Nem tudo são problemas nos circuitos brasileiros…

Publicado em Sem categoria
No começo da semana a lambança feita na tentativa de tornar menos pior a condição do asfalto de Brasília para a quinta etapa do Brasileiro de Stock Car foi comentada em verso e prosa pela imprensa escrita, falada e televisada, como diria o outro, e levantou-se mais uma vez a lebre da condição pífia de algumas de nossas pistas mais tradicionais, as que resistem, porque Jacarepaguá, infelizmente, é um retrato na parede. Brasília, Goiânia, Campo Grande e Tarumã estão em estado vegetativo, em graus diferentes, e é lógico que não se quer apenas jogar pedra, já que administrar este tipo de complexo deveria ser missão de clubes ou entidades privadas especializadas, não de governos que tantas coisas têm a resolver e acabam metendo os pés pelas mãos quando se arriscam. Cascavel deu uma boa mostra de que é possível fazer melhor com pouco (e uma pitada de entendimento entre diversos segmentos).

É verdade que a grande perspectiva de oxigenar o panorama das pistas brasileiras ainda está no papel e nas telas dos computadores mas, mineiramente, o projeto do Autódromo Internacional de Curvelo anda. O prazo previsto para o início das obras foi revisto para evitar correrias desnecessárias – para que o leitor entenda, depois que o empreendimento for aprovado por Prefeitura, órgãos do meio ambiente e instâncias municipal e estadual, qualquer modificação exige uma burocracia monstruosa. Então, é preferível fechar um masterplan que reflita 100% o produto final a ter de fazer correções contínuas.

E eu bem que gostaria de contar, mas ainda não posso, duas notícias importantes envolvendo o empreendimento que apenas vão aproximá-lo ainda mais da realidade. O que dá para dizer é que a bola de neve, como se previa, está crescendo, e a adesão e o interesse são cada vez maiores, tanto na cidade quanto muito longe dela. Volto a dizer que ninguém está pensando nos eventos antes da pista pronta, mas é lógico que, com as categorias interessadas em correr no país e a falta de pistas em condições, uma coisa vai levar à outra, como é nossa torcida…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *