Skip to main content
 -
Jornalista e Sommelier de Cervejas formada pela Doemens Academy de Munique através do Senac SP. Criadora e apresentadora da coluna Pão e Cerveja na Rádio CDL FM. Sócia-fundadora e professora da Academia Sommelier de Cerveja. Autora do livro Cervejas e Comidas Mineiras - vamos combinar?

Como aproveitar bem o FICC. Um roteiro para o consumidor beber melhor

Ingresso para o FICC

 

Finalmente chegou o dia! O FICCFestival Internacional de Cerveja e Cultura – começa amanhã no Parque das Mangabeiras, em Belo Horizonte. No ano passado, o evento bombou em Nova Lima ( veja aqui) , tanto assim que a cidade de BH adotou o festival e reservou um dos espaços mais gostosos da capital mineira para esta edição.Como vem sendo anunciado, mais de 200 rótulos diferentes serão comercializados pelas cervejarias presentes, gerando no consumidor a  dúvida: o que vou escolher para beber diante de tanta variedade? Pensando nesse clássico dilema, elaborei um pequeno roteiro para o consumidor beber melhor!

  1. Em primeiro lugar: vá de Uber, táxi, ônibus, skate, a pé! Dirigindo nunca!!!
  2. Ao chegar, logo na entrada, dê uma passada no estúdio das rádios 102.9 e 98 FM, onde eu e o jornalista Mário Alaska vamos fazer transmissões ao vivo, com entrevistas, dicas de cervejas, harmonizações, etc. Passa lá e converse conosco um pouco!
  3. Faça um tour primário por todos os estandes , reconheça o espaço, faça uma lista mental das cervejas que você já conhece e as que nunca tomou antes de partir para encher o copo
  4. Veja em quais estandes há lançamentos, muitas cervejarias estão prometendo levar coisas novasLançamento Capa Preta no FICC
  5. Visite os estandes de comida e já se programe para o que vai comer ( nem pense em beber de barriga vazia) e compre logo uma garrafinha de água! Ela deve ser sua companheira pelo resto do dia, ok? Veja abaixo os restaurantes, sanduicherias e bares que vão estar lá:
  • Duke´N Duke
  • Rock Dog
  • Köbes
  • Constance Burgers
  • Seu Romão
  • Classe A
  • Delícias na Brasa
  • Borracharia Gastrobar
  • Rokkon
  • Restaurante do Porto
  • PizzAperitivo
  • Vila Rock Dogueria

6) Dê uma conferida nas atrações culturais, serão muitas, inclusive infantis para quem precisa levar os filhos junto, afinal o Festival é também de cultura, não só cerveja!

Atraões Musicais no FICCTRUPE DE GAIA WhatsApp-Image-20160719 (1)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

7) Agora sim, chegou a hora da maratona de cervejas. Como e por onde começar?

  • Procure os lançamentos – é sempre melhor experimentar as novidades no começo, para que se possa realmente sentir o sabor. Depois de muitas doses, não é tarefa fácil distinguir nuances e diferenças. Opte, se houver essa possibilidade, por copos de degustação. Geralmente em festivais as cervejarias vendem doses menores, de 100 ml, justamente para que o consumidor possa experimentar e ver se gosta antes de comprar o copo completo.
  • BEBA ÁGUA
  • Procure o que vem de fora – normalmente as oportunidades para experimentar cervejas que não são produzidas em MG são menores. Por isso, se houver cervejas nacionais e internacionais que não lhe são comuns, tente experimentar logo. A distribuidora Boxer, de São Paulo, vai apresentar as sidras da Füller´s, eis uma novidade internacional que não dá para perder! Utilize o mesmo artifício de doses menores, ou se não houver essa possibilidade, compre o ” copo amigo”, que pode ser partilhado entre o grupo, assim você pode tomar mais cervejas sem sair dos trilhos!
  • BEBA ÁGUA
  • Comece por estilos com menor teor alcóolico – muitas cervejarias estão produzindo o que se chama de ” session”, cervejas com teor alcóolico mais baixo ( no máximo até 4% ). Opte por elas, porque são fáceis de beber e te deixarão inteiro por muito mais tempo. A Cervejaria Furst tem a session Aussie, a Wals tem a Citra, a Krug tem a Summer Ale.  Weiss e Wit, que são as cervejas de trigo alemãs e belgas, respectivamente, também são cervejas com menos álcool, mais refrescantes, pouco amargas. Beber delas no começo é uma sábia decisão, vá por mim! Podem entrar ainda as Pilsens, as Kölsch, as Altbiers.
  • BEBA ÁGUA
  • Passe para as mais potentes a partir daqui. IPAs, por exemplo, serão muitas, em quase todos os estandes você vai encontrar pelo menos uma. Elas além de mais amargas, contêm mais álcool. Se forem Double ou Imperial, cuidado, porque o amargor e o álcool nesse caso são bem mais altos e nem sempre transparecem esse teor aumentado. Você também vai encontrar Brown Ales, Blondes, Saisons. Elas cabem bem nesse meio tempo.
  • BEBA ÁGUA/ COMA ALGO
  • Já mais alegre, mais interativo com o mundo, neste ponto você deve passar para as pauleiras! E tomar pouco delas. Nada de abusar nas Strong Dark Ales, nas Imperial Stouts e Barley Wines. Elas são fortes, encorpadas, marcantes, às vezes bem doces. Não são para se tomar fluidamente, acho que ninguém conseguiria. Aproveite para buscar um acompanhamento doce, para compor o conjunto e suprir de glicose seu corpo, será preciso, acredite!
  • ÁGUA, ÁGUA E ÁGUA…Assim ninguém sai trocando pernas e travando a língua!

 

Confira quais cervejarias estarão presentes:

Koala San Brew

Furst Bier

Backer

Madalena

Krug

Magma

Falke

Schornstein

Loba

Capa Preta

Cuesta

Uaimii

Ax Beer

Besten

Baden Baden

Bastards

Wals

Taberna do Vale

Trovence

Aeon

Confraria de Minas

Mr. Tugas

Villa Alemã

Gangster

Bike Beer

La Grand

Fuller´s

Peripécia

Dos Caras

Mantrap

Dunk Bier

Skarpas

Ashby

Trem Bier

 

 

Me acompanhe também nas redes sociais:

Facebook.com/ Fabiana Arreguy

Facebook.com/paoecerveja

Twitter @paoecerveja

Instagram: Fabiana.Arreguy

 

 

paoecerveja

Jornalista e Beer Sommelier, criadora e apresentadora da coluna diária Pão e Cerveja na Rádio CDL FM. Sócia-fundadora da Academia Sommelier de Cerveja. Consultora de cervejas especiais do grupo Super Nosso e curadora de conteúdo da Plataforma Albanos de Cerveja.

3 comentários em “Como aproveitar bem o FICC. Um roteiro para o consumidor beber melhor

  1. Ótimo post, os festivais de cerveja em Belo Horizonte, precisam praticas copos com medidas 100, 200 , 300 ml. No festival você quer experimentar, conhecer novas cervejas. Organizadores precisam praticar isso, outros festivais, Dum Day com doses de 150, Festival da cerveja Blumenau e vários outros.

    1. Também acho.É muito mais simpático a divisão do copo por doses, além de ser uma forma muito mais equilibrada de beber. Fora a oportunidade ao consumidor de provar de muito mais rótulos sem entrar em coma alcóolico!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *