Cuidado! Dois criminosos de alta periculosidade estão soltos; e vem mais por aí

Eles roubaram bilhões, foram processados, condenados e presos. Mas estão livres e jamais conhecerão uma cadeia novamente. Esse é o Brasil que o STF escolheu e nos deixou como herança

Foto: Coluna de Mônica Bérgamo/UOL/Sem Autor

Agora não adianta reclamar. Segundo diversas pesquisas de opinião, 70% a 80% dos brasileiros são a favor da prisão após condenação em segunda instância. Cerca de 60% desejam Lula preso. Pois bem. O que fizeram (estes 6, 8 em cada 10 brasileiros) a respeito, nos últimos anos? 

É certo dizer que dois ministros são os grandes responsáveis pelo desastre, a saber: Toffoli e Mendes. Foram eles que mudaram os votos por conveniência, jamais por motivos constitucionais, como cinicamente alegaram. É igualmente correto responsabilizar os demais (Rosa Weber, Marco Aurélio Mello, Celso de Mello e Ricardo Lewandowski), pois poderiam perfeitamente votar em sentido contrário, sempre dentro dos preceitos legais, mas a eles a atenuante da coerência. Porém, um ente ainda mais responsável encontra-se esquecido e imune às críticas: o Congresso Nacional.

Por que deputados e senadores, conhecedores da controvérsia no STF, não cumpriram seus papeis constitucionais e legislaram de forma clara e contundente até hoje? Óbvio que se trata de uma pergunta meramente retórica. A resposta todos sabem. É aí que refaço minha pergunta inicial: o que fizeram, ou melhor fizemos, os brasileiros durante este tempo todo?

Elegemos deputados e senadores compromissados com o combate ao crime e à impunidade? Pressionamos nossos parlamentares à aprovarem uma lei definitiva sobre o assunto? Elegemos um governo — de fato!! — comprometido com estes propósitos?

Ora, a resposta é não. A sociedade, mais uma vez, não exerceu seu direito sagrado ao comando da nação. Preferiu se omitir (não votando e votando em branco ou nulo), seguir a onda da moda (afinal se interessar por política e pesquisar as melhores opções dá muito trabalho), ou, como sempre, acreditar em mitos, em pais e mães dos pobres, em populistas cafajestes e clãs regionais dominantes. Estou errado?

Me irrita profundamente, agora que “Inês é morta“, os gritos histéricos: “Fora STF; Fechem o Congresso; Intervenção Militar Já; Fora Rede Globo” e outras babaquices do gênero. Sem contar os idiotas que falam em AI-5.

Pô, quem elegeu Lula e Dirceu foi o povo. E quem levou Toffoli para o Supremo foram Lula e Dirceu. Quem elegeu Fernando Henrique Cardoso foi o povo. E quem levou Gilmar Mendes para o STF foi FHC. Quem colocou os 513 deputados e 81 senadores em Brasília não foi a Rede Globo. Então, se existe alguém que deve ser expulso do País ou “fechado”, esse alguém é o eleitor.

Eu poderia dizer: “que nos sirva de lição”. Mas não servirá. Democracia é um processo que exige participação, educação, solidariedade e capacidade para funcionar bem. Um país pobre, sem escolaridade, apolitizado e entregue à grupelhos sindicais e corporações diversas (públicas e privadas) está fadado ao fracasso — ou, vá lá, ao sucesso, mas em muuuuuuito longo prazo.

A missão, a partir de agora, não é apenas combater Lula, Dirceu e toda gangue de ladrões que ganhará as ruas. Em mais alguns poucos anos, estes trastes estarão servindo como dieta de minhocas, e só. A grande tarefa será impedir que outros trastes assumam em seu lugar. Pois esse é o ciclo nefasto que repetimos a cada dois ou quatro anos, desde 1988.

Quem quiser ver bandido preso, que não eleja bandido solto.

Leia mais.

 

33 comentários em “Cuidado! Dois criminosos de alta periculosidade estão soltos; e vem mais por aí

  1. PT: não somos bobos… Eis:
    Filosofia do PT:
    Embustismo, zorra, bilontragem, vigarismo, charlatanismo, breguismo, roubanismo, baranguismo, Pátria-educadorismo, putismo, petismo, cafonismo,

  2. Olá Inundado, a inveja e o elitismo utilizou a mistificação na imprensa, o golpe baixo do power point e outras rasteragens para criar o pretexto de encarcerar Lulinha Paz e Amor, pois com o craque no relvado num tem pra ninguém e os covardes dão a mão a palmatória. Muita perversidade, porém de curto alcance porquanto a farsa foi desnudada e o povo vê que milicianos e amigos assomaram ao poder com arminha, com disseminação do ódio, mas que no governo todas as medidas são tomadas por impor sacrifícios a quem muito pouco tem e que vive em sacrifícios.
    Os milhões de anônimos e os luminares estiveram com LULA na ida, na permanência e no retorno. Sem ódio, com ternura e esperança.
    Chilique num resolve Distinto, o jogo volta a ficar em nosso favor, não apenas em Pindorama como a nossa volta e pelo mundo afora.
    Num adianta resmungar, deixe de chororo! Tens a chance de cair na real e juntar-se a nós.
    Sorte, Saúde e Cidadania.

    1. A ALMA MAIS HONESTA DO MUNDO

      “O empresário Marcelo Odebrecht confirmou ao juiz Sérgio Moro, da Operação Lava Jato, que o ex-presidente Lula é o ‘amigo’ da planilha de propinas milionárias da empreiteira. Em depoimento nesta segunda-feira, 10, Odebrecht disse ainda que ‘Italiano’ – alcunha também lançada na planilha – é uma referência ao ex-ministro Antônio Palocci (Fazenda/Casa Civil/Governos Lula e Dilma) e ‘Pós Itália’ referência a Guido Mantega, que também ocupou a pasta da Fazenda. Odebrecht descreveu a Moro a planilha elaborada pelo Setor de Operações Estruturadas da empreiteira, o Departamento de Propinas.
      Ele falou sobre R$ 4 milhões que teriam sido repassados ao Instituto Lula e na soma de R$ 12,4 milhões supostamente investidos na compra do prédio do Instituto. Também abordou a cifra de R$ 50 milhões em propinas para Mantega que teriam sido usados na campanha de Dilma e, ainda, R$ 13 milhões em espécie sacados pelo ex-assessor de Palocci, Branislav Kontic, ou Programa B, entre 2012 e 2013, valor que teria sido entregue a Lula, segundo o empresário.”
      (Estadão, 10/04/17)
      “Marcelo Odebrecht revelou que “Amigo” era uma conta criada por ele para bancar despesas de Lula após sua saída da Presidência, em 2010. “A gente sabia que ia ter demanda de Lula, na questão do Instituto, para outras coisas. Vamos pegar e provisionar uma parte deste saldo, botamos R$ 35 milhões no saldo Amigo, para uso que fosse de orientação de Lula. A gente entendia que Lula ainda ia ter influência no PT, como era uma relação nossa com Presidência, PT, tudo se misturava”, disse. No final de 2014 restavam R$ 10 milhões na conta, segundo a contabilidade da Odebrecht.”
      (Época, 10/05/17)
      “Amigo do amigo de meu pai se refere a José Antônio Dias Toffoli. A natureza e o conteúdo dessas tratativas, porém, só podem ser devidamente esclarecidos por Adriano Maia, que as conduziu”, diz o documento enviado por Marcelo Odebrecht. O pai de Marcelo, por sua vez, é Emílio Odebrecht, empreiteiro que tinha proximidade com Lula. O ex-presidente petista, nas planilhas de codinome da empreiteira, era chamado de “amigo de meu pai”.”(Gazeta do povo, 12/04/19)).

