Diretor reúne amigos para história de gângsteres

por Marcelo Seabra

Alguns filmes ficam numa área perigosa, praticamente incitando o espectador a torcer por figuras nada corretas, ou mesmo totalmente foras da lei. A exemplo dos Newton Boys (1998), outros irmãos criminosos inspiraram mais uma obra: Os Infratores (Lawless, 2012) acompanha os lendários Bondurants, tidos pela população local como indestrutíveis. Trata-se de mais uma parceria entre o diretor John Hillcoat, o roteirista (e roqueiro) Nick Cave e o ator Guy Pearce, mesmo trio do ótimo faroeste A Proposta (The Proposition, 2005).

Inspirado no livro de Matt Bondurant, neto de um dos personagens, o roteiro acompanha os fortes e decididos Forrest (Tom Hardy) e Howard (Jason Clarke) e o irmão mais novo Jack (Shia LaBeouf), aquele que ainda precisa provar o seu valor. Os três começam a ganhar um bom dinheiro durante a lei seca, quando vários produtores locais abastecem o mercado de álcool. Eles, ao contrário dos demais, não fazem acordos com a polícia, e a situação se complica quando chega um um novo agente (Guy Pearce) que vai fechar o cerco, forçando um confronto inevitável.

Além dos Bondurants (acima) serem personagens com certo carisma, o agente vivido por Pearce é um sujeito detestável, com traços de psicopata que logo ficam claros. Por isso, o público não tem dúvidas de que lado tomar. A composição de Pearce é um tanto exagerada, mas ele é sempre uma presença forte. E assim é também Tom Hardy, o Bane do último Batman. O ator vem se destacando e mostrando que é um dos principais talentos aparecidos recentemente. Ele compõe seu Forrest de forma bem contida, seguindo um rígido código de honra, sendo sempre o cérebro da família – e com um casaquinho de avô. LaBeouf não faz nada diferente do que vemos por exemplo nos sofríveis Transformers e Clarke não ganha muito espaço, deixando o foco para Hardy, que sabe o que fazer com ele.

Complementando o elenco, temos a onipresente Jessica Chastain, de Histórias Cruzadas, e Mia Wasikowska (a Alice no País das Maravilhas de 2010), ambas servindo como interesse amoroso para dois dos irmãos. Numa pequena participação, Gary Oldman (de O Espião que Sabia Demais, 2011 – ao lado) mostra mais uma grande interpretação como o maior gângster local, admirado pelo jovem Jack. É um mistério como Oldman ainda não levou um Oscar, ele reafirma sua competência com poucos segundos em cena. Não há lugar para o glamour e a política de Nucky Thompson, da série Boardwalk Empire, só para a brutalidade necessária para comandar o tráfico em meio a comparsas, clientes e concorrentes. Floyd Banner, uma mistura de ladrões históricos como Pretty Boy Floyd e Baby Face Nelson, merecia um filme inteiro só para ele.

Como a história de Os Infratores se passa no início dos anos 30, num pequeno distrito da Virginia (o mais molhado do país, como diz o título do livro de Matt, referência à bebida ilegal), uma minuciosa direção de arte era necessária, e não vemos nada menos que soberbo. O diretor de fotografia francês Benoît Delhomme, também de A Proposta, usa as paisagens do estado para criar belos cenários e mantém tudo muito sóbrio, só levando luz à casa dos Bondurants quando Jessica Chastain aparece usando seus belos e destoantes vestidos. Sua beleza tenta trazer um equilíbrio para a violência que marca aqueles tempos em lugares como Franklin.

O diretor Hillcoat leva seu elenco para Cannes

Sobre opipoqueiro

Marcelo Seabra - Jornalista e especialista em História da Cultura e da Arte, é o criador de O Pipoqueiro. Tem matérias publicadas esporadicamente em sites, revistas e jornais. Foi redator e colunista do site Cinema em Cena por dois anos e colaborador de sites como O Binóculo, Cronópios e Cinema de Buteco, escrevendo sobre cultura em geral. Pode ser ouvido no Programa do Pipoqueiro e nos arquivos do podcast da equipe do Cinema em Cena. Twitter - @SeabraM
Esta entrada foi publicada em Adaptação, Estréias, Filmes, Indicações e marcada com a tag , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

5 respostas para Diretor reúne amigos para história de gângsteres

  1. Pingback: Ralph Fiennes estreia na direção com Shakespeare | opipoqueiro

  2. Pingback: “A Maior Busca da História” chega aos cinemas | opipoqueiro

  3. Pingback: Homem de Ferro 3 inicia a Fase Dois da Marvel no Cinema | opipoqueiro

  4. Pingback: Robert Redford convoca um ótimo elenco | opipoqueiro

  5. Pingback: Sobra estilo aos Stokers | opipoqueiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *