ISSO É QUE É COMPETÊNCIA

Publicado em Sem categoria

Conheci o paranaense Maurício Neves em 1999, durante a última etapa do Sul-Americano de Rali, em Punta del Este, no Uruguai. Na época, descobri que o então piloto de um Mitsubishi Colt era bem mais do que isso: começou como mecânico e, desta forma, ajudou o saudoso Marco Campos (falecido numa etapa da F-3000 internacional em Magny Cours) a se destacar no automobilismo internacional. Chegou a trabalhar na equipe Draco, em Pontremoli (Itália) e, de volta à terra natal, se alternou entre pilotar com competência e montar uma estrutura que hoje é referência quando o assunto é rali, seja de velocidade, seja cross-country. Ganhou uma chance como piloto oficial da VW no Sertões e no Dacar e não decepcionou, apesar de abandonar o segundo. Muito pelo contrário: andou no Touareg no mesmo ritmo de feras como Carlos Sainz e Giniel de Villiers. E foi o responsável pelo retorno da marca alemã ao Brasileiro de Rali, com os novos Gol preparados em Curitiba.

Ano passado, quando fiz minha estreia como piloto, com uma “ajudinha” da Chevrolet, lá estava ele no comando de um dos Celtas 1.4. Enquanto espera a hora de voltar a acelerar em seu Gol, com a bela decoração do touro vermelho (ele mesmo que você está pensando), Maurício ataca de Professor Pardal. Criou vários protótipos com base nas picapes da Mitsubishi – mexe daqui, reforça dali, prepara suspensões, pega motores de outros modelos, troca a gasolina pelo álcool, e estão prontas suas máquinas. Na edição do Sertões deste ano, serão vários “Protom” – o da foto é o do mineiro Luiz Carlos Nacif, máquinas prontas para encarar os mais de 4.400 quilômetros entre Goiânia e Fortaleza. Não demora e ele ainda vai aparecer com uma versão brasileira dos Super 2000 que já aceleram na Argentina. Longa vida a Maurício, às suas máquinas e à sua criatividade. O automobilismo agradece…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *