A Importância de me internar para saúde mental

Enfermeira ajudando paciente
A importância da internação para saúde mental

           A internação

      Percebi a importância de me  internar para saúde mental,  junto com meu psiquiatra Dr Leônidas, quando estava com humor oscilando demais , muitos medicamentos e pensamentos negativos. E ao conversar com Dr Andrea, acupunturista e com meu psicólogo Dr Frederico, enxerguei que era o melhor a se fazer. Numa quinta feira fui com minha mãe ao Hospital Espírita André Luiz com intuito de internação  e assim o fiz com a opinião de um dos médicos do hospital. O Dr. Júlio César foi essencial para meu tratamento onde percebi que fiz o certo e deveria me cuidar.

Ao chegar lá conheci Olívia, que me ensinou sobre me amar e me tratar até o fim da internação. Conheci outras pessoas: Alícia , Pâmela, Bárbara , Roberta, e tantas outras pessoas que tinham histórias parecidas ou até piores do que a minha. Fui muito acolhida por elas quando tinha crises e me sentia só ou entediada. 

                        Primeira consulta

              Minha primeira consulta com psicólogo foi com o Dr.João, que me ensinou a lidar com minhas fraquezas, o lado da sombra e com minhas habilidades ao lado do sol. Vieram as caminhadas no pátio podendo acompanhar as atividades como meditação a distância devido a quarentena. 

            Ao receber um livro da minha mãe “você tem um valor” de George R. Foster, que falava que sou valiosa para mim e para Cristo, tudo foi se transformando em minha mente, nos meus pensamentos e emoções. Comecei a  cuida de mim mesma , pois no começo queria tomar conta de todos menos de eu mesma. 

        Através de cada dia de convivência, percebi, juntamente com cada uma das meninas , psicólogos e do psiquiatra, o quanto eu era importante. Para isso, deveria pensar por mim mesma e em Deus independente da opinião de outras pessoas seja qual for. Deus , eu mesma e as pessoas ajudaram como o  acolhimento que  foi importante para minha saúde mental. 

           Ao conversar com meu amigo Flávio, através de suas palavras, percebi  que alí já não era mais meu lugar,que estava na hora de sair e ajudar mim mesma e a outros compartilhando o que eu passei e sobre a importância de minha internação para a saúde mental.  

Leia também: https://blogs.uai.com.br/projetometamorfose/esta-tudo-certo/

Izabela Cardoso

Sou Izabela Cardoso Praça, tenho 25 anos, cristã, jornalista, produtora de conteúdo e blogueira. Amo ajudar e inspirar pessoas com a minha história, onde busco superar a depressão e a ansiedade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *