“Cresce no Brasil o número de pesquisas por transtornos mentais”

Mulher muito estressada
Foto: Pixabay

Recentemente a Google notificou o aumento de 98% das buscas por temas sobre transtornos mentais, informação fornecida ao jornal “Estado de São Paulo”.

Concluindo que  o mais gritante nisso, é que esse número subiu do ano passado para este ano de 2020.

Portanto, por conta da Pandemia, a maioria das pessoas sofreu mudanças radicais em suas rotinas;  e até alguns perderam o emprego, outros mudaram a metodologia de trabalho;

Além disso, segundo o dr Marco Antônio Abud (psiquiatra) nossa mente é alimentada por fatores que a nutrem e outros que a envenenam.

E com a pandemia os fatores que a envenenam aumentaram que são:

“ameaças incertas, perda da sensação de controle e mudança rápida e radical de rotina”;

Já os que a nutrem diminuíram;

Até porque tivemos que sair menos, e isso envolve 3 fatores importantes:

▪️ Menos tempo de sol recebendo menos vitamina D

▪️Mais sedentarismo, alguns até por parar de ir à academia e consequentemente diminuindo de forma significativa ou até total a rotina de exercícios,

▪️E perdendo grande parte do convívio social por conta da quarentena;

Isso resultou num aumento significativo de:

“Depressão, ansiedade e insônia”

Estes mais disparadamente entre outros transtornos.

Sendo assim as pessoas procuraram muito mais por assuntos sobre transtornos nas ferramentas de buscas na internet

Frases como:

“Como me livrar da ansiedade?”

“O que é a felicidade?”

Entre outras.

 Dica para ajudar nesse momento

A minha dica para quem sente que está passando por algum transtorno mental, seja ele conhecido como a depressão ou até por sintomas que parecem não fazer jus a nenhum transtorno conhecido,

E até para quem tem sintomas que parece que mais ninguém no mundo tem;

É que:

1-  liste seus sintomas

2- Procurem ajuda médica “psiquiátrica”,

Pouco tempo atrás havia no Brasil um enorme preconceito em ir a um psiquiatra, e hoje em dia algumas pessoas ainda se deixam cegar por isso,

E muitas vezes quando vão é tarde demais.

O profissional avaliará os seus sintomas e te dará um diagnóstico

Sendo o diagnóstico de algum transtorno, o profissional passará o tratamento, sendo ele terapias, exercícios ou até medicações que atuam como “facilitadoras” para vencer o problema.

Observações

Segundo o Dr Marco Antônio Abud,

80% dos casos de transtornos de depressão, ansiedade e insônia, são tratáveis e até curáveis.

Vale a pena, invista na sua saúde, na sua mente, no seu corpo que é templo de algo muito valioso.

E ressalto que:

A maioria das doenças físicas são causadas pela mente

Então muitas das vezes, cuidando da sua mente

Você trata na raiz do problema, evitando muitos outros problemas

E vale ressaltar que:

Diferente do que foi pregado muito tempo a muitos cristãos,

Depressão ou qualquer transtorno não significa falta de Deus, falta de fé, falha de caráter ou fraqueza;

É apenas a sua mente avisando que ela precisa de uma atenção, cuidado e reorganização adequada, assim como o seu estômago avisa quando você está com fome, e a sensação de sede é o seu corpo avisando que você precisa de hidratação.

Se ame, misericórdias de Deus por você se renovam a cada dia

Se cuide e…

Traga à memória aquilo que te dá esperança

E lembre-se que as

Ref. Lamentações 3: 21 ao 23

E que Deus te amou primeiro

1 João 4:19

Referências do: Canal YouTube saúde da mente

Danielle Cristina de Souza

Escritora, Analista de marketing e criadora de conteúdo em mídias sociais

Blog: danicompoesia.webnode.com

Instagran: @compoesia.danielle

Veja também: https://blogs.uai.com.br/projetometamorfose/helen-cordeiro-audino/

Izabela Cardoso

Sou Izabela Cardoso Praça, tenho 25 anos, cristã, jornalista, produtora de conteúdo e blogueira. Amo ajudar e inspirar pessoas com a minha história, onde busco superar a depressão e a ansiedade.

2 thoughts to ““Cresce no Brasil o número de pesquisas por transtornos mentais””

  1. Muito bom o artigo, expressando o sentimento de muita gente que vive ou viveu tais “transtornos”. Nossa sociedade está cada vez mais dinâmica, nos cobrando mais e mais, fazendo com que tais problemas psíquicos aumentem! Acredito que o primeiro passo, como foi exposto, é aceitar que algo não esta bem e fazer este “check list”, buscando, posteriormente, ajuda médica qualificada. Graças a Deus os tabus e preconceitos para quem busca ajuda médica diminuíram, mas, o fato é que ainda existe muita gente sofrendo e não buscando ajuda, com o medo de serem rotulados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *