O final das quartas em MG

Publicado em Sem categoria

Como eu temia, as quartas de final do Campeonato Mineiro pouco acrescentaram à disputa, pois se classificaram os quatro melhores times da fase de classificação. Entendo que os times do interior defendam a fórmula, mas ela se mostra inócua e ao invés de melhorar a situação financeira dos clubes menores acaba por piorá-la.

Afinal, o regulamento estabelece que o a renda é do mandante nas quartas de final, que foram disputadas em jogo único. Assim, Patrocinense, Tombense, Boa e URT não só não ganharam nada por fazer um jogo a mais que Villa Nova e Caldense, por exemplo, como despenderam recursos para viajar a Belo Horizonte e Juiz de Fora, respectivamente.

Infelizmente no ano que vem será a mesma coisa, segundo prevê o Estatuto do Torcedor. Os clubes, podem ao menos evitar bizarrices como mudança nos critérios de desempate entre as fases e mesmo não dar vantagem alguma, além de jogar em casa, a quem fez melhor campanha na fase de classificação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *