As duas faces do mesmo populismo

Lula fantasiou-se de petroleiro, de cangaceiro, de caipira, de craque de futebol. Collor de piloto de jato, de motoqueiro, de sei lá mais o quê. Como ambos representavam extremistas — de direita e de esquerda — e eram raivosos, grosseiros, eram festejados. FHC, nas poucas vezes em que se meteu a besta, foi duramente criticado. Agora é Doria. Em comum, a classe, a educação, a maneira de se vestir, de falar. Ambos transmitem a imagem do que as esquerdas mais odeiam, a tal “elite paulistana”.

Leia Mais

Há quem pense que é Deus; Lula tem certeza

Lula já se comparou aos judeus perseguidos pelo holocausto. Lula já disse ser a alma mais honesta do Brasil. Lula já declarou que é mais conhecido no Brasil que Jesus Cristo. Lula já se disse o presidente mais influente do mundo. Pois bem. Cansado de tantas comparações corriqueiras e inferiores, desta vez o Sapo Barbudo despiu-se da sua costumeira imodéstia e colocou de uma vez por todas os tais pingos nos Is.

Leia Mais

O amigo delatado pelo amigo

O mais triste, para ele, e mais revoltante, para nós, é a desfaçatez com a qual este verme se move entre o mais puro cinismo e a mais lavada cara-de-pau, negando os fatos, desconhecendo amigos, esquecendo atos, distorcendo verdades, imaginando que todos que lhes dão ouvidos são da mesma subespécie dos seus adoradores, e não gente de verdade, de carne, osso e…cérebro. Sim, massa branca, não apenas aquele bolo cinza que costuma ocupar 98% da cachola dos seus bate-paus.

Leia Mais