Viva o Campeonato Brasileiro

Publicado em Sem categoria

Me acostumei a ouvir que o Campeonato Brasileiro tem nível técnico baixo, que as equipes pioram a cada ano. Isso sempre me incomodou. Tudo bem que nossos melhores jogadores estão no exterior, isso não é novidade para ninguém. Mas dizer que os jogos aqui são ruins é, no mínimo, má vontade.

No fim de semana tivemos alguns bons jogos pela 32ª rodada. Corinthians 3 x 2 Palmeiras, no domingo, por exemplo, correspondeu plenamente à expectativa de um grande embate, com todos os ingredientes: rivalidade, nervosismo, decisões polêmicas de arbitragem, muita vontade de ambos os lados, gols, belas jogadas, muitas defesas. O que mais um torcedor pode querer?

Também foi assim no Santos 3 x 1 Atlético, no sábado. Podem falar que Galo vacilou, que não está conseguindo jogar, que há jogadores devendo, mas o time lutou bastante e criou chances para sair da Vila Belmiro com resultado melhor. Foram duas bolas seguidas na trave, só para ficar em lances claros. E teve mais uma boa exibição do santista Bruno Henrique.

Por isso, considero que tem muita síndrome de vira-latas, como diria mestre Nélson Rodrigues. Ou alguém acha que no Campeonato Inglês todos os jogos são excelentes? Que na Alemanha tem show em todas as partidas? Que Levante 1 x 2 Girona foi épico pelo Espanhol? Que na Itália não tem equipe jogando na retranca? Temos jogos ruins, como em todos o lugares. E jogaços, como na Europa.

Claro que temos de ser exigentes, sim. Principalmente porque os clubes brasileiros costumam pagar muito bem a seus jogadores e treinador e, atualmente, cobrar caro pelos ingressos ou programas de sócio-torcedor. Merecemos mais. Mas não porque em outros lugares é muito melhor.

 

O CAMPEÃO VOLTOU. OU NÃO

Por falar no duelo paulista, o Corinthians voltou a ficar em situação confortável para ser campeão brasileiro com a vitória sobre o Palmeiras. São seis pontos para o segundo colocado, agora o Santos, quando faltam seis jogos para o fim da competição.

O que não pode e o Timão relaxar. Em 2009, o Flamengo era sexto colocado, seis pontos atrás do líder Palmeiras, e perdeu para o Grêmio Barueri na 32ª rodada. Ainda assim, conseguiu tirar a diferença e terminar campeão. Vamos ver o que vai se suceder em 2017.

Um comentário para “Viva o Campeonato Brasileiro

  1. O bom é ver as lourdinhas serem escurraçadas, time medíocre querendo pedigree de raça, este sim é um verdadeiro time de vira-latas, o time é queno e pensa pequeno, se não for rebaixado está ótimo, se entrar na sula, é excepcional, uma liber é milagre total, time que come pé-de-galinha arrota salmãoo…..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *