Red Bull RB9: vai continuar dando asas?

Publicado em Sem categoria

Adrian Newey tinha avisado: o RB9 será uma evolução do antecessor, como vinha acontecendo desde o RB5, considerado a primeira obra de arte do projetista na equipe do touro vermelho. A entrada de ar do motor mantém a forma ovalada, o bico mantém o mesmo desenho, sem o painel da vaidade e com a entrada de ar central que, juram pelos lados de Milton Keynes, serve apenas para refrigerar as baterias do Kers. A asa dianteira é um primor de aletas, defletores, flaps e subdivisões. O que mudou claramente foi o desenho das laterais, mais arredondadas até a saída dos escapamentos, onde normalmente se escondem os segredos dos carros de Sebastian Vettel e Mark Webber. Se o bico é flexível como o anterior, só tendo a chance de chegar perto e apertá-lo, coisa que ninguém conseguiu – aliás, é ver se os rivais se valeram do mesmo recurso. Novidades visíveis mesmo a coloração mais para o roxo e o destaque da marca da Infiniti, a divisão de carros de luxo da Nissan, que se tornou “title sponsor”. Nos discursos oficiais, muita preocupação com o comportamento dos novos pneus Pirelli – foi justamente a dificuldade em compreender o funcionamento dos modelos de 2012 que determinou o começo complicado da equipe. Amanhã tem mais carro aparecendo e, na terça, os motores começam a roncar em Jerez. Depois de longo e tenebroso inverno, a F-1 volta com tudo, para a alegria geral da nação da velocidade…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *