GT no circuito do samba? Sei não…

Publicado em Sem categoria
Não é dar uma de chato e querer estragar a festa dos outros, especialmente em se tratando de uma festa da velocidade, mas não me pareceu uma ideia sensata escolher o traçado de rua do Anhembi para sediar a abertura de um Brasileiro de GT que respira quase por aparelhos, depois da ida do BMW Team Brazil para a Europa e da saída de alguns protagonistas importantes. A prova da defunta Top Series Endurance mostrou que máquinas que custam alguns milhares de euros (ou reais) em meio às barreiras de concreto costumam não acabar em boa coisa (olha que em 2011 eu pude acompanhar de perto e não foi tão acidentado assim, mas nunca se sabe). Nada contra o circuito, muito pelo contrário, menos ainda contra a categoria. Mas é totalmente diferente fazer provas do gênero em locais como Long Beach, onde é possível criar várias áreas de escape e resgate dos carros com problemas. Corvette, Audi R8, Ferrari 430 e 458, Ginetta, Aston Martin Vantage GT4 ou BMW Z4 são lindas, desde que inteiras…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *