Steve Bannon, o guru de Eduardo Bananinha, é preso por rachadinha nos EUA

Como é mesmo o provérbio? “Diga-me com quem tu andas e direi quem tu és”. Para os Bolsonaro, cai como uma luva

Imagem: Google/Reprodução

Mas essa família Bolsonaro é mesmo chegada a uma encrenca, não é verdade? Parece que escolhe seus próximos pela ficha corrida, pô. O cara é um miliciano perigoso? Amigo. Assassino de aluguel? Condecorado. Operador de rachadinha? Assessor. Mensaleiro condenado? Aliado político. Ex-presidente ex-presidiário? Ministro informal. Calma, falo do Temer, não do Lula.

Eduardo Bolsonaro tentou ser embaixador brasileiro nos EUA. O papis bancou a vergonhosa aventura. Ambos quebraram a cara. Não a de pau, pois essa não quebra nunca. Mas quando Dudu Bananinha apresentou sua maior virtude, fritar hambúrguer como ninguém, a vida mansa em Washington subiu no telhado para nunca mais descer. Coitados dos Trump, né? Ficaram sem a companhia do inseparável amigo de infância. Não devem estar conseguindo dormir, tamanha tristeza, hehe. Snif, snif…

Agora é sério! Bananinha e família têm dois gurus nos States: Olavo de Carvalo e Steve Bannon. O primeiro, tadinho, vem caindo em desgraça e sendo abandonado pela família presidencial. Até o Carlucho anda meio sumido das redes e parou de reverberar as maluquices do doidão da Virgínia. O segundo? Bem, o segundo foi para o saco hoje. Ou melhor, para o xilindró. E nos Estados Unidos não existe Augusto Aras que resolva. Steve Bannon foi preso por conspiração para fraude eletrônica e lavagem de dinheiro.

O ex-assessor de Donald Trump, inspirador ideológico de onze em cada dez malucos extremistas de direita, foi flagrado pela procuradoria de Nova Iorque embolsando dinheiro destinado à construção de um muro na fronteira entre México e EUA, sonho de consumo trumpista. A bufunfa vinha de doadores que imaginavam estar ajudando a separar os malvados mexicanos dos puros americanos. Tolinhos! Bannon e o idealizador do projeto (de doação), um tal Brian Kolfage, faziam rachadinha com a grana dos trouxas.

O “gado trumpista” doou mais ou menos 25 milhões de dólares para os caras. Apenas Bannon separou 1 milhão para si. Alega que foi para custear despesas pessoais com o projeto. Ora, ou é pessoal, e errado o custeio, ou não é. Já Brian, segundo a acusação, “custeava uma vida de luxo” com parte do dinheiro arrecadado. Ambos já estão vendo o sol nascer quadrado e podem pegar até 40 anos de tranca. Notem: não há dinheiro público envolvido. Imaginem se houvesse!!

Alô, Dudu “Bananinha” Bolsonaro: avise ao seu guru Bannon que, de rachadinha, ele não entende porcaria nenhuma. Aproveite e indique o Queiroz para um cursinho “on line”. Como o Real não está valendo nada frente ao Dólar, mesmo com o patrimônio congelado, o marqueteiro da extrema direita mundial conseguirá pagar fácil, fácil. Inclusive, pode ser comprando uns panetones, em espécie, claro, numa loja de chocolates de um shopping carioca. Por lá, custa 20% menos que em outras. Mas lembre-se: nada de cartão; só dinheiro.

Leia mais textos meus em: IstoÉEstado de Minas e Facebook

12 thoughts to “Steve Bannon, o guru de Eduardo Bananinha, é preso por rachadinha nos EUA”

  1. Olá Inundado, ultrapassando as lindes cariocas ainda é rachadinha? Num tá mal dimensionada essa nomenclatura? Tamo falando de conexão sul norte, não é coisa de província não. Foram três décadas de Bolsonaro no morno do Baixo Clero, só sugando no melhor estilo carrapato, ajeitando a si aos seus. Parentada na política, toda boquinha sorvendo o leitinho e outras benesses da Viúva. Coisa da “nova política”. E teve inocente e ou não que caiu nessa esparrela. Pra isso tem a mídia amestrada e blogueiro serviçal.

  2. A rachadinha, prática tão popular entre políticos e fiscais e quadrilhas no país, ganhou identidade própria e se tornou um termo depreciativo muito usado pelos atuais opositores do governo.
    E como reforço, o termo “Antifascista” também está na moda para servir de escudo a muitos fichas sujas capivarentos.

  3. A comissão nacional de saúde da China jogou a toalha e passou a recomendar uso de hidroxicloroquina para tratar de covid-19.
    Tem a turma “contrária” ao uso por lá também, mas isso pode explicar a rapidez com que eles encontraram a “vacina” e denunciar opositores e mídia, os verdadeiros genocidas do Brasil.
    O acesso de mão beijada da tecnologia do Butantã na parceria com a China para fabricar vacinas lembra o descaso com a saúde e falta de patriotismo com a importação de carne de Chernobil importada nos tempos do governo biônico.

  4. Pois é, Ricardo. Veja que tinha um “monte de maluco” que recomendava a cloroquina… e… a China!!! Sim, agora a China está indicando a cloroquina!!! Nada como um dia depois do outro, não é mesmo?! Em breve vem recomendação da OMS dizendo que a reza brava, como alguns diziam, é recomendada no início do tratamento. Muitos seguiram recomendações do Mandetta que falava pra ficar em casa até faltar ar, para somente nessa situação, com os dois pés na cova ir ao hospital. Só para prejudicar Bolsonaro muitos preferiram sacrificar milhares de vida.

  5. Já foi solto, besta!

    Sensacional reportagem, os pedófilos tentando derrubar Presidente TRUMP,
    a foto do ex-presidente clinton,( Jornal Daily Mail), fotos inéditas que mostram bill clinton recebendo massagem de uma das vítimas d e jeffrey epstein ( o ex- presidente preparando para apoiar joe binden na convenção democrata).
    Governo hedonista, tentando ser poder.
    CANALHAVÍRUS!

    AS VÍTIMAS: CRIANÇAS!
    PAiS! MÃES! CUIDADO É POUCO!

  6. E o tal padre robson de oliveira,__ Trindade de Goiás, __ que loucura!
    Suspeito de ROUBAR R$ 60 milhões, doados por fiéis,Santuário Divino Pai Eterno e mais ROLOS!

    EITA quadrilha de batina tá feia!

  7. Globolixo, Bonner, Renata, Mandetta, Teich, Lula (fã numero 1 do Covid-19), Toffoli, Boulos, Ciro Gomes, Flavio Dino, Maia, Doria, Covas, OMS e demais parasitas de palanque que subiram nos caixões para combater o uso do hidroxicloroquina proposto pelo Bolsonaro, chamado pejorativamente até de Capitão Cloroquina, o que vocês têm a dizer aos familiares dos 108 mil mortos após a China afirmar que ele é indicado para combater a pandemia, antes dela provar a eficácia da sua vacina e após fechar um acordão com o Doria para usar os paulistas como cobaia?
    É bom lembrar que não vale pedir desculpas pela prática de genocídio, tá?
    Aliás, o filho de uma das 4 vítimas do Battisti disse que os pedidos de desculpas esfarrapadas do Lula por ter garantido liberdade de 8 anos para o assassino no Brasil são inúteis.
    Aliás, de novo, não foi esse pedidor de desculpas de araque, que há pouco tempo também pediu desculpas por ter comemorado a criação do monstro chamado coronavírus?

  8. Baby, Baby, Baby,

    Só estão restando os lunáticos nos comentários do seu blog , excetuando-se, claro, o Cidrac. Que bando de porra de louca !!! kkkk
    Cada um mais retardado que o outro. Vida de gado, povo marcado eh, povo feliz !!!
    Tá igual o o blog do Neymar que ninguém mais vai lá ler. Um lixo BolsoNerista.

  9. Foi só as pesquisas de opinião apontarem para os verdadeiros genocidas e reverterem o quadro de popularidade do Bolsonaro, a mídia mundana mudou sua estratégia, de olho na grana dos cofres públicos.
    Numa indisfarçável tentativa de recuperar a credibilidade e buscar novos contratos de publicidade parou de atacar diariamente o “gabinete do ódio” o “negacionista” e de responsabilizar o presidente pelo Covid-19, de tentar incendiar o país, alimentando pedidos de impeachment e estimulando os movimentos políticos e anarquistas com apoio da esquerda internacional, na “defesa” de uma democracia que NUNCA foi desrespeitada e sim duramente defendida com uso da força constitucional pelo presidente em exercício.
    E também foi só o Bolsonaro provar em números, o péssimo e irresponsável desempenho do Doria Carnaval na prevenção e combate à pandemia em São Paulo e do anúncio do “lançamento” da nova hidroxicloroquina chinesa, as astutas e espertalhonas Raposas do Mal silenciaram de vez sobre essa lamentável e indecorosa postura antipatriótica da mídia, que ficará para sempre registrada na história do Brasil.

  10. A globolixo e a imprensa em geral procuram a todo momento atacar o Presidente Bolsonaro.
    A fortuna do lulinha fenômeno, filho do carniça e ex-presidiário de Curitiba e o assassinato do ex-prefeito de Santo André, Celso Daniel juntamente com as 07 (sete) testemunhas do caso, logo, logo,
    caíram no esquecimento por esta imprensa esquerdista e mal intencionada !!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.