Carta do pesquisador e médico André Murad para o Presidente Bolsonaro

“Carta ao Presidente Bolsonaro

Presidente Bolsonaro, saudações liberais! Já que o Senhor gosta tanto de analogias futebolísticas, vou aqui me aventurar a fazer uma:

O senhor se parece nesse momento com aquele fantástico jogador brasileiro de final de uma Copa do Mundo que acaba de marcar 3 lindos gols e, no terceiro, aos 45 minutos do segundo tempo, ao invés de agradecer sua torcida e colocar rapidamente a bola no centro do gramado para que a partida se reinicie e em seguida seja terminada pelo juiz, trazendo assim a glória, a felicidade e a comemoração para si, para seu time, e para a enorme massa de torcedores canarinhos que aguardam sedentos por 16 anos o título mundial, o senhor subitamente pega a bola, arranca as chuteiras e vai até a arquibancada da torcida adversária e, vociferando contra eles, passa a atirar enfurecidamente neles a bola e as chuteiras, correndo assim o risco de expulsão pelo juiz e até mesmo levar a decisão do resultado daquela final para o “tapetão”, ou seja, para “FIFA” (leia-se STF tupiniquim), aquela entidade tão imparcial, justa, incorruptível e “ética”…

Meu caro capitão: sou seu eleitor, seu apoiador e lutei como nunca para que seu governo fosse eleito e que assim, interrompêssemos o nosso deletério e abismal calvário de 16 anos de execração, pilhagem e domínio Lulopetista, os quais nos levaram à bancarrota moral, social e econômica. Pois agora, com seu time da reconstrução nacional em campo, estamos ao ponto de nos vermos vencedores e gloriosos! Por favor, recoloque a bola no centro do gramado de forma sóbria, lúcida e equilibrada, contendo sua ansiedade e ira. Deixe o jogo ser jogado e que caminhe tranquilamente para seu término regulamentar. O sucesso e as vitórias pertencem aos frios e aos estrategistas. Não atire pérolas aos porcos, pois essa é a única chance deles de prejudicar ou procrastinar a nossa inexorável vitória! A copa do mundo é nossa! Quando abrir sua boca, que seja para falar de seus 3 golaços espetacularmente desferidos contra a meta dos adversários do time vermelho, aquele que por 4 copas do mundo, foi vitorioso porque subornou e comprou a “FIFA”… Fale sim da queda dramática da inflação, da taxa de juros, das estatísticas de violência, dos escândalos de corrupção. Fale das privatizações, da reforma da previdência, do fantástico enxugamento e reorganização da máquina pública propiciada pelo genial Paulo Guedes, assim como a volta do emprego e do crescimento.

Que tal comemorar o lucro expressivo que a Petrobras obteve após amargar anos de bandalheira, pilhagem e prejuízos cumulativos? Então, Capitão: Deus o abençoou com um momento ímpar: o de ser o comandante do resgate moral, ético, social e econômico de boca nação! Tome posse dessa missão com serenidade e sabedoria! Seja o Estadista que o Brasil precisa! Seja sereno, lúcido e pacificador! Não entre no jogo sujo dos adversários da camisa vermelha! Eles querem justamente o belicismo e o destempero do jogo para tirar nossa vitória no tapetão! Seja frio e calculista! Não tente engrossar o jogo e distribuir carrinhos nos adversários: ora boas, quem está perdendo e no desespero são eles!!!!! Seja o Presidente de toda uma nação e não apenas dos que o elegeram!

Agimdo assim o Senhor determinará o ponto de ruptura: o país nunca teve igual e ímpar oportunidade de crescer, se reorganizar e se soerguer com justiça social, se igualando aos times dos mais desenvolvidos do mundo!!!! Vamos ganhar esta copa! E as demais! Reveja sua tática de jogo! O Senhor tem e sempre terá nosso apoio e nossas orações!

E que Deus nos abençoes!”

André Márcio Murad
Cidadão brasileiro

6 comentários em “Carta do pesquisador e médico André Murad para o Presidente Bolsonaro

  1. Sensacional! Digno de estar no “nosso” Blog!! A carta em questão me representa!!
    Tomara que chegue ao destinatário, e que ele não a despreze. Muito pelo contrário, que o presidente seja cordato e faça juz ao apoio e confiança que nós, seus eleitores depositamos nele.
    “E que Deus nos abençoe’!!!!

  2. Dr Murad: já o admirava como médico. Agora, mais ainda como cidadão sintonizado com nossos problemas políticos. Soube expressá-los de forma objetiva e lúcida. Oxalá seja lido e gere reflexão no Presidente. Parabéns pela iniciativa.

  3. Ele não recoloca a “bola ao centro” porque não tem resultado de governo para mostrar. Pelo menos por enquanto. Daí precisa desviar a atenção (ou chamá-la para si, não se sabe bem ao certo). E isso ele faz muito bem! E nisso se parece também com seu mais novo amigo e ídolo, Donald Trump!

    Que o presidente Bolsonaro é um despreparado, todo mundo sabia. Até seus eleitores sabiam disso. Mas, o terror do comunismo, dos vermelhos, etc. e tal, precisava ser vencido e não tinha alternativa melhor ou não tinha nenhuma. Assim, vai esse mesmo!

    Porém, esperava-se que o presidente, sendo incapacitado e despreparado, pelo menos ficasse calado e deixasse a equipe trabalhar, não é mesmo? Entretanto, ele não se contém. Fala besteiras o tempo todo, dia sim e outro também. Constrangimentos à parte, ainda está servindo. Mesmo porque os vermelhos estão quietos (ou tramando?) ou atordoados ainda. Ou melhor, perceberam que com um presidente assim não é preciso mentiras, boatos, fake news e semelhantes. Pensam: “peixe morre é pela boca”. E o presidente vai mordendo a isca! Vai se enrolando com a corda dada até se enforcar! E sem ajuda, diga-se de passagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *