A FLECHA DE PRATA… CONTINUA PRATEADA…

Publicado em Sem categoria

Habemus McLaren, e ela continua prateada como sempre (nos últimos anos, claro), depois das especulações de que poderia ganhar o alaranjado original dos tempos do fundador, Bruce McLaren, ou mesmo outras cores. Mas, os patrocinadores são os mesmos, a equipe preferiu manter sua identidade visual que, verdade seja dita, é bem mais forte que a da “rival” Mercedes. E enquanto as principais adversárias limavam o asfalto com suas máquinas novas, em Valência, o time de Woking preferiu aproveitar até os 45min do segundo tempo para o trabalho no túnel de vento, as análises de computador, o refinamento de cada detalhe. O resultado parece ser bastante interessante. Bonita ficou, e muito. Nem é preciso dizer que os carros da F-1 ficam bem melhores sem aletas, defletores, barbatanas e outras artimanhas aerodinâmicas. Linhas limpas, simples, que escondem nos detalhes seus segredos.

E o MP4/26 tem alguns. O bico é reto, quadrado, mas não tão alto quanto o da concorrência. Na parte dianteira se nota a preocupação com a distribuição do fluxo de ar. A carroceria ganhou duas entradas de ar suplementares, mais ou menos como a Lotus Renault fez, e vai acabar copiado por boa parte dos adversários. As laterais têm formato inovador e o mais impressionante é como engenheiros e projetistas conseguiram miniaturizar a parte traseira. É tudo curto, estreito, carenado, quase não se consegue ver os componentes da suspensão, motor e câmbio. Tudo indica que é uma máquina digna da linhagem que, nas últimas temporadas, tem vencido GPs com frequência e levou Lewis Hamilton ao título de 2008. Falta apenas a confirmação na pista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *