Skip to main content
 -
Faço você alcançar sucesso e felicidade profissional por meio de programas de coaching, cursos, palestras e treinamentos online. >>> Clique aqui e baixe agora o livro digital 7 Passos para Construir uma Carreira de Sucesso" <<<

Mito #1 – Sucesso profissional é para quem tem sorte – Série Mitos de Carreira

Uma das piores coisas que um ser humano pode acreditar é que sua ação e fé não são capazes de modificar o seu caminho.

Devido a cultura e religião predominante em nosso país, fomos estimulados a acreditar que algumas pessoas nascem com o bumbum pra lua enquanto outras estão fadadas a sofrer eternamente.

Talvez você conheça uma pessoa que todos dizem: aquele dali tem sorte, tudo que põe a mão vira ouro. Mas será que esse “ouro” é oriundo do acaso mesmo???

Mão Santa?

Esse tópico me faz lembrar o grande Oscar Schmidt, que sem dúvida é um dos melhores jogadores de toda a história do basquete brasileiro. Ao longo de sua jornada esportiva, recebeu um apelido que os repórteres colocaram nele e que ele detesta: “mão santa”.

Sabe porque ele detesta? Por que parece que o termo “santa” parece obra divina, dom que ele não fez nada para desenvolver. Mas é claro que isso é mais um dos mitos, um eufemismo que criaram.

Na verdade, Oscar costumava ficar até três horas a mais após o treino normal – de aproximadamente 8h –  treinando principalmente o arremesso livre.

Era essa dedicação diária que fazia com que ele acertasse mais cestas do que o adversário – garantindo diversas vitórias. Não tinha nada de “santa” na sua mão, mas muito treino.

Pensa comigo: ele treinava 3 horas de arremesso livre depois de 8 horas de treino padrão. Total de 12 horas de treino diário. Será que alguém consegue ser ruim em algo com essa dedicação?

Não há erros, só aprendizados

Também já é bem conhecido a história de Thomas Edison, que conseguiu inventar a lâmpada elétrica após dezenas de tentativas frustradas – sempre buscando se aprimorar. E aí? Acha que teve sorte ou perseverança?

E o que eu acho mais bacana na história do Thomas Edison é que, ao ser perguntado por um repórter como ele superou as dezenas de falhas, ele teria respondido que não falhou nenhuma vez, só descobriu formas que não eram eficazes ou seguras de se lidar com a energia elétrica.

 

Sucesso = Trabalho + Persistência

Adorei a fala que escutei recentemente numa palestra recente sobre marketing digital: “Para ter sucesso da noite para o dia, é preciso trabalhar 10 anos”. É assim mesmo, a gente só percebe o sucesso da pessoa depois que ela se esforçou muito.

A gente não vê o Oscar Schimdt ralando depois do treino, ninguém estava no laboratório enquanto Thomas Edison buscava formas seguras e eficazes de se lidar com a energia elétrica. Nós só vemos o atleta no pódio, o cientista recebendo prêmios, nossos colegas sendo promovidos.

Por isso temos a impressão que são pessoas de sorte, não percebemos o esforço que tiveram para se preparar e aproveitar uma oportunidade.

 

10.000 horas de treino

O psicólogo sueco K. Anders Ericsson, da Universidade da Flórida, publicou em 1993 um estudo comprovando que, para ser especialista em qualquer área, são necessárias 10 mil horas de treino.

Alguns podem achar essa teoria, difundida depois pelo escritor britânico Malcom Gladwell, meio exagerada.

Mas independente do número total de horas necessárias para alcançar a excelência, ela comprova que tudo, praticamente tudo pode ser aprendido até a excelência – inclusive o sucesso profissional.

 

Autodesenvolvimento

Preste bem atenção nas pessoas que se destacam nas empresas por onde passou e conseguiram os melhores cargos e salários. Certamente vai encontrar aí profissionais que se dedicaram fortemente no seu desenvolvimento pessoal e no crescimento da sua organização.

Muito provavelmente leram livros sobre liderança e trabalho em equipe. Foram a diversos eventos corporativos e profissionais para ampliar sua rede de relacionamento. Aceitaram prazos e metas ousadas e se dedicaram fortemente para cumpri-las.

Mas, talvez você ainda esteja pensando: mas tem umas pessoas que tem sorte!

Sim, é verdade. Algumas pessoas tem sorte de surgir a oportunidade de participar de algo importante, conhecer alguém ou qualquer coisas do gênero.

Mas, vamos e venhamos: será que se a pessoa não estiver PREPARADA ela vai conseguir aproveitar a oportunidade?

A resposta, com toda a certeza é NÃO. Ela pode até conseguir entrar, mas não vai conseguir se sustentar.

E mais, em meus atendimentos percebi também que quando a pessoa não está preparada ela geralmente nem percebe uma oportunidade que está bem a sua frente.

Então é hora de jogar água essa bobagem de que sucesso é obra do acaso.

 

Mãos à obra

Agora é a sua vez de desmistificar o primeiro mito:

Preencha as lacunas, coloque em lugar bem visível e siga de forma consistente a sua própria fórmula para ter mais sucesso e felicidade na carreira.

Eu quero ter sucesso em __________________________________

Por que isso vai me trazer _________________________________

Para isso eu vou desenvolver / treinar _______________________

E superar coisas do tipo __________________________________

Dessa forma vou atrair oportunidades do tipo _________________

Para ter o resultado de ___________________________________

 

Tenho certeza de que coisas incríveis vão acontecer.

Gostou do Primeiro Mito de Carreira? Então se prepara porque vou desvendar o segundo mito. Você acha que para ganhar um bom dinheiro demora muito tempo?

Clique aqui e descubra agora!

 

Por aqui teremos artigos diariamente.  Agora, te peço uma ajuda para te ajudar, responde aqui essa >>> PESQUISA<<< para eu saber um pouco sobre o que deseja que eu traga de conteúdo para você brilhar.

TMJT

Se quiser acompanhar um pouco da minha rotina e hábitos para ter uma vida produtiva e feliz, >>> me acompanha no Instagram <<<

Para acompanhar o que eu publico sobre carreira, >>> me acompanha no Linkedin <<<

 

 

 

2 comentários em “Mito #1 – Sucesso profissional é para quem tem sorte – Série Mitos de Carreira

  1. Quando se tem oportunidade é fácil ser persistente. O problema é quem naõ tem e não pode persistir porque tem que dar comida pros filhos. Ah esses coaches…

    1. Oi Bruno, vamos marcar uma conversa?

      Tenho certeza que vamos sair da sessão com pelo menos 10 oportunidades para você alcançar mais sucesso e felicidade no trabalho… afinal, com mais de 8 mil horas de atendimento, orientando coaches do Brasil e do Exterior, sempre conseguimos ver opções quando estamos abertos para elas.0
      Agende agora uma sessão, ligue 31-99525-5874 ou envie um email para contato@channavasco.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *