FALANDO EM MATEMÁTICA

Publicado em Sem categoria

Se depender da vontade do torcedor italiano, muitas cabeças vão rolar em Maranello depois da derrota inesperada de Fernando Alonso para Sebastian Vettel no Mundial de F-1’2010. Uma enquete feita pelo site da revista Autosprint, verdadeira bíblia do esporte sobre quatro rodas, absolve o piloto, e culpa a equipe pelo fracasso de Abu Dhabi. Para 88,7% dos que responderam (no momento em que escrevo o post, e os números podem mudar, mas não a tamanho ponto), a estratégia do time nos boxes foi inadequada. Apenas 7,5% culparam o bicampeão, enquanto Vitaly Petrov e Mark Webber foram apontados por menos de 4% dos internautas como responsáveis pelo desfecho da corrida de ontem. Ao que eu meto a minha colher: que desde a saída de Ross Brawn a Ferrari não é a mesma, é verdade pura. Mas, ainda assim, conquistou o título de 2007 e brigou pelo de 2008 até a última curva (literalmente). Além disso, o inglês pode ser excepcional no assunto mas, para fazer o carro vermelho vencer, dependia de uma “ajuda” nada desprezível de Michael Schumacher, que executava, na pista, exatamente o que cabeças e computadores determinavam nos boxes. E que o “comedor de bananas”, carinhoso apelido dado pelos italianos ao técnico britânico, não faz milagre, o ano da Mercedes deixa claro…

Confira aqui e vote na enquete da Autosprint

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *