Hormônio do leite pode provocar infertilidade

Publicado em gravidez, Infertilidade feminina, Infertilidade masculina, Menopausa, Saúde da Mulher

Fundamental durante a gestação, a prolactina ou hormônio do leite nem sempre é bem-vinda em níveis altos, uma vez que pode provocar alguns sintomas e doenças.

Entre os principais motivos desta hiperprolactinemia estão o estresse, uso de remédios que tenham efeitos sobre a hipófise, como antidepressivos e anticoncepcionais; doenças renais (da parede torácica ou que acometam o sistema nervoso central); tumor na hipófise, menopausa e a própria gravidez.

Já as doenças provocadas podem ser a infertilidade, diminuição do libido, menor lubrificação vaginal, abortos espontâneos recorrentes e ciclo menstrual irregular.

Ao identificar o crescimento no índice deste hormônio é importante que o seu médico faça uma investigação para que seja realizado um tratamento de controle.

Embora parece um caso exclusivo das mulheres, a prolactina alta também pode ser identificada em homens.  Neles, as doenças estão relacionadas à disfunção erétil, aumento da gordura abdominal e hipotrofia muscular.

Gostou das informações desse post? Quer saber mais sobre assuntos relacionados à fertilidade, gravidez e medicina reprodutiva? Então entre em contato conosco: https://origen.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *