Ser gentil, ser empático, ser grato?

        

Ser gentil, ser empático, ser grato?
Ser gentil, ser empático, ser grato? – FOTO GOOGLE

Dia Mundial da Gentileza – Ação de grandes benefícios

                                 para nossa saúde mental

 

Trazem benefícios reais para a saúde mental? Ser gentil, ser empático, ser grato?  Auxiliam no bem-estar físico e emocional? E como não se ferir com a ingratidão?

Perguntas que surgem quando paramos para refletir sobre o dia mundial da Gentileza, 13 de novembro. Momento em que somos levados a lembrar do que nos torna mais humanos. Esse gesto tão simples e que, sem dúvida alguma, faz muita diferença na vida das pessoas. 

Ser gentil, ser empático, ser grato?

Os ecos de um gesto gentil são efetivamente infinitos, assim como o sentimento de gratidão. Seja sempre gentil em suas palavras, ações e pensamentos. Assim como a gratidão também deve ser valorizada, pois ambos, gentileza e gratidão, contribuem de forma positiva para equilibrar nosso sistema emocional.

 

Por vezes, ouvimos as pessoas dizendo: Por mais que eu faça para as pessoas, não sinto que estão agradecidas e isso me magoa muito”. “Fiz tanto e o outro não me deu valor.”

Gestos de gentileza

Então, vamos pensar juntos sobre isso: Pergunte a si mesmo: A pessoa pediu sua ajuda? Se pediu, e pede sempre e não é agradecida, está na hora de você rever essa relação. Será que você não está sendo abusado pelo outro? Será que você não está sendo usada? Se for esse o motivo, o problema está mais em você do que nela. Falta você aprender a dizer não e não se colocar sempre disponível.

O que é ser gentil

Ser gentil é uma atitude altruísta que auxilia e muito no sentimento de bem estar e na produção dos chamados hormônios do bem. Assim como a gratidão também auxilia nessa produção. Ela promove o estímulo neural que libera a produção de hormônios propiciando uma sensação de prazer.

O que acontece com os hormônios

Hormônios como a oxitocina, endorfina e a serotonina. Orientados por estas premissas, não podemos deixar de pontuar os aspectos relevantes destes benefícios para a nossa saúde como um todo, pois uma vez que nosso sistema imunológico está fortalecido por uma onda de hormônios do bem, sem dúvida, teremos uma consequente elevação de melhoria do sistema imunológico, diminuindo os riscos de doenças e também possibilitando o prolongamento da vida, já que também teremos uma maior produção das células de defesa do organismo. 

O que o autoconhecimento faz

Porém o autoconhecimento nos leva a criticar o que sentimento, nos levando a tentar entender quem quero agradar a todo momento, a mim ou ao outro? Porque o não reconhecimento do outro me incomoda tanto?  Esse personagem bonzinho, que consegue tudo, resolve tudo, faz tudo, é importante para que eu me sinta preenchido? Tenho medo de perder as pessoas, perder a admiração delas se não ajudar sempre? Estou querendo holofotes? Ou a gentileza que pratico e carrego são genuínas, me fazem e não espero nada em troca? Vale muito a reflexão.

Seja Gentil

Portanto, seja gentil e grato sempre. Ninguém sabe pelo que o outro possa estar passando, então leve um sorriso e uma mão estendida sempre que possível, sem esperar nada em troca. Seja grato e gentil. Afinal, podemos sim, ser sol no dia nublado de alguém. E desta forma, seremos recompensados com uma sensação de prazer por ter conseguido, através de um ato sensível, auxiliar e fazer o dia do outro mais leve. Não esqueça: Pequenas atitudes podem transformar o mundo. 

 

Dra. Andréa Ladislau / Psicanalista

Leia também :  A importância do apoio psicológico 

Siga em nossas redes socais : Instagram 

Izabela Cardoso

Sou Izabela Cardoso Praça, tenho 25 anos, cristã, jornalista, produtora de conteúdo e blogueira. Amo ajudar e inspirar pessoas com a minha história, onde busco superar a depressão e a ansiedade.

One thought to “Ser gentil, ser empático, ser grato?”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *