A víbora voltou…

Publicado em Sem categoria

Depois de tempos turbulentos para a Chrysler, que acabou salva pela intervenção do governo norte-americano e a parceria com a Fiat, o carro que se tornou ícone da fábrica acabou reinventado e ganhou uma nova encarnação, que procurou se manter fiel ao espírito do modelo original. Pois não apenas foi apresentado o Viper, que agora é fabricado pela divisão especial SRT e já surgiu o modelo GT, com a missão nada simples de repetir os triunfos do antecessor, capaz de vencer na classificação as 24h de Daytona, conquistar vitórias de categoria nas 24h de Le Mans e o FIA GT. Sob o capô está um ignorante V10 de 8.400cc, revisto e modernizado, mas, como manda a tradição, instalado à frente do piloto.

O primeiro passo foi homologá-lo e montar um time de fábrica com dois carros, que serão comandados por Marc Goossens, Kuno Wittmer, Dominik Farnbacher e o dinossauro Tom Kendall (quem se lembra das provas da IMSA GT da década de 1990 conhece a figura) nas últimas etapas da American Le Mans Series – a de Mid-Ohio, amanhã, é a primeira. Chance de medir forças com a concorrência e tirar ensinamentos, para chegar com tudo em 2013, nos EUA e na Europa. Ficou bonito, como era o primeiro…

         Fotos: SRT Racing/divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *