Será o caso de mudar o nome?

Publicado em Sem categoria

Então os motores V6 turbo que substituirão a atual geração de propulsores na Fórmula 1 a partir de 2014 terão limite de 15.000 rotações por minuto. Até aí tudo bem, já que as equipes temiam que fossem apenas 12.000 RPMs, mas um detalhe me faz pensar em mudar o nome do blog: os câmbios passarão a ter oito marchas… isso mesmo. Olha que eu já estou atrasado, pois as caixas atuais contam com sete velocidades. Brincadeiras a parte (e preocupações com o ronco que as novas unidades farão), a FIA confirmou que todo o trajeto no pitlane será feito com a potência do Kers, que na verdade serão dois. À transformação do calor dissipado pelos freios em energia cinética se juntará mecanismo semelhante valendo-se do calor da turbina… Pelo visto, ao menos nos boxes, as máquinas não farão barulho algum…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *