Skip to main content
 -
Denyse Lage Fonseca é formada em Letras e especialista em educação a distância. É autora de artigos enciclopédicos (InfoEscola.com) e de materiais didáticos (Portal Acessaber) que tratam de diversificados conteúdos relativos à Língua Portuguesa, da qual gosta desde criança. Como professora, atuou em diferentes níveis de ensino.

“Carros zero-quilômetro” ou “Carros zero-quilômetros”?

Share this...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Quando dizemos “carro zero-quilômetro”, estamos nos referindo àquele carro que ainda não percorreu nenhuma distância, ou seja, está novinho em folha! Mas, e se eu estiver me referindo a mais de um carro zero-quilômetro? Como devo dizer? Vamos ao desafio? Então, identifique a frase que foi escrita corretamente a seguir:

 

Comprei dois carros zero-quilômetro. 

ou 

Comprei dois carros zero-quilômetros.

 

 

Está difícil comprar um… Imagine comprar dois… Bom, mas foquemos no termo “zero-quilômetro”. Na frase acima, devemos usá-lo no singular ou no plural? Se você disse que é no singular, você acertou! Isso porque “zero-quilômetro” não varia! Por isso: “Comprei dois carros zero-quilômetro”. Ah, quem me dera!

Atenção:

km é com “k”, mas “quilômetro” é com “qu”! O mesmo vale para quilogramas, viu?

Share this...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

18 comentários em ““Carros zero-quilômetro” ou “Carros zero-quilômetros”?

    1. Olá, Francisco!

      Fico extremamente lisonjeada com as suas valiosas palavras!

      Muito obrigada pelo seu interesse constante em minhas publicações!

      Volte sempre!

      Denyse

  1. Este blog já é, na verdade, um grande depósito de informação e cultura sobre língua portuguesa à disposição de todos nós. Basta ir clicando nas centenas de postagens já realizadas pela competente Profª Denyse Fonseca e nos deliciarmos, não só pelo ensinamento, como também pela maneira peculiar que a mesma utiliza em seu texto. Tudo muito bem regado com bons exemplos, esclarecimentos e muita simpatia!! E ficamos mais contentes ainda quando finalmente surge uma nova postagem! Parabéns, continue zero-quilômetro!! Grande abraço!

    1. Oi, Fernando!

      Fico extremamente lisonjeada e feliz com as suas palavras que tanto engrandecem o meu trabalho!

      Muito obrigada pela exposição de sua detalhada avaliação das minhas publicações e pelo seu incessante interesse em acompanhá-las!

      Volte sempre!

      Grande abraço!

      Denyse

    1. Olá, Waldomiro!

      Fico contente por saber que as minhas dicas o ajudaram na prática!

      Agradeço-lhe o registro de seu comentário!

      Volte sempre!

      Denyse

  2. km, segundo a ABNT é grafado sempre em caixa baixa, mesmo no início de períodos. Já K (maíusculo) é o símbolo de grau Kelvin (unidade termodinânica).

    1. Oi, Fred!

      Suas palavras são muito gratificantes! Muito obrigada!

      O plural de “guarda-chuva” é “guarda-chuvas”.

      Volte sempre!

      Denyse

  3. Professora Denyse,
    Legal o desafio! Parabéns!
    Realmente, precisamos de mais Denyses no Brasil para nos ajudar a escrever melhor o nosso lindo e às vezes complicado português.

    1. Olá, Hermogenes!

      Sinto-me muito honrada e motivada com as suas valiosas palavras sobre o meu trabalho! Muito obrigada!

      Legal é ter a sua presença aqui!

      Fica o meu convite para que você volte sempre!

      Denyse

    1. Olá, Wagner!

      Fico muito feliz com o seu elogio ao meu blog!

      Muito obrigada pela exposição de seu comentário!

      Fica o meu convite para que você volte continuamente!

      Denyse

  4. Cara Denyse, boa tarde!
    Gostaria de pedir um texto sobre a acentuação em palavras como por exemplo “amá-la ou ama-la”, “repassá-la ou repassa-la”. Não entendo porque algumas têm acento e outras não.
    Não sei dizer ortograficamente os termos, mas acredito que você entendeu meu pedido.
    Um grande abraço e continue sempre com esse brilhantismo em nos esclarecer sobre esta nossa língua difícil (KKK)!

    1. Boa tarde, caro Gian!

      Entendi o seu pedido, sim! Abordarei o tema.

      Muito obrigada pelo “brilhantismo”! Fico muito honrada com a sua incentivadora mensagem!

      Volte sempre!

      Um grande abraço,

      Denyse

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *