Os Melhores & Os Piores de 2012

por Marcelo Seabra

Good and evilChegando ao final do ano, todos começam a divulgar as listas que resumem o cinema naquele período. Uns postam muito cedo, nem deu tempo de terminar dezembro. Eu preferi esperar até o último dia, já que ainda tinha algumas obras a conferir. Mesmo porque houve alguns momentos apertados ao longo do ano em que não foi possível conferir tudo o que era lançado, e uma repescagem em DVD sempre ajuda.

Os filmes lembrados são aqueles que tiveram lançamento comercial no Brasil em 2012 – alguns foram produzidos em 2011 – e, claro, apenas os que pude conferir. Você vai se perguntar, por exemplo, onde está Cada Um Tem a Gêmea que Merece (Jack and Jill, 2011) dentre os piores do ano. A falta de tempo para ver tudo pode ter um lado positivo: me livrar desse tipo de coisa (mas não se preocupe: Adam Sandler não ficou de fora). Portanto, sem mais delongas, seguem as categorias, as menções honrosas e os comentários devidos.

Atenção: para os filmes que têm crítica publicada no Pipoqueiro, basta clicar no título para visitá-la. E os comentários abaixo não contém spoilers, o que também não acontece nas críticas do site.

PositiveOs Melhores do Ano

10 – Dredd (2012)

09 – Moonrise Kingdom (2012)

08 – Intocáveis (Intouchables, 2011)

07 – Holy Motors (2012)

06 – O Espião que Sabia Demais (Tinker Tailor Soldier Spy, 2011)

05 – Drive (2011)

04 – Argo (2012)

03 – A Invenção de Hugo Cabret (Hugo, 2011)

02 – A Separação (Jodaeiye Nader az Simin ou A Separation, 2011)

01 – O Artista (The Artist, 2011)

The Artist

  • Menções Honrosas (sem ordem):

Precisamos Falar Sobre o Kevin (We Need to Talk About Kevin, 2011)

Operação Invasão (Serbuan Maut ou The Raid: Redemption, 2011)

George Harrison: Living in the Material World (2011)

O Abrigo (Take Shelter, 2011)

Shame (2011)

O Impossível (The Impossible, 2012)

O Guarda (The Guard, 2011)

Headhunters (Hodejegeme, 2011)

Os Vingadores (The Avengers, 2012)

Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge (The Dark Knight Rises, 2012)

Looper: Assassinos do Futuro (2012)

Poder Sem Limites (Chronicle, 2012)

À Beira do Caminho (2012)

2 Coelhos (2012)

As Vantagens de Ser Invisível (The Perks of Being a Wallflower, 2012)

007 – Operação Skyfall (2012)

Marcados para Morrer (End of Watch, 2012)

O Homem da Máfia (Killing Them Softly, 2012)

Ruby Sparks: A Namorada Perfeita (2012)

Detona Ralph (Wreck-It Ralph, 2012)

As Aventuras de Pi (The Life of Pi, 2012)

  • Comentários:

– Como Argo é o melhor colocado entre os lançamentos de 2012, fica como a minha aposta para as premiações americanas.

– O último dos 10 a ser conferido foi A Separação, que havia me escapado, e por pouco não cometo um crime deixando-o de fora. Um filme simples, honesto e impactante que, de quebra, ainda nos mostra um pouco do modo de vida e costumes do Irã.

– Dredd chegou tímido e logo se mostrou uma das adaptações de quadrinhos mais fiéis ao material original, tendo tudo para cair nas graças dos fãs do personagem e, melhor, podendo ser também admirado pelo público em geral. Conseguiu um resultado melhor que os aguardados Vingadores e Batman Ressurge, que têm seus furos, apesar de serem divertidos até!

– A França teve um ótimo ano no cinema mundial: além do reconhecimento de público e crítica para O Artista, bastante premiado, teve o estranho e interessante Holy Motors e o campeão de público Intocáveis, que bateu o recorde francês anterior, de Amélie Poulain, chegando a faturar mais de 420 milhões de dólares.

– Alguns longas menores foram uma ótima surpresa, como os românticos Ruby Sparks e As Vantagens de Ser Invisível, os policiais Marcados para Morrer e Operação Invasão e Poder Sem Limites, que consegue trazer ar fresco ao subgênero “filme de filmagens encontradas” com uma história muito interessante.

NegativeOs Piores do Ano

10 – Um Tira Acima da Lei (Rampart, 2011)

09 – Motoqueiro Fantasma: Espírito de Vingança (Ghost Rider: Spirit of Vengeance, 2012)

08 – Possessão (The Possession, 2011)

07 – O Ditador (The Dictator, 2012)

06 – Busca Implacável 2 (Taken 2, 2012)

05 – Filha do Mal (The Devil Inside, 2012)

04 – Billi Pig (2012)

03 – O Pacto (Seeking Justice, 2011)

02 – Este É o Meu Garoto (That’s My Boy, 2012)

01 – As Aventuras de Agamenon, O Repórter (2011)

Hubert Aventuras de Agamenon

  • Menções Desonrosas (sem ordem)

Tão Forte e Tão Perto (Extremely Loud & Incredibly Close, 2011)

Beleza Adormecida (Sleeping Beauty, 2011)

A Hora da Escuridão (The Darkest Hour, 2011)

E Aí, Comeu? (2012)

Sombras da Noite (Dark Shadows, 2012)

O Que Esperar Quando Você Está Esperando (What to Expect When You’re Expecting, 2012)

Vizinhos Imediatos de 3º Grau (The Watch, 2012)

Os Infiéis (Les Infidèles, 2011)

Fuga Implacável (The Cold Light of Day, 2012)

Um Alguém Apaixonado (Like Someone in Love, 2012)

A Sombra do Inimigo (Alex Cross, 2012)

A Última Casa da Rua (House at the End of the Street, 2012)

Até que a Sorte Nos Separe (2012)

E a dose dupla de Branca de Neve

  • Comentários

– Estes nem devem ser os piores filmes do ano, acredito que os verdadeiros piores tenham passado direto por mim.

– Assisti a muitos longas brasileiros esse ano, e fico feliz que poucos estejam nessa lista, apesar de ainda não povoarem a lista anterior.

– E a ordem dos Piores do Ano nem importa muito, são todos igualmente pavorosos.

Concorda com as listas? Não? Comente!

Agradeço a todos que acompanharam O Pipoqueiro em 2012 e a todos que vão seguir acompanhando em 2013! Foram 125 novos textos em 2012 e espero ter fôlego para muitos mais. Feliz Ano Novo!

Happy 2013

Sobre opipoqueiro

Marcelo Seabra - Jornalista e especialista em História da Cultura e da Arte, é o criador de O Pipoqueiro. Tem matérias publicadas esporadicamente em sites, revistas e jornais. Foi redator e colunista do site Cinema em Cena por dois anos e colaborador de sites como O Binóculo, Cronópios e Cinema de Buteco, escrevendo sobre cultura em geral. Pode ser ouvido no Programa do Pipoqueiro e nos arquivos do podcast da equipe do Cinema em Cena. Twitter - @SeabraM
Esta entrada foi publicada em Filmes, Indicações, Listas e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

2 respostas para Os Melhores & Os Piores de 2012

  1. Continuarei acompanhando!
    Abraços

  2. DaviEnghaw disse:

    Heleno, a cinebiografia do jogador de futebol Heleno de Freitas, mereceria estar na lista dos melhores. Já está no meu Top 3 dos melhores filmes de 2012.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *