Smoke on the water…

Publicado em Sem categoria

Muito além do que mostram na pista, as equipes do Mundial de F-1 fazem tudo para valorizar a imagem e chamar a atenção num meio em que a informação corre com a velocidade das máquinas. Se os comunicados “arroz com feijão” não são uma novidade, iniciativas mais bem-humoradas ficaram comuns nos últimos anos – mostrei aqui as miniaturas do inglês Jim Bamber, com suas formas rechonchudas (suas tirinhas são famosas na revista Autosport e nos releases de algumas escuderias). Depois veio a Red Bull, com seu jeito descontraído (cada vez menos à medida que o time começou a frequentar o pódio, mas ainda característico) e, nos últimos tempos, foi a vez da Lotus (ex-Renault), que chutou para o alto o políticamente correto para fazer graça com a desgraça alheia. Abaixo está a historinha em quadrinhos bolada para o GP da China, com direito a muita ironia, no melhor estilo britânico, cheio de referências a histórias anteriores. E mais abaixo uma tradução livre, para quem tem preguiça de ler no idioma de Shakespeare.

“Sepang’2012: graças à impressionante vitória de Fernando Alonso sob um temporal, a Itália prova ainda ser a terra dos milagres”. “Santa Madonna, vejam, ele está andando sobre a água.”

“Mas a real surpresa foi Sergio Perez, que teria vencido não fosse um pequeno incidente a poucos quilômetros do fim”. “Fernando é mais rápido que você”. “Entendido”.

“Entre aqueles para quem a dama da sorte não sorriu, Button, Schumacher, Vettel e, infelizmente, Romain”. “Asa quebrada”. “Eu, vítima do pequeno John (Grosjean)”. “Pneu furado”. “E eu, vítima do xerife Schumacher”.

“Kimi teve um desempenho sensacional, terminou em quinto depois de largar em 10º, além de marcar sua 36ª volta mais rápida, o que o transforma no terceiro melhor de todos os tempos na estatística”.

Agora, a caminho de Xangai

“Não esqueça a máxima de Lao Tse, pequeno besouro: aquele que quer receber a bandeirada precisa conduzir sua máquina com delicadeza” (brincadeira com o excesso de arrojo do próprio piloto, Grosjean)

“E para você, homem de gelo, que Xangai, a pérola do Oriente, traga sorte durante a qualificação”…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *