UMA SURPRESA E UMA DÚVIDA…

Publicado em Sem categoria

Segundo dia de treinos coletivos em Jerez de La Frontera (a segunda semana da temporada) e, melhor marca de Michael Schumacher à parte – a revista Autosport afirma que ele tinha uma quantidade razoável de gasolina no tanque, mas não foi capaz de repetir os tempos com constância – chamo a atenção para o lado oposto da folha de tempos. Timo Glock terminou a sexta-feira com a oitava marca, a menos de dois segundos do heptacampeão (1s8, para ser mais exato). Aí você pode afirmar: bom, mas a Virgin pode ter andado com os pneus mais macios e um sopro de combustível. Sim, tudo indica, mas nem assim eles conseguiam tempos decentes em 2010 e, se conseguirem avançar um pouquinho mais, podem se aproximar de Toro Rosso e Sauber. A dúvida é o Team Lotus (o verde e amarelo), que conta com o motor Renault e o câmbio da Red Bull, mas continua separado dos líderes por tempos intermináveis. Desta vez um problema mecânico impediu que Jarno Trulli andasse à tarde. Qual será a margem de evolução do T128, de Mark Smith e Mike Gascoyne? A continuar assim, periga sobrar até na briga com a Hispania… A conferir…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *