OLHANDO PARA O PRÓPRIO UMBIGO 2 – A MISSÃO

Publicado em Sem categoria

   Os leitores assíduos do blog, um grupo felizmente a cada dia maior, (bem maior do que os quatro que acompanhavam o trabalho do jornalista nos tempos da coluna), já ficaram sabendo que este que vos escreve resolveu atacar de piloto de rali – a experiência começou ano passado, mas os problemas mecânicos não me permitiram terminar as duas provas em que larguei.      O Corsa dos primeiros passos deu lugar a um Palio 16V, que já tive a oportunidade de mostrar aqui, ainda desmontado, sobre um elevador hidráulico. Uma boa desculpa para revelar como ele ficou agora que está pronto para o desafio, e falar sobre como é complicado cuidar de cada detalhe. Funcionamento do motor, bateria, motor de arranque, alternador, correia dentada, combustível, óleo lubrificante, chaves gerais interna e externa, extintores, suspensões, alinhamento e balanceamento de rodas, acionamento dos diversos comandos elétricos. E ainda corro o risco de ter esquecido alguma coisa. Felizmente a turma do Marinelli Team com certeza não se esqueceu. Ainda assim existem as famosas “coisas de corrida”, de que todos os que aceleram tentam manter o máximo de distância – aqueles imprevistos que estragam a festa quando ela está melhor…       Quem vê as máquinas levantando poeira em alta velocidade não faz ideia da trabalheira que dá. E ainda tem gente que diz que automobilismo é esporte individual… Agora, que é o esporte dos detalhes, isso é…  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *