Adeus, ‘Chief Speedstar’

Publicado em Sem categoria

Num tempo em que se celebra a vida, o nascimento, qualquer perda se torna especialmente dolorosa, ainda que se trate de alguém que vivia a milhares de quilômetros de distância, mas unido por uma mesma paixão. E é engraçado como certos pilotos se tornam carismáticos, seguidos, ídolos, mesmo sem um currículo cheio de vitórias, mas pelo que mostram dentro e fora das pistas. Era o caso do neozelandês Jason Richards, o “Chief Speedstar”, que venceu muitas batalhas, mas não conseguiu superar a mais difícil delas. Astro da V8 Supercar australiana, ele lutou por 14 meses contra um câncer raro e agressivo, fez nascerem várias iniciativas de solidariedade pelo mundo, mas se foi aos 35 anos ao lado da esposa, Charlotte (deixa também as filhas Sienna e Olivia). Não serve de consolo, mas, numa temporada em que as pistas provocaram várias casualidades, mostra que risco é uma questão bastante relativa. Como bem disse João Guimarães Rosa, “viver é arriscado, viver é muito perigoso”… Descanse em paz, Chief

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *