Skip to main content
 -
Faço você alcançar sucesso e felicidade profissional por meio de programas de coaching, cursos, palestras e treinamentos online. >>> Clique aqui e baixe agora o livro digital 7 Passos para Construir uma Carreira de Sucesso" <<<

Mito #6: Tenho que seguir a carreira da família – Série Mitos de Carreira

E aí? Está gostando da minha série de artigos, desvendando as principais mentiras que contam para a gente sobre a carreira profissional?

Eu estou adorando!! Não apenas porque é muito gostoso compartilhar experiências e conhecimentos, mas muito pelo retorno que estou tendo das pessoas me contando como estão mudando a forma como enxergam suas carreiras. Isso é mesmo muito gratificante!

Então, hoje vou desvendar o sexto mito: Minha única opção é seguir a carreira da família

Lógica Perversa

“Meu avó é advogado, meu pai é advogado, meus tios são advogados, meus irmãos são advogados, logo eu também tenho que estudar direito e ser advogado certo?! Afinal ficaria muito mais fácil me inserir no mercado de trabalho e desenvolver minha carreira. Poderia trabalhar no escritório de algum parente e não ficaria tão exposto ao risco de ser demitido…”.

Essa linha de raciocínio tem uma lógica muito perversa, que gera profissionais medianos e infelizes. Ao seguir uma carreira de acordo com a vontade dos pais, ou pela demanda do mercado de trabalho, a pessoa acaba se distanciando da sua própria vocação, daquilo que faz seus olhos brilharem.

Infelizmente é muito frequente vier pessoas ao coachtório que caíram nessa armadilha e seguiram a carreira da família. Percebo que o medo de enfrentar algo novo e ampliar a zona de conforto, faz com que muitas pessoas altamente competentes em uma área, acabam se dedicando a outras especialidades – na espera de uma carreira profissional de mais sucesso.

Porém o que acontece na maioria das vezes é que essas pessoas realmente crescem rápido na carreira, conseguem uma posição de destaque na organização, mas sofrem todo dia quando vão trabalhar. “Sinto minha vida escapar entre meus dedos, vejo os anos passando e me sinto sufocada pelo meu trabalho”, me disse uma cliente.

Incompreensão

Isso mostra bem um quadro que poucas pessoas entendem. E é difícil mesmo de entender como alguém, num cargo executivo, ganhando mais de R$20mil por mês, pode estar infeliz e até com depressão por causa da carreira.

Acredite, essa situação é muito mais comum do que pensamos…

E eu entendo bem isso, afinal vivi essa realidade e tenho orgulho de ter superado essa fase da minha vida e há dez anos posso seguir minha própria vocação e ser muito feliz com minha carreira profissional, com o mesmo nível de sucesso material, só que agora com uma diferença: SOU MUITO MAIS FELIZ.

Descubra sua vocação

Por isso, conto em todas as minhas palestras e cursos que o primeiro passo para conquistar uma carreira de sucesso e ser mais feliz no trabalho é descobrir a sua própria paixão, a sua verdadeira vocação. Esse é o pontapé inicial para ter independência financeira e ser motivo de orgulho para seus familiares.

Pouco importa se a sua vocação tem a ver com o histórico profissional da família.

Gosto muito de contar o caso do Luciano Huck. Apesar de ser filho de um famoso jurista e vir de uma família de advogados tradicionais, ele resolveu seguir sua paixão, estudar publicidade e atuar numa área que, de forma geral, é menos nobre e rentável que a advocacia: a comunicação.

No entanto, a comunicação é a sua paixão. Ele se entregou com tanta dedicação ao universo da mídia que se tornou um dos principais ícones da televisão brasileira. Quem seria um bom advogado, se tornou um comunicador excepcional.

Sucesso = Dedicação + Sonho

Quero ressaltar o artigo que desvendei o primeiro mito e provei que a fórmula do sucesso é dedicação + sonho. Sem um sonho forte, sem uma vontade interior verdadeira, dificilmente iremos nos dedicar o suficiente para termos sucesso profissional que desejamos.

Lembre-se: as escolhas da sua carreira são suas, de mais ninguém. Apenas você sabe sua verdadeira vocação, sua paixão, aquilo que faz seus olhos brilharem e lhe traz realização pessoal e profissional.

Muitas pessoas me falam. Ok, eu sei o que não quero, mas não tenho ideia do que eu gosto, de qual é a minha vocação profissional.

Mão na massa

Então quero te convidar a dar uma olhada para dentro de si e responder essas perguntas reveladoras da sua verdadeira essência.

Depois me conta quais foram as descobertas essenciais para sua carreira.

Perguntas poderosas para encontrar vocação…

– Se você ganhasse na mega sena acumulada de final de ano, o que estaria fazendo? Onde moraria, quem estaria perto de você? Estaria trabalhando? Se sim, fazendo o que?

– O que as pessoas costumam te elogiar, mesmo que não tenha nada a ver com trabalho. Ex. por receber bem na sua casa, ter uma boa noção espacial ou qualquer coisa que você faça realmente bem.

– Sobre o que as pessoas te pedem conselho, dicas ou param para te ouvir? E que você não entende porque elas valorizam, afinal, não é nada… é tão fácil….

– Se soubesse que seu tempo está acabando aqui na Terra, o que iria correr para fazer ou terminar?

– o que você faria mesmo que não desse dinheiro? Ou, de repente… o que você pagaria para fazer?

– Depois que seu tempo findar aqui na terra, qual o legado gostaria de deixar? Como você gostaria que as pessoas se lembrassem do que você fez.

Uau! Quanta pergunta, né? Use o tempo que for necessário para respondê-las. E, como sempre, estou aguardando seus comentários.

 

No próximo post vou desvendar o sétimo mito: Para ter sucesso é preciso abandonar a família. Será?

Clique aqui e acesse à Série Mitos de Carreira

Por aqui teremos artigos diariamente.  Agora, te peço uma ajuda para te ajudar, responde aqui essa >>> PESQUISA<<< para eu saber um pouco sobre o que deseja que eu traga de conteúdo para você brilhar.

TMJT

Se quiser acompanhar um pouco da minha rotina e hábitos para ter uma vida produtiva e feliz, >>> me acompanha no Instagram <<<

Para acompanhar o que eu publico sobre carreira, >>> me acompanha no Linkedin <<<

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *