Celebra-se o “World Voice Day”

Celebra-se o "World Voice Day”
Foto Pixabay: Celebra-se o “World Voice Day”

Celebra-se o “World Voice Day”

Anualmente, em 16 de abril, celebra-se o “World Voice Day”, para conscientizar as pessoas sobre a importância da voz e dos cuidados necessários para a saúde vocal.

A voz é a principal forma de comunicação utilizada pelos seres humanos, é ela que os diferencia como um dos parâmetros que vai dar identidade à pessoa.

A voz é um poderoso instrumento de interação social e emocional. É por ela que conseguimos expressar nossas emoções, através de sutilezas ajustes vocais, de acordo com o nosso estado emocional e situação vivida no momento.

Este ano, excepcionalmente, estamos vivendo um cenário terrível pela pandemia de COVID 19. Sentimentos como medo, insegurança, tristeza, expectativas, pressão e tensão, já dura vários meses, levantando outra preocupação: a saúde mental da população. O sofrimento psíquico e os transtornos mentais parecem ter tido um aumento exponencial, sendo a ansiedade e a depressão muito presentes.

Ansiedade X Voz

Quando a pessoa está ansiosa geralmente tem o pensamento acelerado, fala mais rápido, com ausência de pausas, com incoordenação entre a respiração e a fala e voz mais aguda e forte. Por outro lado, quando se está triste, o timbre fica mais grave e a fala tem um ritmo mais lento e pobre. Por conta dessas variações, pode haver distúrbios da voz. As alterações da voz têm um espectro que, nos casos de transtornos emocionais, pode ir desde desde a afonia (perda completa de voz) à disfonia (alteração da qualidade da voz). Nesses casos, o exame físico e o exame da laringe não apresenta alterações orgânicas.

O que é importante

É importante ter atenção para que em casos de percepção de mudanças ou alterações vocais é interessante realizar uma investigação mais aprofundada sobre a relação entre transtorno emocional e desempenho vocal, procurando profissionais especializados em saúde vocal: fonoaudiólogo e otorrinolaringologista, para avaliação específica, correlacionando as questões emocionais com as físicas e orgânicas.

Negligenciar essas alterações pode impactar negativamente na qualidade de vida, sobretudo, nos aspectos sócio-afetivos e, principalmente na performance profissional, que demanda uma comunicação e expressividade saudável e eficaz.

Ainda que estes casos, diante do cenário atual, não sejam fáceis de prevenir, a a busca precoce por ajuda profissional é a melhor estratégia para preservar a voz. celebra-se o “World Voice Day”

Leia também

Cláudia Ligocki

Especialista em voz clínica e profissional

Izabela Cardoso

Sou Izabela Cardoso Praça, tenho 25 anos, cristã, jornalista, produtora de conteúdo e blogueira. Amo ajudar e inspirar pessoas com a minha história, onde busco superar a depressão e a ansiedade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *