O que é Inseminação Artificial?

Publicado em fertilização, gravidez, Infertilidade feminina, Infertilidade masculina, técnicas inovadoras

Muitas pessoas falam sobre Inseminação Artificial. Mas o que realmente é essa técnica? Conhecido no meio médico como Inseminação Intrauterina (IIU), de forma simples, esta técnica é um tratamento de reprodução assistida de baixa complexidade. O objetivo é aumentar a chance de gravidez para determinado casal através do acréscimo da probabilidade de uma maior quantidade de espermatozoides de qualidade atingirem o local da fertilização.

A Inseminação Artificial com ou sem o estímulo ovariano (feito com hormônios e com orientação e acompanhamento médico) pode ser indicada em uma variedade de condições clínicas. A indicação mais rotineira é quando existe o diagnóstico de infertilidade masculina com alteração seminal discreta ou moderada, ou quando sêmen de um doador será necessário. Pode ser indicada também em casos de infertilidade sem causa aparente e endometriose, por exemplo.

Mas como realmente ela acontece? A inseminação é realizada algumas horas antes da provável ovulação, permitindo que os espermatozoides já estejam nas tubas uterinas quando os óvulos forem captados.

Normalmente, as taxas de gravidez utilizando a IIU variam entre 10-20% por ciclo e dependem da causa da infertilidade, da idade materna, se houve estimulação ovariana.

Gostou das informações desse post? Quer saber mais sobre assuntos relacionados à fertilidade, gravidez e medicina reprodutiva? Então entre em contato conosco: https://origen.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *