Skip to main content
 -
PCAlmeida é Cruzeirense, publicitário fanático, jornalista teimoso.

Tábua de Salvação

A diretoria anterior, presidida pelo Dr. Gilvan de Pinho Tavares, ganhou muitos títulos. Porém, o preço disso foi um rombo na casa dos 400 milhões de reais. Uma dívida jamais vista na história do clube celeste.

O clube passou da fama histórica de bom pagador, para caloteiro.

Foi com essa bomba nas mãos, que Wagner Pires de Sá assumiu o clube em janeiro de 2018. Além desta dívida, os salários estavam 3 meses atrasados. Alguns jogadores não queriam sequer se reapresentar para a pré-temporada daquele ano.

Aos poucos, Wagner foi colocando a casa em ordem e os salários em dia.

Porém, havia a dívida com outros clubes e a ameaça de sanções da FIFA, como o impedimento de novas contratações e até mesmo o rebaixamento.

A maior dificuldade se encontrava na taxa de juros variáveis e caras que cada dívida apresentava. Então, a ideia foi a de tomar um empréstimo no valor de 300 milhões. A princípio o valor assusta aos mais pragmáticos. Porém, com esta grana em mãos, o clube terá poder de barganha para pagar as dívidas à vista e sem juros. Depois, pagará ao banco com juros menores do que os praticados pelos credores.

Grosso modo, seria como se você tivesse devendo vários cartões de crédito com juros altos, então você toma um empréstimo no consignado no valor total da multa, paga os cartões e fica com apenas um credor a juro baixo. Você estaria trocando juros altos por baixos.

Das dívidas, não há como correr. O Cruzeiro precisa resolver com urgência estas pendências para evitar problemas maiores.

Por este lado, o empréstimo é uma boa ideia.

Porém, o que preocupa e ainda gera dúvidas é: Será que o clube vai fazer novas dívidas? Ou vai adotar um estilo mais pragmático doravante?

A primeira parcela será paga apenas no segundo semestre de 2020. Ou seja, a dívida com o banco ficará para o próximo presidente, que não sabemos se será o Wagner. Será que a próxima administração honrará com as parcelas?

Pelo que pude apurar, o Cruzeiro tem uma receita bruta anual de cerca de R$400 milhões. Fora as possíveis premiações. Sendo assim, esta dívida contraída com o empréstimo é pagável.

Além disso, não haverá qualquer risco ao patrimônio do Cruzeiro. As garantias que o clube dará serão os recebíveis dos direitos de transmissão, entre outras.

Tudo isso tem que ser muito bem avaliado, pesado. Um fato é que a atual diretoria está de fato preocupada e trabalhando para sanear o clube. Coisa que a diretoria anterior fez pouco caso – pelo contrário, deixou o clube numa situação financeira complicadíssima!

O Cruzeiro não pode perder a credibilidade no mercado. Sendo assim, vejo este empréstimo como a tábua de salvação, um mal necessário.

Vitória com o pé esquerdo:

O Cruzeiro venceu com tranquilidade o Tupynambás ontem, pelo Campeonato Mineiro. Todos os gols foram marcados com o pé esquerdo: Fred, Rodriguinho e Rafinha.

Rodriguinho foi um dos destaques da partida, jogando com mais desenvoltura e marcando o seu primeiro gol com a camisa celeste. Outro destaque foi Marquinhos Gabriel, que vem surpreendendo positivamente neste início.

Don Fredon regulou. 4 jogose 4 gols em 2019. O rei dos Stories é, novamente, o rei da grande área.
O time está se preparando muito bem para a estreia na Libertadores.

Chegaremos fortes, novamente.

Saudações Celestes!!!

Postagens relacionadas

Cruzeiro acima de tudo! Gostaria de falar hoje sobre alguns fatos que estão acontecendo no Cruzeiro que têm me deixado preocupado e assustado. Trata-se da mistura amarga ...
Atura ou Surta O gran finale da catastrófica gestão do Dr Gilvan aconteceu ontem. O Cruzeiro conseguiu fazer um dos piores negócios de sua história recente, ao "...
Aceita que dói menos Eu resisti muito. Confesso. Cornetei o estilo Mano Menezes durante 2017 inteiro. Mas percebi que não adiantava. O treinador celeste não vai mudar ...

23 comentários em “Tábua de Salvação

    1. Vender? Pra quem? Ninguém quer comprar! Mas ficar livre desse bonde com um salário de 480 mil mensais já aliviados o caixa. Aí manda também o Cabral (350 mil), o Chinelo Neves (900), o Edílson (500) e só aí são 2,23 milhões economizados por mês. Daqui 18 meses serão 42,37 (contando o 13o) milhões economizados. Ou seja, praticamente a 1 parcela paga!
      Aí coloca Orejuela, Lucas Romero, Rodriguinho (ou Marquinho Gabriel, ou o Robinho) e o Lucas Silva pra jogar. Reintegra o Nonoca (inexplicavelmente descartado pelo “treinador”).

  1. – Respeito sua opinião, amigo PC, mas, a coisa não é tão simples assim. Não é nem um pouco confiável, aos olhos do torcedor, esse comando que atualmente tem o clube. Esse tal ITAIR MACHADO renovou fácilmente o contrato do THIAGO NEVES por mais 2 anos. Claro, o dinheiro não é dele, ele simplesmente vai lá faz o contrato, contrata jogador e não sabe se o clube teria condições pra arcar com aquele acordo. Temo muito pelo clube TOMAR um dinheiro emprestado, jogar a dívida pra frente e até lá fazer novas dívidas. Com esse comando aí….não duvido nada. Aí seria a insolvência do clube. O Presidente anterior, aquele velho gagá, é o culpado de tudo isso que estamos passando. Essa fama de caloteiro que obtivemos, foi na gestão dele. Mas, muuuuitos torcedores dizem que o clube tem que contratar , que não se preocupa com dividas e tal…agora tá aí, o clube tá num momento péssimo. Cadê a tal auditoria que o Wagner Pires ia fazer??? Essa imprensinha vagabuda mineira nunca questiona isso nos bastidores do clube. Não há um jornalista que meta o dedo na ferida. O Cruzeiro padece de comando sério…e há muto tempo.

    1. Vander, talvez você preferisse que o Thiago Neves fosse pro Grêmio.
      Sobre a auditoria, ela foi feita e divulgada em vários sites. Foi através desta auditoria que se chegou a essa cifra de 300 milhões para pagar dívidas atrasadas e não financiadas.

  2. O empréstimo foi bem planejado e com o apoio do conselho.Isso parece uma boa solucão,já que não há vida no futebol sem dívidas.O time está realmente encorpando,assim vamos chegar bem preparados na hora H.As contratações desta vez foram cirúrgicas.

  3. Bela sugestão Geraldo, mas o Henrique não tem valor de mercado, pois é fraco, cerca Lourenço e continua sistematicamente um dos piores em campo, mas eleito pela atletiaia e Mano paneleiro sempre o melhor: impressionante. Por outro lado, Rafinha só regula em Mineiro, com times de 4ª divisão, não dá para ser titular em série A e LA. PC assumir uma dívida astronômica em razão da pífia e famigerada gestão Gilvan e NENHUMA NOTÍCIA SOBRE O RESULTADO DA AUDITORIA???? NO MÍNIMO ESTRANHO!!!!