    2. Caro Cidrac. Entendo a comemoração de vocês da esquerda sobre a soltura do Lula. Vocês realmente acreditam que ele é inocente. Agora , comemorar um troço deste???? vocês são tão limitados que, na ânsia pura de ver o messias solto, não fazem ideia do que fizeram: legalização do crime de colarinho Branco. Vamos lá Cidra, até você, que é o mais fanático de todos, sabe que esta lei foi para TODOS os políticos de colarinho branco. Lula foi apenas o mote. Quem tem dinheiro e bons advogados, nunca mais será preso por nenhum crime! Vai me falar que o Eduardo Azeredo é inocente? Que o filho do bolsonaro é inocente? Maluf? Collor? AÉCIO? Acha q o Aécio será preso algum dia????? A ignorância desta gente me dá medo. Comemorem! Gritem golpe na Dilma, golpe na bolívia, Elites perversas.. mas quando acabar o dinheiro….
      Pense nisso… Quem vocês tanto odeiam , também serão livres!

      1. Olá Rodrigo, percebi sua ausência nesse espaço, sejas bem retornado. Discordamos nos pontos fundamentais, portanto preconizaremos soluções diversas.
        Não seja incoerente, nem injusto, nós, a esquerda não apregoamos ódio nem violência. Vide os casos recentes de Malafaia acerca das fake news e de Joice “Helselman” (amparada no Plenário) por Manuela Dávila depois que foi xingada de porca por quem até um dia desses ela apoiava, sendo que num passado próxima ela xingou Dilma de nomes torpes.
        Entendo que a regra é a liberdade, prisão é exceção. Sei que em alguns casos a prisão será, ainda, um mau necessário. Mas, não se iluda, a função da prisão é limitada, na maioria das vezes será apenas um revide. Talvez nos casos de criminosos VIOLENTOS e AGRESSIVOS ela deva ser aplicada. Já para os casos dos crimes patrimoniais a pena mais eficiente é retirar tudo, com juros, de quem subtraiu ilicitamente.
        Quanto aos políticos o melhor controle é o PRÉVIO. A escolha de gente comprometida e proba. Isso inegavelmente requer comprometimento do povo e das instituições – tudo que Rede Esgoto, Bandeirantes, Veja, SBTeiras, Record não quer – vemos ai o resultado. Quer maior escancaramento do que a parte do eleitorado que se disse anti PT ter escolhido gente umbilicalmente envolvida com milícias há décadas?
        Quanto a faltar dinheiro eu não entendi visto que isso falta sempre para a maioria do povo.

  3. Impressiona como um veículo de comunicação de abrangência enorme em Minas Gerais permite ilações de natureza parcial e radicalizadas comias que o colunista sempre posta . Um periódico que deveria informar melhor a população se presta a deixar publicar opiniões pessoais desprovidas conhecimento técnico-jurídico de justificar a parcialidade subjetiva do colunista e para fomentar intolerância atacando as instituições que ainda por cima ,agora, querer culpabilizar o eleitor pelo estado de coisas em que se encontra o país , cujo rumo indesejado tem a responsabilidade de governante sabidamente apologista da tortura e violência desprovidos e qualquer qualificação para o exercício do cargo . É fácil acusar, pois mais difícil é defender , só que aí culpar quem vota “atira no próprio pé”. Com a devida “venia” o que estava errado era a vulneraçào do princípio da presunção de inocência , pétreo na Lei Maior, entendimento este anterior mudando por conveniência política e não por “impunidade” como querem formar opinião. Uma lei fundamental se respeita e só com sua mudança pelos caminhos corretos e legais é que se pode alterar sua aplicabilidade , não tresloucadamente com conluios de representante da acusação e magistrado investido de jurisdição . Isso se transforma em inquisição , banida e repudiada na história da humanidade ! Precisamos de mais lucidez e melhor informação ao público e não parcialidade subjetiva para fomentar mais ódio e inintoleräncia ! 😬

    1. rapaz, eu até tentei (juro!!) ler, mas precisaria de um dicionário do seu idioma e de uma dose gigantesca de paciência. Como ambos me faltam…

      resuma, traduza e reenvie que eu tento novamente

  4. A grande maioria do congresso e do senado foi renovada, indicando que os brasileiros queriam sim a mudança e os movimentos de rua também sinalizaram que o povo quis e quer mudanças tanto nas leis que regem a prisão em segunda instancia como também em vários outros temas. O que temos hoje é um povo refém das vontades de 2 presidentes das casas legislativas que não pautam o que interessa ao povo, e isso tem que acabar. Aliado a isso temos um presidente da Suprema corte da vergonha (aqui composto por apenas 6 membros) que fora ha tempos advogado do PT e não se declarou suspeito para julgar um assunto que não era do interesse de seu antigo cliente, então sim, temos também uma corte abjeta, asquerosa e nojenta, razão do repudio do povo brasileiro (em sua grande maioria). Temos que exigir sim a PEC da prisão em 2a instancia e isso tem pressa, pois de novo repetiu-se o julgamento ocorrido ha 2019 anos atras, onde o ladrão foi solto e o inocente condenado…..

  5. Quero só ver qual Fórum brasileiro terá coragem de nomear como Patrono esses causídicos de araque que desrespeitam o povo brasileiro, brincando de gangorra na balança judicial.

  6. O ÚNICO “EXCESSO” DA LAVA JATO FOI O DE INVESTIGAR, CONDENAR E PRENDER PODEROSOS LADRÕES.
    E isso os capatazes dos senhores do engenho, Mendes, Lewandowski, PToffoli, M. Aurélio, Rosa Weber e C.de Mello, não poderiam permitir jamais, não é mesmo?

  7. Vc tbm e culpado. A direita tem muito que aprender com a esquerda e se unir. Nao gosta do Bolso, mas ele é a esperanca. Cai na real, para de falar mal dele. Ele e o unico que tem culhao pra fazer o que esta fazendo.

  8. A triste prova da decadência maldita da sabedoria jurídica no Brasil.

    Nos tempos em que o STF era ocupado por sábios jurisconsultos e não de tutores da delinquência, em seu curto tempo de ministro (1917 a 1922), João Mendes Filho, assim como seu pai, deixou inúmeros ensinamentos jurisprudenciais para o país.

    Antes disso, teve participação brilhante e repleta de ensinamentos na elaboração da reforma do judiciário e das bases do Código de Processo Civil e Criminal do país.

    Agora, após 31 anos da promulgação da nova lei maior, os pomposos ministros lagosteiros do povo brasileiro, com os 6 x 5 deixam claro que ainda não conseguiram nem interpretar e pacificar o entendimento jurídico do contido em duas linhas de artigo da Constituição?

    E depois da merda feita, surge Operação Cavalo Doido a galope, na versão Legislativo, tentando consertar a porta da cadeia arrombada?

    1. pocotó pocotó pocotó pocotó pocotó pocotó pocotó pocotó pocotó pocotó ! corre que ainda dá tempo de lamber as botas do Ladrão!
      leva seu macaco de pelúcia pra ele assinar!

  9. Carlos Fernando dos Santos Lima, ex-procurador da Lava Jato, afirmou que, sem pressão das ruas, o Congresso não vai alterar a legislação para permitir a prisão de condenados em segunda instância.

    “Não se iludam com pessoas tentando desmobilizar a indignação com o ‘salva ladrões’, pois o Congresso, sem milhões de pessoas nas ruas, não aprovará nada, nem o fim do foro, nem a prisão após segunda instância, nem projeto Moro, nem nada que não seja tirar dinheiro do seu bolso”, disse no Facebook.
    “E o pior ainda está por vir. Vão tentar mudar a lei da ficha limpa enquanto o STF anulará as condenações de diversos condenados, especialmente Lula. Assim, não haverá barreira para que ladrões dos cofres públicos voltem para os palácios, para as mordomias, e para as velhas práticas corruptas, turbinados ainda pelos fundões bilionários sustentados pelos seus impostos.”
    (O Antagonista, 10/11/19)

  10. Agora, depois de nocautear a Lava Jato votando nova jurisprudência para a idosa CF de 1988, que por incrível que pareça, terminou empatada e precisou ser decidida no pênalti, que foi batido por um notório esquerdista, o STF pode explicar para o distinto público, o que é então, o Estado Democrático de Roubalheira?

  11. De 2003 para cá, os togados da alta Corte tiraram o país no Estado Democrático de Direito e o atolaram no Estado Democrático de a Torto e a Direito.

    Frase na porta de cadeia no Julgamento de petista corrupto no STF.
    Mantenha Aberta, por favor!

