Skip to main content
 -
Psicólogo graduado pela Universidade FUMEC, Pós-graduado em Psicologia Médica pelo departamento de Psiquiatria e Neurologia da Faculdade de Medicina da UFMG e Mestre em Educação, Cultura e Sociedade pela UEMG, tendo desenvolvido dissertação na área de Violência Contra a Mulher.

Não consigo encontrar um caminho profissional com a minha formação. O que fazer?

“Olá, Dr. Douglas Amorim. Tenho 32 anos de idade e possuo formação acadêmica e intelectual bastante transdisciplinar. Embora eu consiga ver inter e correlações entre todas as áreas da minha formação, sofro diariamente por ver escassas possibilidades de atuação profissional no Brasil. Aqui ainda imperam os ditames da normose e da especialização técnica, mesmo nas áreas de humanas e sociais aplicadas, para as quais tenho inclinação.  O termo transdisciplinaridade não é novo, tendo sido proposto já nos idos dos anos 70 e sucinta, grosseiramente falando, foco na complexidade do ser humano e das relações sociais. Defende que, ao lidar com as referidas questões, o acadêmico ou o profissional não somente enxergue o outro como complexo, mas que, se aproprie da identidade complexa enquanto um também ser humano e membro de uma sociedade. Vejo tantas possibilidades de trabalho por aqui, mas sempre se dá prioridade aos especialistas em uma coisa só. Tento achar o meio termo entre ser especialista e holístico para não ficar só batendo carimbo ou carregando o mundo nas costas. Entretanto, não sei como. Pode me ajudar a encontrar um caminho, por favor”?

 

Envie sua dúvida para perguntaUAI@gmail.com   Não identificamos os autores das perguntas

 

Resposta no link logo abaixo:

 

Um abraço do

Douglas Amorim

Psicólogo clínico, pós-graduado em Psicologia Médica, mestre em Educação, Cultura e Sociedade

Instagram:@douglasamorimpsicologo

Consultório: (31)3234-3244

www.douglasamorim.com.br

 

Basta clicar para visualizar a resposta!

https://www.youtube.com/watch?v=qqZYaoA-oko

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.