    1. Você assistiu à final da Copa do Brasil? Quem tomou a bola no ataque que originou o primeiro gol? Mas não, a perseguição ao Rafinha é inversamente proporcional à bajulação ao Chinelo Neves! Que naquele jogo (fiz questão de contar, mas só no primeiro tempo, pois no segundo a tensão não deixou), recebeu 15 bolas em condições de dominar e só deu sequência à jogada em TRÊS. Depois fez aquela CAGADA MONSTRA que resultou no pênalti mal marcado! Mais uma prova do que estou falando, são os jogos contra Boa, Villa e Tupinambás! No primeiro SONO, muito SONO! Nos outros dois, um time bem mais interessado e em busca da Vitória. Não sendo melhor ainda, porque em ambos o treinador insistiu com Henrique e Cabral, em vez de Lucas Silva que dá muito mais mobilidade e qualidade ao meio de campo.

  4. Gilvan tem os seus pecados, mas o time montado por ele ganhou 2 brasileiros e duas Copa do Brasil.
    Só a CBF tem lucros com futebol no Brasil.
    O Mineirão foi fechado e o Cruzeiro teve muito prejuízo, mas foi a CBF que recebeu 100 milhões de dólares como legado da Copa do Mundo de 2014.

  5. Muito superficial sua análise PC. É preciso se aprofundar bem mais no assunto e nos números pra ver se realmente o Cruzeiro está fazendo um bom negócio. Pagar as contas tem que ser uma coisa normal no Cruzeiro. A diretoria anterior fez uma zona com as contas e nos colocou na prateleira dos clubes folgados, caloteiros. Uma análise bem técnica e, se for necessário, dinheiro prá cá, contrato prá lá e SERIEDADE com os futuros pagamentos.

  6. P.C. Boa tarde. Concordo com você, realmente se é como você descreveu acima, e se for bem gerido pelos dirigentes esse empréstimo nas condições citadas pode e deve ser a tábua de salvação. Vamos continuar fortes e com boa fama de pagador. Abraços.

  7. Golaço, golaço o 2º gol do Cruzeiro contra o Tupinambás. A jogada começou no meio de campo com Rodriguinho que fez linda jogada tirando um adversário e com o toque armou um contra ataque pela direita e foi lá concluir a jogada com um lindo gol. Golaço camarada. Abçs.

  8. É bom que se lembre que a nova diretoria também vem endividando o Clube com péssimos negócios, como as compras do Bruno Silva, David, Edílson (doando Tony Anderson) e Mancuello (que pagaram U$1,8 milhão por 60% dos direitos, depois adquiriram o resto e venderam 100% por U$1,00 milhão – que negócio é esse?).
    Por incompetência, deixaram de faturar uma grana alta com uma venda do Arrascaeta para o exterior e tiveram que aceitar o que o Flamengo quis pagar (inclusive, nos empurrou os 40% restantes do Mancuello). Rodriguinho (inferior ao Arrascaeta) foi lá pra fora e, ao que tudo indica, voltou ganhando ao menos o dobro do que recebia no Corinthians (que não deixou com que ele fosse vendido pra outro clube brasileiro).
    Não à toa, os dirigentes profissionais contratados no início deste mandato estão em debandada.
    Ou seja, a nova diretoria, até agora, apenas repete os erros da anterior, e ao invés de implantar uma boa política de enxugamento, pretende assumir um enorme risco.

    1. Bruno Silva esteve na seleção do campeonato brasileiro de 2017, foi pago, não deu certo (Coisas do futebol) e foi trocado pelo Jadson.
      David foi revelação do Vitória e foi comprado pelo Supermercado BH. O Cruzeiro não gastou nada com ele;
      Edilson foi destaque do Grêmio, campeão da Libertadores, e foi trocado pelo Alisson (5 anos de Cruzeiro e nada) e pelo Tony Anderson, que é apenas uma promessa, não envolveu dinheiro;
      Mancuello, de fato, atrasou o pagamento pois estavam renegociando os juros, mas já pagaram. Sobre a desvalorização, houve devido à má fase do jogador.
      Não houve proposta oficial do exterior maior que a do Flamengo pelo Arrascaeta. E o Cruzeiro definiu o valor. O Flamengo quis pagar.
      Sobre o Rodriguinho, vem ganhando bem, sim. Mas nada que fuja aos padrões do futebol brasileiro;
      O Cruzeiro enxugou a folha ao emprestar o Manoel, rescindir com Sobis e Ezequiel, vender o Mancuello, emprestou o Hermes.
      Você preferia que vendesse os nossos principais jogadores, sucateasse o time, pra depois você mesmo vir aqui e xingar o Mano Menezes?