  12. “Toda gangue de ladrões que ganhará as ruas”
    Sinto, mas “as ruas ” é o lugar mais democrático para o povo se manifestar. Pena que o considere “gangue de ladrões”.

  13. O futuro deste corrupto realmente é a cadeia. Com os processos que ainda faltam para serem julgados, e com a reabertura do assassinato do prefeito de Santo André, Celso Daniel, tenho certeza de que não haverá escapatória. Será uma decepção para os petralhas, maduro, Morales e tantos outros da sua laia.

  14. O Congresso foi renovado. Mas no Senado, só 2/3 das cadeiras. E na Câmara, as vagas não são dos mais votados. O quociente eleitoral fez com que apenas 27 dos 513 candidatos dependessem só dos seus votos. Essa culpa não pode ser jogada no eleitor. Então, até acontecerem as mudanças, temos que conviver democraticamente com o que está aí. É o que Bolsonaro faz, e é criticado por isso! Saudações

  15. Na ânsia de acessarem e limparem os cofres públicos, esses vagabundos criaram um mega quadrilhão e enganaram o otariado nacional com ilusionismo, contos de fadas como do momento mágico e mentiras descaradas.

    No poder, implantaram a cultura da roubalheira e incentivaram a luta de classes, distribuíram cargos no governo e bolsas famílias até para falecidos, prometeram turismo para aposentados, passeios de avião, viagens espaciais, bancaram festas do guardanapo, obras superfaturadas comissionadas com as construtoras, trem bala e se vangloriavam de terem conquistado o pré-sal, que foi descoberto integralmente com verbas e infraestruturas de governos anteriores.

    Anteciparam conforto fazendo uma vergonhosa distribuição de crédito financiado a perder de vista e de obrigaram as empresas a pagarem benefícios trabalhistas que nem a Noruega teve até hoje.

    Prometeram também riqueza relâmpago geral sem muito esforço, coisa que nunca aconteceu em nenhum país, ao longo de toda a história do mundo.

    Prometeram com as fantasias do PAC, milhões de empregos e educação, sem contrapartida para todos os pobres e miseráveis, coisa que nunca aconteceu até hoje, em nenhum país, por mais rico que fosse, na história do mundo.

    O autoritarismo de bandidos auditores fiscais federais, estaduais, municipais com apoio dos colegiados de carta marcada em busca de arrecadação e propinas avançou cruelmente para cima dos empresários honestos de todos os portes do país e a maioria deixou o mercado, inaugurando a volta do desemprego no país.

    Desviaram verbas da Previdência e do FGTS para o BNDES e emprestaram com juros baixíssimos para si e para os campeões nacionais, oportunistas aliados e ditadores amigos.

    E não estavam nem aí com o fechamento de empresas, com a fuga de capitais das grandes empresas do Brasil e nem com o aumento epidêmico dos pedidos de seguro desemprego no país, que alertava para breve, a quebradeira geral da nossa economia.

    Aí houve uma “falha técnica” da SOC que originou a Lava Jato e o cheiro da podridão tomou conta do país e iniciou-se a fase de engaiolamento.

  16. Acho que são mais de dois, só de Bolsonaros são quatro. Ainda tem o Queiroz, os comparsas do escritório do crime, o Moro e Dalagnol, fraudadores do Judiciário. São muitos, vc se “equivocou”, como faz recorrentemente.

  17. O narcomunismo tem apenas um interesse: a corrupção.
    Manipular os mais simples, fazendo-os de trouxas, discursos pífios, desconexos, fraude, o estado em inação.
    maldosos, diabólicos, sanguinários.
    Impondo que o indivíduo tem que aceitar a condição de ser LIBRÉ do sistema falido, criminoso, intimidar, amedrontar. Lavagem cerebral em massa.
    SUBVERSIVOS! FACÍNORAS!

    XÔ13!

    QUERO DE NOVO luladrão NA PRISÃO!

  18. Ricardo, agora você brilhou na argumentação! Equilibrada e na “dose certa” para assunto tão delicado e complexo! O resultado “Lula livre” foi consequência de todos, na devida medida de cada um, como você bem ponderou. No mais, o choro é livre!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.