Skip to main content
 -
PCAlmeida é Cruzeirense, publicitário fanático, jornalista teimoso.

Empate preguiçoso

Postagens relacionadas

Milho para a FMF! Chega de palhaçada Todo ano é a mesma coisa. O clube de Vespasiano corre para a mamãe FMF para conseguir ganhar alguma coisa, já que no campo não ganham nada há tempos. ...
Reforços e coragem Ontem, durante o jogo contra o Palmeiras, minha querida amiga Paola Laredo postou no twitter: "Se vocês entendessem que o time do Cruzeiro é ruim...
Barcos é anunciado e desperta o preconceito Bastou o twitter oficial do Cruzeiro postar na tarde de ontem (10) a contratação do argentino Hernán Barcos para ocorrer uma chuva de comentários....
Jogões e desequilíbrio Subitamente, o Cruzeiro tornou-se o time dos jogões. Em questão de dias, dois placares bailarinos (como diria Mauro Cezar Pereira) em jogos de cam...

2 comentários em “Empate preguiçoso

  1. É claro, empate preguiçoso, como preguiçosos são os jogadores de 35 anos. Tenho certeza que a nossa torcida preferiria afastar Thiago Neves, Fred e Robinho e tornar titulares seus dois xodós: Sassá e Raniel JÁ!. E depois ver quem será o terceiro: Marquinhos Gabriel ou Rodriguinho. Robinho ainda serviria para entrar as vezes nos segundos tempos, agora Thiago N. e Fred NEVER MORE, são bananeiras que já deram cachos, cobras que a gente vê pelas estradas de terra, que estremecem de vez em quanto, mas já morreram.

  2. 4 jogos e bom futebol mesmo só em 45 minutos! Os primeiros contra o Guarani! Depois: 315 minutos de depressão futebolística! Aquela coisa chata de “administrar jogos”! Haja paciência!
    E os mesmos discursos de sempre. “Início de temporada”, “time ainda está se encaixando”…
    Aí o Santos com um mês de trabalho de um técnico que nem fala português, com jogadores (supostamente) sem qualidade, em 4 jogos só tomou um gol e fez 12. Venceu um clássico sem deixar o adversário chegar à sua área e, pasmem, ATACANDO FULL TIME! Assisti ao primeiro tempo deles ontem e gostei demais! Chegam com 4 ou 5 jogadores na área adversária sempre! Mesmo com vantagem no marcador! Aí vou assistir ao meu time (porque a paixão nos obriga a isso), e são bolas e bolas lançadas na área para 1 ou no máximo 2 jogadores e, a não ser em bolas diferenciadas de Lucas Silva ou Robinho, geralmente não chegam a “esses renegados refugiados” em território inimigo! Uma lentidão sonífera! Só despertada em momentos de surpreendente furor pela vitória do estreante Marquinhos Gabriel! Que mesmo ESTREANDO pelo clube, jogou mais que o “astro” Thiago Neves! O “maestro” que não dá passes como Lucas Silva e Robinho, e não bate faltas como o segundo! Aliás, porque não foi o Robinho que bateu contra as frangas? “Ah, mas foi dele a assistência pro gol do Fred”! Supondo que foi consciente, pois ainda não descarto a hipótese de tentativa errada de finalização (como a do gol na final da Copa do Brasil) ou única e óbvia alternativa, pois quem joga bola sabe que aquele tipo de jogada já se desenha até o fim, desde o lançamento, foi a única participação efetiva de TN no jogo! Ou seja, em quase 180 minutos jogados em janeiro, ele apareceu na cabeçada contra o Victor, no recuo na cobrança de falta no mesmo jogo e na assistência pra Fred! Isso, pela bagatela de 900 mil por mês! E nem tem desculpa de volta de lesão, pois ele e o treinador, destacaram veementemente que está bem e precisa é jogar!
    Não fosse assim, o senhor Mano Menezes poderia fazer como Renato Gaúcho! Pra compararmos com outro grande clube brasileiro, porém com tempo de trabalho parecido. Não por coincidência, o Grêmio também joga pra frente e, em apenas dois jogos com os titulares, fez 7 gols e não sofreu nenhum! Ou seja, lidera o campeonato, tendo feito 2 jogos com reservas e juniores, para preservar a pré temporada do time considerado titular (e olha que se considera que eles nem tem o elenco que temos!), aproveitando pra dar ritmo e testar os demais jogadores do elenco, deixando-os preparados pra enfrentarem os jogos do Brasileiro, quando as competições se acumularem. Já adotou essa estratégia no ano passado e por isso, terminou bem à nossa frente no brasileiro! Até porque entramos de férias em Outubro, né? Quer dizer, Renato faz o contrário do Mano. Descansa antes pra poder ganhar no final!
    E antes que digam que Mano ganhou duas Copas do Brasil, lembrem-se que Renato ganhou Libertadores, Copa do Brasil e Recopa Sul-americana, além de quebrar o jejum no Gaúcho! Mas chegou nas cabeças em todas as outras que não ganhou!
    Pra fechar, comparem os gols de Guarani, Boa (o segundo) e o primeiro do Boca na Argentina! Para um time “cascudo” (entre aspas porque pra mim a experiência não tem haver com idade), é uma vergonha tomar gols em falhas que se repetem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *