O poder das cores na alimentação

Publicado em Sem categoria

Conheça os benefícios presentes em cada alimento e invista em refeições coloridas

Investir nas cores na hora de montar o prato é uma recomendação bastante comum. Mas você sabe por quê? “Quanto maior a variedade de cores, maior a variedade de nutrientes. Dessa forma, conseguimos uma refeição mais atrativa e que favorece a saúde e a prevenção de doenças”, explica Débora Campos, influencer de gastronomia, autora do blog “Viverdequê?”.  Ela detalha os principais benefícios de cada cor. Confira!

Amarela: o que dá cor aos alimentos amarelos são os carotenoides, excelentes antioxidantes que combatem os radicais livres, retardando o envelhecimento. Além disso, cientistas afirmam que os carotenoides reduzem os riscos de doenças degenerativas, câncer, doenças cardiovasculares e oculares. Exemplos: laranja, cenoura, manga, mamão, abóbora, milho, acerola, maracujá e pimentão amarelo.

Branca ou incolor: esse pigmento se chama flavona, da família dos flavonoides. Ele participa de ampla ação biológica, auxilia na absorção da vitamina C, tem função anti-inflamatória, antialérgica, anti-hemorrágica e se destaca como antioxidante. Atua contra câncer e doenças cardiovasculares e são ricos em cálcio e potássio. Exemplos: cebola, alho, coco, fruta do conde, batata, nabo, banana, cogumelo, couve-flor, lichia e palmito.

Marrom: esses alimentos estão cheios de fibras e vitamina do complexo B. São excelentes para o bom funcionamento dos intestinos, ajudam a reduzir o colesterol e a manter os níveis de glicose estáveis no sangue. Exemplos: aveia, castanha do Brasil, castanha de caju, nozes, amêndoas, amendoim e macadâmia.

Roxo: são cheios de antocianinas, substância que possui função anti-inflamatória e impedem a oxidação do colesterol nas artérias. Além disso, protegem as conexões cerebrais e ajudam o organismo a se proteger de infarto e Acidente Vascular Cerebral (AVC). Exemplos: figo, berinjela, uva, repolho e rabanete.

Verde: são alimentos que contêm clorofila, vitamina A e ferro. Ajudam na prevenção do câncer, combatem a anemia, protegem o coração, o cabelo e a pele, ajudam a desintoxicar, são antioxidantes, antibacterianos e cicatrizantes.  Combatem os radicais livres e os problemas de visão, além de auxiliar na defesa do organismo. Exemplos: abacate, alface, agrião, brócolis, couve, chuchu, espinafre, kiwi, limão, pepino, pimentão, salsa e manjericão.

Vermelho: alimentos ricos em licopeno, que dá a cor avermelhada. Essa substância também é antioxidante, melhora a memória, auxilia na produção dos neurônios, reduz o risco de desenvolver doenças como câncer, diabetes, Alzheimer e Parkinson, protege o coração e estimula a circulação. Exemplos: tomate, pimentão, melancia, morango, acerola, goiaba, cereja, framboesa, maçã e caqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *