Ou Bolsonaro se comporta ou Twitter e Facebook devem bani-lo, como baniram Trump

As redes sociais de massa, como Twitter e Facebook, não podem continuar a serviço de arruaceiros digitais como Bolsonaro e Trump

Arruaceiros digitais (Foto: Brendan Smialowski/AFP)

Amigos advogados sempre me ensinaram: não há direito absoluto. Assim como não há liberdade de expressão plena. Se ultrapassou os limites legais, deixou de ser liberdade de expressão e passou a ser crime. E não se pode recorrer a um direito para poder delinquir tranquilamente.

O leitor mais apressado irá me dizer: “pois bem. Se é assim, que a Justiça decida se é ou não crime, e sendo, que aplique a justa punição. Mas censura, jamais”. Eu até concordaria com o açodado amigo, porém, como reza o famoso ditado popular, “o buraco é bem mais embaixo”.

Por exemplo: Bolsonaro, você é um psicopata negacionista! Bem, essa é minha opinião a respeito do parça do Queiroz. O devoto da cloroquina pode gostar ou não. Não gostando, pode me processar. Mas minha opinião não coloca nem ele, nem ninguém, e nem nada em risco.

Compreenderam? Isso, sim, chama-se liberdade de expressão. E sendo tal liberdade considerada crime (injúria, difamação etc…), eu deverei arcar com as consequências dos meus atos. Porém, agora, considerem a seguinte situação: eu, Ricardo Kertzman, escrevo o seguinte:

Bolsonaro tem de ser arrancado a tapas do Poder. Ou: as esquerdas deveriam invadir o Palácio do Planalto. Ou ainda: fechem o Congresso e o STF. Neste caso, eu não estaria exercendo meu direito constitucional de liberdade de expressão, mas, sim, incitando violência e golpe.

E é isso que Jair Bolsonaro faz quase diariamente. Incentiva a violência entre os brasileiros, estimula portadores de armas a não respeitar o Poder Público, faz apologia à tortura, prega abertamente ruptura democrática e induz os menos instruídos a adoecerem por Covid-19.

Tudo isso não se trata de mera opinião ou liberdade de expressão, mas, claramente, de crimes que deveriam ser cuidados pela Justiça. Simultaneamente, já que são providências não excludentes, os veículos de comunicação, que reverberam tais delitos, deveriam agir.

Assim como fizeram com Donald Trump recentemente, Twitter e Facebook, em nome da democracia, segurança pública e saúde dos seus bilhões de usuários, deveriam enviar Jair Bolsonaro para o quinto dos infernos da internet. Deveriam bani-lo permanentemente.

E não há que se alegar tratar-se de censura, pois não é. Trata-se apenas de não permitir que um delinquente utilize plataformas de comunicação em massa para trazer riscos à toda sociedade. Ora, que esse tipo de gente crie seu próprio Twitter ou Facebook, e sejam felizes.

Minha casa, minhas regras! Eu não permitiria, por exemplo, um convidado de esquerda insultar um bolsonarista na minha residência. Eu não permitiria um colaborador disseminar fake news na minha empresa. Por que diabos, então, Dorsey e Zuckerberg têm de permitir?

E não é só Bolsonaro, não. Tem o resto da malta. Como tem também, e muito!, os entulhos da extrema esquerda, igualmente mestres da baixaria. Fora os anti vacinas, terraplanistas e outras excrescências. Quanto menos audiência essa gente tiver, melhor o mundo e mais respirável o ar.

Leia mais artigos meus em: IstoÉEstado de Minas e Facebook
 
**Atenção: Este texto não reflete a opinião do Portal UAI, e é de responsabilidade exclusiva do seu autor**

15 thoughts to “Ou Bolsonaro se comporta ou Twitter e Facebook devem bani-lo, como baniram Trump”

  1. Olá Inundado, larga mão de ser inocente e de dar uma de gafanhoto. Os EUA são um país esculhambado e esculachado do tipo: são 5% da população do mundo, mas mantém 20% da população carcerária deste mesmo mundo, um país onde uma em cada cinco criança passa
    fome. Vede que num faz muito tempo Al Gore não foi eleito presidente da república por decisão de tribunal, (Bush na Casa Branca) mas eles se lixam pelas demais nações, falam de democracia, mas é da boca para fora, então, dentro da própria casa ainda dão esse tipo de tranco como agora em Trump, mas não queira esperar que eles irão fazer isso com o ocupante do Palácio do Planalto de momento. Portanto o homem da pança grande, cheia de furúnculos pode continuar dando seus vexames que twiter e damais não o censurarão, vão continuar transmitindo tudo e, claro sem pagar tributo.

  2. Ou se comporta?
    Nunca vi militância tão nociva quanto essa que ocorre nos comentários de pseudos articulistas kkk.
    Como diz a celebre frase, “discordo do que você diz, mas defenderei até a morte seu direito de dizê-lo”

  3. Ricardo, infelizmente me enganei com você! Depois deste artigo, dá pra perceber que você se bandeou e faz parte da galera lacradora esquerdista mundial! Suspendem a conta do Twitter do Presidente da maior DEMOCRACIA do mundo, deixam as constas do Maduro e o Aiatolá do Irã e você me aparece com essa! Fui!!!

  4. Veja como são as coisas. No mundo empresarial vence quem sabe negociar. O militar não sabe negociar. Sou de família militar, tenho um tio general, e eles não sabem recuar. Não têm jogo de cintura. Isso ha doitrina militar é interpretado como fraqueza nas mais das vezes, como disse o Roberto Vilasnoas. O Brasil está perdendo a concorrência pela FORD para um governo de esquerda, o da Argentina. Essa justificativa da FORD, de redesenho na América do Sul é só protocolar. Nenhuma grande marca vai dizer que deuxa tal ou qual país porque recebeu proposta melhor de outro. Nos EUA, o governo de Obama injetou capital para a GM não quebrar. Hoje o Presidente do Brasil foi a público dizer que a FORD mentiu sobre o motivo de deixar o país. Isso foi uma indiscrição. E o militar é as vezes indiscreto. Os meus parentes são assim. Nenhum deles, meu pai, tios, primos, que são militares mantiveram o primeiro casamento. Eles são difíceis. Tem pânico de ser passado pra trás. E tem o problema dos remédios que foge aqui. O Brasil está perdendo a concorrência da FORD para a Argentina. É só isso. Se o presidente desse 5 anos de isenção fiscal parcial, a FORD ficaria. O mundo é dos que sabem negociar. A FORD teve prejuízo, como todo mundo, na pandemia e na mudança econômica do Brasil com o Paulo Guedes. Tirou o $ de circulação da população e mantém o dolar alto. Estamos revivendo a era de Delfim Neto e Sarney. Pouco dinheiro na praça e produtos brasileiros de baixa qualidade porque não há estímulo fiscal para importar insumos. A doutrina militar é considerada obsoleta na questão econômica. Ainda acreditam no agronegócio e na sociedade agrária como pilar social. Acham que o Brasil deveria ser uma grande horta. Que essa é a riqueza local. Não se negocia com grandes companhias revelando ao público a estratégia deles. O certo é fingir que acredita e discutir propostas. Eles fingirão também e no fnal tudo se acerta. O militar não sabe ser assim. Não sabe fazer isso. São doutrinados a pensar como em guerra. Tudo ou nada. Vai ser uma pena o Brasil perder a FORD. Já perdeu a DISNEY que saiu no ano passado e está perdendo a SONY agora em março. As grandes marcas, grandes companhias, não gostam de militares. Acham difícil lidar com eles e focam no receio da propaganda negativa. Na Segunda Guerra teve a Volkswagen custou a livrar sua imagem como marca oficial do nazismo. O mundo corporativo é assim. Se eu fosse o presidente colocaca na mesa 5 anos de isenção ou o que eles querem. Fixa prazo. Eles iam ficar. Vai perder para um governo de esquerda que sabe negociar.

  5. Carissimo, sempre leio o blog, mesmo discordando. Gosto de saber o que se pensa. Mais ainda quando os focos eram Lula, Dilma e PT. Ainda o são.
    Mas a partir do momento que começou a bater no Jair, ficou evidente havia seguidores que eram muito mais que simples antipetistas. Quando vi vc ser chamado de esquerdista e comunista meu mundo caiu. Inocente que sou acho que nem vc suspeitava que era.
    Quando vejo que teremos essa leva em 2022, a tristeza bate forte. Ainda acredito que vc os alimentou. É o ditado, quem semeia ventos…

  6. Finalmente o Brasil tem um presidente e um vice presidente respeitado pelos eleitores.
    É só comparar com o que fizeram os governos anteriores para ver a diferença.
    Sarney, hiperinflação, FHC desemprego e quebradeira, Collor um doidão, Itamar um molão, Lula e Alencar com Dilma e Temer o Quadrilhão.
    Mesmo controlando inflação e tendo Pibão, ficar dois anos enfrentando a pandemia da oposição a do togão, a do quadrilhão e a doença importada pelo Dorião que posa de salvador da pátria com o coronovacão de meia patacão não deve estar sendo fácil.

  7. O Covas instala na cidade o COVILDÃO-45 um sofisticado arrecadador digital de multas móvel circula e autua os carros pela cidade, de deixar os petistas com inveja.
    O COVILDÃO-45 possui tecnologia similar ao do Google e surge e desaparece do nada e ameaçador, filmando os veículos.
    O desgraçado equipamento batedor de carteira digital leva pânico aos motoristas que param por alguns minutos para descida de passageiros, descarga e entrega de encomendas, ir à farmácia ou padaria, debaixo de chuva, por exemplo.
    Isso contraria a lei de trânsito que proíbe radares móveis no país e deveria ser educativa e não punitiva, é coisa de governantes tiranos.
    Enquanto isso, o Covas oferece para o povão, uma porcaria e misteriosa vacina (só podia ser chinesa) contra o COVID-19, feita às pressas para esconder a responsabilidade de quem permitiu a disseminação da pandemia mundial.
    E para piorar, por falta de gente que presta na política e evitar a volta do quadrilhão, eu votei nessa merda de prefeito.

  8. Na idade do Pré=quadrilhão, eu trabalhava no ABC e a Ford de São Bernardo era uma das empresas mais invadidas e paralisadas pelas greves com duração até de 40 dias pelo Lula e seus comparsas do sindicato e sem terra.
    Aliás, recentemente, insuflados pelo sindicato, os “tabaiadôs” com suas famílias, fizeram um escarcéu danado com direito a invasão e quebra quebra quando ela fechou a fábrica do ABC.
    Agora, os petistas choram porque é mais uma mamata que foi embora daqui?

  9. Pode ser ‘implicancia’ minha mas será que não percebem que essa mania de futebol só serve pra dopar o povo?
    Keep a dope of religion, sex and tv (JL) but in Brazil we can add football to turn the people as asshole.

  10. Quem é o Twitter e Facebook se Deus não quiser! Twitter e Facebook pode ser banido. Não é eterno meu querido Ricardo Kertzman. Vá trabalhar com respeito. Suas reportagens são sujas e nojentas. Todo mundo sabe que você é petista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.