Solitude x Solidão

solidãoXsolitude
Foto: Pixabay: Solidão X Solitude 

Apresentação

Meu nome é Simone Torres e Silva (@psicoterapeuta_simone),  sou psicóloga clínica, atendo sob as lentes da abordagem centrada na pessoa de Carl Rogers  e também com a constelação familiar. Hoje gostaria de falar com você sobre algo que temos experimentado nessa pandemia: SOLIDÃO. Mas alguns estão vivenciando uma SOLITUDE.  Solitude x Solidão, você sabe a diferença? 

Solitude X Solidão

Segundo o Wikipedia,  solitude é o isolamento ou reclusão voluntários quando o indivíduo busca estar em paz consigo mesmo. 

E solidão é definida como uma profunda sensação de vazio e isolamento com uma necessidade de que algo novo as transforme involuntariamente.  

Como é na prática

Mas na prática o que isso quer dizer? 

Quer dizer que solitude é uma vontade própria de estar em profundo contato consigo mesmo sem uma necessidade de alguma companhia pra se sentir melhor. Quando digo companhia, quero dizer tudo o que te tira desse contato com seu ser mais profundo. 

Exemplos

Você já conheceu alguém distante, muito distante (A gente não faz isso) que chega em casa e logo liga a TV, o som, o Whatsapp,  todas as redes sociais e trata logo de fazer um barulho externo porque o silêncio fica insuportável? 

Esse é o oposto da solitude. Quando temos a dependência de algo ou alguém pra ficarmos melhores, é uma solidão.  

Na solitude não há necessidade dessas companhias. Pode-se ficar plenamente satisfeito por estar somente consigo próprio. 

Já na solidão, necessita-se de que algo nos tire do nosso centro, que nos desvie a atenção desse contato íntimo. Já pensou que ouvir somente o que emerge de você, pode ser assustador e isso dá medo? 

Como é no íntimo

No entanto, esse contato intimo é que nos permite um mergulho em nosso mundo interior pra nos conhecermos melhor. Esse velho desconhecido que habita dentro de nós e que somos nós. 

Esse movimento só pode ser feito por você mesmo. Você pode até ter o apoio de um monte de gente, mas o mergulho é só seu, pois é o seu espaço.  

Esse é o movimento que em geral, da medo, mas também é o único que pode me libertar de dependências emocionais, doenças ou outras coisas. 

É estranho né? Mas a verdade é que eu preciso da solidão para chegar a solitude. Quando você se arrisca nesse mergulho ou caminhada rumo ao seu mundo interior, descobre verdadeiramente quem se é. 

Procure ajuda

Então hoje, eu te convido a permitir que o silêncio fale, a permitir que o seu barulho interno lhe traga informações sobre você!se precisar, procure uma ajuda psicoterapêutica nesse caminho. 

Simone Torres e Silva  

. Psicóloga 

Leia também:

Izabela Cardoso

Sou Izabela Cardoso Praça, tenho 25 anos, cristã, jornalista, produtora de conteúdo e blogueira. Amo ajudar e inspirar pessoas com a minha história, onde busco superar a depressão e a ansiedade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *