Tom Clancy nos apresenta a um espião Sem Remorso

Quando se pensa na obra de Tom Clancy no Cinema, o primeiro nome a vir à mente é o do agente Jack Ryan. Afinal, são cinco longas, além de uma série recente, com cinco diferentes intérpretes. Já nos livros, o personagem não é o único importante do escritor: John Clark também tem sua cota de aventuras. Os dois agentes, inclusive, já se encontraram algumas boas vezes. Dando uma folga ao badalado Ryan, a Amazon Prime Video traz Sem Remorso (Without Remorse, 2021), suspense que pode ser o início de uma nova franquia.

Vingança é uma palavra que resume bem a trama do filme. O fuzileiro John se prepara para deixar a vida militar e entrar para o mercado de segurança particular. O assassinato de sua esposa grávida muda o cenário. E é uma ótima oportunidade para Michael B. Jordan mostrar que não deixa nada a dever a Tom Cruise e suas missões impossíveis. O ator vem estabelecendo uma carreira diversa, e não foge de um grande esforço físico, como é o caso aqui – e em Creed I e II, Pantera Negra, Quarteto Fantástico etc.

Repetindo a dobradinha de Sicário: Dia do Soldado (Sicario: Day of the Soldado, 2018), Stefano Sollima dirige e Taylor Sheridan escreve (com Will Staples). E esses são dois pontos interessantes de Sem Remorso: uma direção enxuta e objetiva e um roteiro que não dá voltas. O protagonista não titubeia antes de dar uns tiros e matar quem entrar na frente. Com o histórico de feitos de John, passamos a acreditar que ele é capaz de tudo, e nada surpreende.

Uma coisa que o roteiro faz é levar o público a direções erradas para, em seguida, tentar surpreender. Às vezes funciona, às vezes não, mas não chega a ser um problema. Afinal, tramas de espionagem fazem isso, e com o saudoso Clancy não seria diferente. E o bom elenco ajuda a tornar tudo mais interessante. A durona Jodie Turner-Smith (de Queen & Slim, 2019 – acima) faz a líder do batalhão, com Guy Pearce (de Bloodshot, 2020) como o secretário de segurança e ainda tem Jamie Bell, colega de Jordan em Quarteto Fantástico.

Numa primeira olhada, Sem Remorso parece um filme de ação bem genérico. Mas os nomes de Jordan e Clancy no cartaz atraem a atenção. E não vai se arrepender quem der uma chance. O ator segura bem a trama e as quase duas horas passam rápido, nos levando de uma reviravolta a outra. Quem conhece a obra do escritor já imagina o que virá a seguir, tudo depende do sucesso dessa aventura – que teria sido bem apropriada à tela grande, o que ainda não é possível. Quem sabe veremos um outro encontro de John e Jack, dessa vez ambos com o mesmo peso?

O mundo pode pegar fogo que Michael B. Jordan terá sua vingança!

Sobre Marcelo Seabra

Marcelo Seabra - Jornalista e especialista em História da Cultura e da Arte, é o criador de O Pipoqueiro. Tem matérias publicadas esporadicamente em sites, revistas e jornais. Foi redator e colunista do site Cinema em Cena por dois anos e colaborador de sites como O Binóculo, Cronópios e Cinema de Buteco, escrevendo sobre cultura em geral. Pode ser ouvido no Programa do Pipoqueiro e nos arquivos do podcast da equipe do Cinema em Cena. Twitter - @SeabraM | Instagram - @opipoqueiroseabra
Esta entrada foi publicada em Adaptação, Estréias, Filmes, Homevideo, Indicações e marcada com a tag , , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *