Skip to main content
 -
Psicólogo graduado pela Universidade FUMEC, Pós-graduado em Psicologia Médica pelo departamento de Psiquiatria e Neurologia da Faculdade de Medicina da UFMG e Mestre em Educação, Cultura e Sociedade pela UEMG, tendo desenvolvido dissertação na área de Violência Contra a Mulher.

Pergunta de leitor – Com qual mulher devo ficar?

homem com varias mulheres

 

Envie sua dúvida para: perguntaUAI@gmail.com  Os autores das perguntas Não serão identificados

 

“Bom dia, Dr. Douglas. Separei há aproximadamente dois anos e meio. De um tempo pra cá, resolvi procurar uma nova namorada. Entretanto, quando conheço uma pessoa interessante, fico com dúvidas se ela é realmente o que quero e logo encerro o contato. Tenho usado dois aplicativos de relacionamento e já conheci várias pessoas. Fico sempre na dúvida, não sei com quem devo ficar e não consigo tomar uma decisão. Não sei o que está acontecendo comigo. Por favor, me ajude”.

 

Resposta:

Não há nada de errado em você ter se separado há mais de dois anos e querer se dar uma nova chance de ser feliz com outra pessoa. O que me parece estranho é a forma como você está escolhendo fazer isso. Você conhece uma pessoa interessante e, de acordo com seu relato, começa a ter dúvidas se ela é realmente o que deseja e acaba não dando continuidade.

A pergunta é: será que você realmente sabe o que quer? Faço essa pergunta porque parece que, quanto mais pessoas você tem conhecido por meio dos aplicativos, mais perdido você parece ficar. Não tenho nada contra conhecer pessoas por meio de aplicativos ou outras tecnologias. Eu entendo que, se bem utilizados, sites de relacionamento e outras ferramentas que a informática nos propicia, pode sim, fazer com que conheçamos pessoas interessantes.

O primeiro passo a ser dado é identificar dentro de si, o que realmente busca. De fato é uma namorada? Se for, o que você deseja dela? Aliás, quais características você quer que uma futura companheira tenha? Todos nós temos as nossas preferências, que vão desde a estética, passando por vários campos como o afetivo, o econômico, o cultural, o religioso e uma infinidade de outros. Não é pecado termos nossas predileções. O que é preciso ser observado é que, dificilmente iremos conseguir encontrar uma pessoa que tenha todos os predicados que almejamos. Se você estiver procurando a pessoa perfeita, desista disso. Se o término do relacionamento anterior tiver sido muito traumático e você estiver buscando inconscientemente sua ex-namorada em outras mulheres, melhor acordar. Cada pessoa é de um jeito e isso definitivamente não irá ocorrer.

Dica pra você: existem muitas pessoas interessantes e que também desejam encontrar um namorado. Agora, para que um namoro possa vir a ser consolidado, é necessário um tempo mínimo de convívio para que ambos se conheçam. A sugestão principal é: quando você conhecer alguém legal, comece a sair com ela e dê um tempo nos aplicativos. Se você ficar com uma pessoa, porém, com a cabeça em várias outras, você não estará verdadeiramente inteiro com ela, percebe? Assim, se vocês corresponderem inicialmente às expectativas um do outro, é possível que um se comece um relacionamento. Caso não, você volta pros aplicativos para tentar conhecer uma nova pessoa e assim por diante. Seu desejo de querer uma namorada não tem nada de errado, mas, a forma como você está conduzindo este processo, é que está te deixando perdido. Boa sorte em sua busca!

 

Um abraço,

Douglas Amorim

Psicólogo clínico, pós-graduado em Psicologia Médica, mestre em Educação, Cultura e Sociedade

www.douglasamorim.com.br

Instagram: @douglasamorimpsicologo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.