  9. A considerar a permanência do Lucas Romero ali na volância, isto torna a defesa mais coesa dando mais liberdade para as subidas dos laterais e a compactação ali na entrada da área. Todo isto faria com que os jogadores tivessem mais liberdade para atacar tirando assim aquela de ficar rodando o campo atrás de laterais adversários e gastando o fôlego para estarem mais bem posicionados. Serve como exemplo aquele golaço do Rodriquinho contra o Tupinambás onde ele estava no círculo central, dominou a bola numa linda jogada e fez um lançamento perfeito para o Rafinha lá na direita e já se possicionou para o arremate mortal para fazer o 2º gol. Este de atacantes voltarem lá na intermediárea para recuperarem bolas não dá porque não conseguem dar sequência nas jogadas e acaba com o poder de contra ataque da equipe. Continuo achando que o Mano não deva desgastar jogadores como Fred, TN10, Dedé, Robinho…em jogos deste mineiro para que na hora de jogos mais importantes eles estejam inteiros para o embate. Ano passado ele sobrecarregou o Fred, este ano o TN10 já tá reclamando e o Sassá junto com o Robinho mais o David estão mea boca. Ficarei firme nas orações para que o Dedé não seja tanto sacrificado nestes jogos do rural pois só temos ele que manda lá na saga e os outros são menos experiêntes para os jogos da libertadores. Se o Mano conseguir compactar a volãncia e fizermos um bom jogo contra o Mequinha acho que a receita estara pronta para a sequência da temporada e bons frutos poderemos colher a ponto de encher os canecos. Saudações Celestes.

  10. Entre as soluções para clubes que estão fora do eixo RJ/SP, é conseguir melhorar o quadro de sócios e ter gestões extremamente bem sucedidas… lamentável!

  11. Como já disse outras vezes, o Cruzeiro deveria responsabilizar o ”caloteiro” do Dr. Gilvan por toda essa situação vexatória que ele meteu o Maior de Minas. 2013/14 foram os anos em que mais se faturou em termos de renda e venda de jogador e a grana sumiu. Agora fica aí dando pitacos e fazendo opisição à diretoria que tá trabalhando e tentando resolver um problemão que esse incompetente deixou. Espero que a diretoria atual faça a coisa com bastante transparência e definitavamente
    solucione essas pendências.

  12. Bom dia PC Almeida, concordo com você em relação a este empréstimo, porque as dívidas tem que ser pagas porque os boletos e as sanções também, nós torcedores, queremos times competitivos, então temos que estar aptos para o mercado, então, não vejo outra solução a não ser fazer este empréstimo aprovado pelos conselheiros e que eles ajudem a fiscalizar para que não haja problemas com as parcelas a serem pagas, no mais é torcer sempre pelo nosso Cruzeirão em busca dos títulos.

  13. Por enquanto TN10, David e Fred estão no estaleiro. Quem sera o próximo? Rezo a Deus para que não seja o Dedé e nem outro qualquer. A depender do Mano, tudo e possível, considerando tamanha falta de planejamento. O cara depois de ‘veio’ não aprende mais e é insistência de minha parte querer isto do Mano. O Fred se desgastou no ano passado e este ano ao que tudo indica. Vai ser ‘oreia’ assimn lá na casa do chapeu. E aí, o Lucas Romero jogou ontem contra o Mequinha para dar sequência naquela filosofia de fechar a meiúca e liberar os atacantes? Voltou com aquela mesmice de por todos para rodar atrás da bola e se ganhar de 1/2 a zero é goleada. Afinal, quanto terminou o jogo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *