A boa notícia, e a não tão boa…

Publicado em Sem categoria

Para justificar o título, começo pela parte boa: a organização capitaneada por Emerson Fittipaldi iniciou a venda dos ingressos para as 6h de São Paulo, quinta etapa do Mundial de Endurance, entre 13 e 15 de setembro, em Interlagos. As entradas custarão de R$ 70 a R$ 2,8 mil e podem ser encontradas no site www.livepass.com.br. O próprio bicampeão mundial de F-1 promete uma série de atrações para tornar o fim de semana ainda mais especial, com direito à possibilidade de passear diante dos boxes e ver de perto máquinas como as Audi R18 e-Tron Quattro e Ultra; Toyota TS030; Honda HPD, Ferrari 458, Aston Martin Vantage, Corvette e tantos outros.

Só que, depois de um começo sensacional, com mais de 60 carros em Sebring (sim, considerando que metade deles corria pela American Le Mans Series) e de uma 80ª edição das 24h de Le Mans, algumas equipes começam a abrir o bico. A do legendário Henri Pescarolo está, mais uma vez, à beira da bancarrota, por conta de apoios prometidos e não concretizados. E a OAK Racing, que na verdade salvou Pescarolo de fechar as portas e comprou os direitos do desenho dos carros do adversário, desistiu de alinhar um carro na categoria principal, a LMP1, depois de problemas com os motores Judd. Sendo assim, e considerando que nem todos conseguem encarar os custos de atravessar o oceano, é possível apostar em até 35 carros na pista. Especialmente se quem tem modelos que podem participar da prova – a Stuttgart, representante oficial da Porsche, tem um 911 GT3RS, assim como a Via Italia conta com uma Ferrari 458GT – prestigiar a prova. Mas será sensacional, podem ter certeza. Para ilustrar o post, uma imagem da R18 e-Tron Quattro vencedora em Le Mans.

                                   

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *