É preciso paciência

Publicado em

Albert Gea/Reuters

O Bayern de Munique contratou Pep Guardiola.  É difícil responder agora se foi uma boa escolha. Guardiola era o rei na Catalunha. Conhecia como poucos os segredos da base do time azul-grená e sabia explorar o máximo de cada atleta: Xavi, Pedro e o genial Messi. Por isso, o sucesso ocorreu em tão pouco tempo. É fruto de planejamento de uma década, não de uma hora para outra.

Os torcedores bávaros estão esperançosos em um ano promissor. Até falam em contratar o santista Neymar. Mas é necessário paciência com o novo treinador. Não esperem que ele formará uma equipe aguerrida e competitiva com poucos dias de trabalho. O grupo é ótimo, mas precisa de nova filosofia e métodos inovadores.

Guardiola renovou o Barcelona, criou formação tática (sem um centroavante fixo) e contou com a fase meteórica de Messi para transformar o clube em vencedor. Assim como todo grande esquadrão, os catalães também foram derrotados e tiveram de se desculpar, como ocorreu depois da eliminação na última Liga dos Campeões para o Chelsea. Portanto, Guardiola não é imbatível, muito menos um Deus. Será preciso dar oportunidade e paciência a ele para que possa mostrar serviço.

Os fãs do futebol querem ver Guardiola em ação. Mas a diretoria do clube alemão tem de dar total apoio para que ele não caia em mãos atadas logo de primeira. É preciso planejamento, investimento em reforços de peso e principalmente dedicação nos treinos, até para que possa conhecer melhor os comandados. Como a economia europeia está em decadênvia, será trabalhoso formar um grande time, forte e em condições de vencer o Nacional e a Liga dos Campeões. Só assim ele pode formar o sonhado Barça Alemão!

GUARDIOLA NO BARCELONA

212 partidas

154 vitórias

40 empates

18 derrotas

Incríveis 82% de aproveitamento

TÍTULOS

– Mundial de Clubes da Fifa (2009 e 2011)

– Liga dos Campeões (2008/2009 e 2010/2011)

– Campeonato Espanhol (2008/2009, 2009/2010 e 2010/2011)

– Supercopa Européia (2009 e 2011)

– Copa do Rei (2008/2009)

– Supercopa da Espanha (2009, 2010 e 2011)

– Copa Audi (2011)

– Troféu Joan Gamper (2008, 2010 e 2011)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *