica, ocupar o tempo enquanto o trânsito anda a passos de tartaruga. O problema é que enquanto o transito anda no mesmo rítmo de quem governa a cidade, os compromissos vão sendo perdidos.

  3. O idealizador desta ferramenta tecnológica precisa pensar em alguma coisa para fazer os sinais de BH funcionarem em sintonia. Tenho a impressão as vezes que eles são programados para não deixar o trânsito andar.

  4. Deixo como sugestão a exibição de filmes em viagens mais longas. Um deslocamento até o aeroporto de Confins leva as vezes mais de uma hora e meia. No retorno se for em horários de pico pode chegar a 2 horas ou mais. Ou seja, tempo suficiente para um bom filme, já que nossos representantes na prefeitura e na Câmara Municipal com certeza não vivem aqui na nossa cidade.

  5. A idéia é bastante original, pois aproveita o efeito ultra saturante do Sistema Viário, da ordem de 8 a 40 vezes em relação ao modal ônibus, provocado pelo aumento descontrolado da frota acionada por aplicativos, tornando menos doloroso o atraso irracional das viagens. Espero que inventem também um antídoto contra a falta de bom senso geral.

  6. Péla morosidade do trânsito esta plataforma poderia ensinar ao cidadão a meditar ou relaxar para não ver o ambiente externo e chegar calmo em seu destino. Talvez uma rota de 20 minutos poderá durar 1 hora e 45 como aconteceu comigo saindo da Alameda Oscar Niemeyer na última quarta até a Prudente de Morais, bairro Santo Antônio. Haja paciência!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *