CHEGA A SER CURIOSO

Publicado em Sem categoria

Começo da noite no hotel que recebe a grande maioria dos pilotos e pessoal das equipes para a São Paulo Indy 300, e a cena chega a ser divertida, especialmente levando-se em conta o que ocorre na F-1. Quem passa e não conhece bem tenta arriscar: “acho que aquele ali é piloto”, mas passa raspando. Logo ao lado está o vice-campeão da Indy Racing League (IRL), Will Power, conversando com a mulher, de camiseta e calça jeans sem qualquer referência à Penske. Poderia passar por qualquer outra coisa. Numa mesa próxima, Vítor Meira bate papo com familiares, enquanto Rafa Matos, sentado, aguarda a namorada. Alex Tagliani passa de volta da academia de ginástica; mecânicos, engenheiros e jornalistas de todo o mundo dividem o mesmo espaço. Vai longe o clima de paranóia, espionagem ou rivalidade. Cada um tenta fazer sua parte bem feita, e que a pista mostre quem é o melhor. Taí um exemplo que muita categoria menos importante poderia seguir. Olha que está longe de ser um campeonato qualquer…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *