Série visita episódio desconhecido da Segunda Guerra

por Rodrigo “Piolho” Monteiro

Kampen om Tungtvannet 00 Em 1939, a Alemanha invadiu a Polônia e iniciou aquele que seria conhecido como o pior, maior e mais impressionante conflito da história da humanidade. A Segunda Guerra Mundial durou praticamente seis anos, ocasionou um número de mortos e desaparecidos que supera a casa dos 80 milhões, sem contar os prejuízos materiais e as consequências políticas advindas de seu resultado.

Apesar do grosso do conflito ocorrer nos campos de batalha, nos bastidores a guerra também ditava o ritmo de praticamente tudo. Campos científicos muito afetados pelo conflito foram as ciências exatas e biológicas. Estados Unidos, Inglaterra, Alemanha, Japão, todos eles se empenhavam nessas áreas com o intuito único de sobrepujar o inimigo, fosse criando armas mais poderosas, fosse descobrindo formas de tornar seus armamentos mais resistentes e seus combatentes mais difícieis de matar. A minissérie norueguesa Kampen om Tungtvannet (em inglês: The Heavy Water War: Stopping Hitler’s Attomic Bomb, ou, simplesmente, A Guerra da Água Pesada) se foca justamente nesse aspecto da guerra, recriando um episódio que, muito provavelmente, poucos conhecem. Kampen om Tungtvannet 01 Pouco depois do início do conflito, os protagonistas da guerra logo se empenharam em criar uma arma de poder destrutivo que, em essência, poderia acabar com qualquer guerra. Do lado dos alemães, essa responsabilidade coube ao Prêmio Nobel de Física Werner Heisenberg (Christoph Bach), cujo objetivo era criar uma nova forma de geração de energia baseada na fissão nuclear. Seus superiores, obviamente, queriam que Werner e sua equipe explorassem o uso da então quase desconhecida energia nuclear de forma bélica, para terem uma arma que garantisse que a Alemanha vencesse a guerra e instituísse seu Reich de 1.000 anos.

Apesar de não ser simpatizante do nazismo, Werner, sob o qual pesavam alegações de homossexualismo (um crime aos olhos do regime de Hitler), é questionado pela Gestapo e selecionado para ir para os campos de concentração. Graças a seus contatos – sua mãe e a do braço direito de Hitler, Himmler, eram amigas –  ele escapa desse destino e entra no projeto da bomba atômica alemã. Havia um obstáculo, no entanto: um dos ingredientes principais para que os nazistas conseguissem o que queriam era o óxido de deutério, ou a água pesada do título, que era produzida apenas por uma empresa norueguesa. Logo, a Alemanha não só encomendou o produto como, ao invadir o país nórdico, fez de tudo para garantir que a água pesada tomasse o caminho de Berlim.

A fábrica que produzia água pesada, no entanto, teve muita influência do químico noruguês Leif Hans Larsen Tronstad (Espen Klouman Høiner) que, ao saber do interesse da Alemanha no produto, parte para a Inglaterra com o objetivo de, com a ajuda do exército inglês e da resistência norueguesa, impedir que os nazistas colocassem as mãos naquele produto. Paralelamente a isso, um dos principais executivos da empresa, o norueguês Bjørn Henriksen (Dennis Storhøi) se vê em um dilema: ceder às pressões cada vez maiores dos invasores alemães ou fazer aquilo que, de acordo com sua esposa, era a coisa certa e se afastar de tudo aquilo?

Kampen om Tungtvannet tem, então, o trio acima citado como os protagonistas de sua história. Cobrindo um período de praticamente cinco anos, do fim de 1939 até meados de 1944, a série mostra as tentativas de Leif, em conjunto com o exército inglês e a resistência norueguesa, de levar a cabo as operações Gunnerside e Grouse, ao mesmo tempo em que analisa os sentimentos contraditórios de Heisenberg e Diebner, obtendo um resultado bastante satisfatório, especialmente para aqueles que são fãs do período. O que torna a série mais interessante, no entanto, é lembrar que ela foi baseada em fatos, e joga luz em uma das (pelo menos para muitos) histórias mais obscuras da Segunda Guerra Mundial. É estranho pensar que um conflito de tamanhas proporções poderia ter tido um final bem diferente caso aquele pequeno grupo de noruegueses não tivesse obtido sucesso em sabotar os planos do Führer.

Exibida na Noruega em janeiro de 2015, infelizmente, até o momento, não há previsões de Kampen om Tungtvannet ser transmitida por aqui. Independente disso, vale à pena procurar pela série, que já está disponível em DVD e Blu-ray em sites como o Amazon.

Os três personagens principais da série

Os três personagens principais da série

Sobre opipoqueiro

Marcelo Seabra - Jornalista e especialista em História da Cultura e da Arte, é o criador de O Pipoqueiro. Tem matérias publicadas esporadicamente em sites, revistas e jornais. Foi redator e colunista do site Cinema em Cena por dois anos e colaborador de sites como O Binóculo, Cronópios e Cinema de Buteco, escrevendo sobre cultura em geral. Pode ser ouvido no Programa do Pipoqueiro e nos arquivos do podcast da equipe do Cinema em Cena. Twitter - @SeabraM
Esta entrada foi publicada em Estréias, Homevideo, Indicações, Séries e marcada com a tag , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *