Silberpfeil (Flecha de Prata) modelo 2013

Publicado em Sem categoria

Habemus Mercedes. O time alemão sediado na Inglaterra acabou de apresentar, em Jerez de la Frontera, palco dos primeiros testes da pré-temporada da F-1, o W04, que nasce com a pesada responsabilidade de ajudar Lewis Hamilton a continuar vencendo corridas (ou lutando pelos primeiros lugares, o que parece mais realista num primeiro momento). E que precisa ser melhor que o antecessor para que o conselho de administração da fábrica de Stuttgart não decida acabar de vez com a graça e concentrar investimentos em campeonatos como o DTM – não fosse a vitória de Nico Rosberg em Xangai e poderia ter ocorrido já este ano. Michael Schumacher se foi, a casa foi rearrumada, mas ainda tem gente boa de sobra diante dos computadores (e esse pode ser um problema), chegaram Niki Lauda e Toto Wolff, saiu Norbert Haug. Ross Brawn tenta se posicionar em meio a este contexto para não ser apenas a rainha da Inglaterra (ou da Alemanha) e manter voz ativa nos rumos da escuderia. Chegou um novo patrocinador, como você pode ver na foto (digamos que a Blackberry seja a Mercedes F1 dos celulares: é boa de serviço, foi pioneira, mas não consegue acompanhar o ritmo das rivais). E apesar de todas as lições destes três anos de aventura, ficou claro que o caminho escolhido foi evoluir, mais que inovar. O W04 não esconde o parentesco com os antecessores especialmente na traseira (o bico parece mais afilado) e ainda passa a impressão de mais “parrudo” que os rivais. Já vai longe o tempo em que a estrela podia confiar apenas na potência de seu motor e, com ela, fazer a diferença. Vencer na F-1 atual exige, acima de tudo, eficiência aerodinâmica, e os testes a partir de amanhã dirão se a Flecha de Prata modelo 2013 está no caminho certo. Ficou bonita sim, mas nunca é demais lembrar a frase imortalizada pelo comendador Enzo Ferrari: “carro bonito é o que ganha corridas”…

          Daimler Media/divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *