E se o prefeito tivesse juízo?

POR José Aparecido Ribeiro – Jornalista – (opinião) Se tivesse juízo, o prefeito de BH promoveria a paz, ao invés da discórdia. Fosse mais sensato, ao invés de colocar empregados contra empregadores, mediaria pactos a favor do emprego, contra o marasmo que  assola a economia da cidade que ele governa.   Fosse menos vaidoso, o…

Sir Otávio Clementino despede-se do Primo Prima e da noite de BH deixando saudades

POR José Aparecido Ribeiro – Jornalista (opinião) Uma estrela que se vai… Sir, Otávio Clementino, um Gentleman! Tomo emprestado do poeta francês Charles Baudelaire (1821-1867), um trecho do poema que retrata a imagem do notívago, verdadeiro amante da noite, que brindava enquanto a cidade dormia. Este boêmio, de postura, gestos e olhares diferenciados, cuja passagem tantos…

Prefeito de BH não respeita a independência de poderes e levanta suspeita sobre aprovação do Plano Diretor na CMBH

O prefeito Alexandre Kalil vem usando método de fazer política perigoso para a cidade. Para aprovar um Plano Diretor que não é dele, e que foi herdado do Prefeito Márcio Lacerda, fruto de uma Conferencia de Política Urbana ilegítima, sem a participação do setor produtivo, dispara uma metralhadora contra seus supostos inimigos, incorporados aqui pelos…