Sim, as pesquisas mentem. Mas a realidade não. É bom Jair se acostumando, Presida

O ruído que se percebe nas ruas, agora vem sendo oficializado pelas recentes pesquisas de opinião. É bom o presidente sair da sua caixinha

Foto: Bolsonaro 17/Divulgação/Google

Já sei. Você não acredita em pesquisas. Muito menos em pesquisas do Data Folha — irônica e merecidamente chamado de Data Falha — ou da CNT (Confederação Nacional do Transporte). Mas em que pese sua credulidade ou não nos institutos, é sempre bom ficar atento.

Jair Bolsonaro é um desastre segundo essas pesquisas. Para 40% dos eleitores o presidente é considerado ruim ou péssimo. Como comparação, no mesmo período, Lula (10%), Dilma (11%), FHC (15%). Mas esse não é o ponto. Bolsonaro saiu de uma avaliação negativa, em fevereiro, de 17% para os níveis atuais. Eis a encrenca!

Em sete meses de governo as conquistas foram imensas: reforma da previdência, MP da Liberdade Econômica, enxugamento da máquina federal, concessões de aeroportos, acordo com a União Europeia, etc. Afora a diminuição brutal dos crimes violentos e mortes por assassinato. Por que diabos, então, sua desaprovação subiu tanto?

Bem, como venho dizendo há quase dois meses (e apanhando bastante por isso), Jair Bolsonaro cometeu o maior dos seus erros quando inflexionou-se em relação à corrupção. Tão logo se viu ameaçado (e seu filho) com as investigações sobre o ex-assessor Queiroz, o presidente aliou-se, às claras, de modo vil, à Dias Toffoli (como consequência, a Gilmar Mendes), Davi Alcolumbre e Rodrigo Maia.

Simultaneamente (escrevi dezenas de post sobre o assunto) esse grupo atropelou os órgãos de controle, notadamente o COAF e a Receita Federal, aprovou de supetão e na calada da noite a famigerada Lei de Abuso de Autoridade, e impediu, ou melhor impede, a abertura da CPI da Lava Toga e de processos de impeachment a ministros do STF que vêm, escandalosamente, usando o cargo em benefício próprio ou de seu grupo político.

Bolsonaro — repito pela enésima vez! — não foi eleito por bolsonaristas, mas, sim, pela gigantesca parcela da sociedade que não suporta o PT e a corrupção generalizada que esse bando, travestido de partido político, capitaneado por seu chefe supremo, atualmente preso em Curitiba, disseminou pelo País. Uma vez descumprido seu compromisso, foi abandonado por quem jamais gostou dele e só o elegeu por absoluta falta de alternativa.

Também não é possível desconsiderar a costumeira e diária grossura (nos modos) e imbecilidade (nas palavras). De novo: a parcela que o elegeu, ao contrário dos seus fãs que adoram as lacradas do mito, não aguenta mais suas tretas juvenis com jornalistas, ambientalistas, petistas e sei lá mais quem. Em outras palavras: o saco encheu! E venho alertando sobre isso há meses.

Pois bem. Eis o resultado: um presidente com cada vez menos apoio popular.

Ah! Se você não acredita nos institutos tradicionais, é bom acreditar no que diz a pesquisa da XP Investimentos (gente que não costuma errar, por isso tão grandes e eficientes como gestores). Nela, Bolsonaro também atinge os píncaros de reprovação. 

Leia mais. 

P.S.: Sobre a simulação de segundo turno, ou melhor terceiro turno (hahaha) do Data Folha, sinceramente, me recuso a comentar. Como não comento sobre a “planicidade” da Terra.

20 comentários em “Sim, as pesquisas mentem. Mas a realidade não. É bom Jair se acostumando, Presida

  1. Quadrilhão Livre!
    Depois da Festa de Arromba nos cofres públicos do país, está claro que o papel do Quadrilhão Togado e dos sobreviventes do Quadrilhão Geral é neutralizar as ações e potencializar fatos negativos dos rivais.
    Enquanto isso, a maior parte do otariado nacional, ainda sob efeitos da Síndrome de Estocolmo, segue vulnerável e descrente com o real tamanho da gravidade da situação do país, apesar do engaiolamento em massa dos criminosos feito pela Lava Jato na gestão do Moro.
    Diante dos ataques e das ameaças e críticas diárias feitas pelos esquerdistas com apoio do Quadrilhão Togado, este mais viciado em holofotes que o Neymar, a Lava jato também sofre grande perda popularidade e já é tratada como sendo Lava Jato de para-brisa feito por Flanelinhas.

  2. No Brasil, um presidente só é defenestrado por um golpe bancado pelas velhas raposas ladronas da política e da sociedade rica que vive da corrupção que sempre reinou neste país infausto. Foi assim com o Collor e com a Dilma. Será assim com o Bolsonaro ridículo e burro! Vc pode falar e repetir o que quiser, as pesquisas podem pipocar aqui e ali – como sempre nada mudarão. A maioria elege, mas não mantém ninguém no poder!!! Chutarão o Bolsonaro, como se ele fora uma bola de estrume, os que mandam no Brasil de verdade – os poderosos empresários e os políticos carimbados que eles dominam. Quem viver, verá!

  3. E aí blogueiro, bolsonarista, está preocupado? Eu avisei, AQUI, que em 06 meses o Bozo ia fazer água. Errei por pouco, não é mesmo? Quem viver verá! Este governo já está morto. Só falta ser sepultado. Aliás, já nasceu morto. E, quanto às “realizações” atribuídas ao “capetão” e que você aponta neste texto, perdoe-me mas apenas você resultados positivos nelas. LULA LIVRE!

    1. Quando o PT assumiu, essa sua visão caolha de “profeta” não foi suficiente para enxergar nem um vislumbre da gigantesca roubalheira e incompetência que viriam afundar o País na maior recessão econômica, moral, social e administrativa da história??
      Nem mesmo já quando os descalabros e retrocessos do desgoverno clepto–populista bolivariano já assumiam proporções tsunâmicas??

  4. “Diga me com quem andas e te direis quem és”. Todo mundo que tem o MINIMO de estudo sabia o que era a extrema direita. Me admira um chimpanzé nazista, usando o slogan de hitler ter apoio ate de pessoas de origem judaica. Eu avisei.

  5. Permita-me acrescentar que, além das atitudes muitas vezes estúpidas dos Bolsonaros e do alinhamento com a corruptalha para atender aos interesses dos filhinhos em detrimento dos do País e dos compromissos eleitorais, estão as dificuldades impostas pela obrigatoriedade de se adotar medidas não populares para tirar o País do CTI.

  6. E o mais condenável é a “trairagem” covarde e o tratamento canalha que Bolsonaro vem dando ao ao maior inimigo da bandidagem e da corruPTalha criminosos que afundou o País nesse lamaçal de roubalheira: o Ministro Sérgio Moro.

    1. Inimigo da bandidagem? Vai pesquisar sobre o caso do Banestado seu mané, olha lá quem é o seu verdadeiro herói. Ou acha que isso é apenas um invenção??? LEIA!!!! E vai dizer o que da PARCIALIDADE total no julgamento do molusco??!!! hein….. CAOLHO CEGO

  7. Olá Distinto, a pata de elefante, mas pode chamar de Jair, onde bate reduz a bagaço, então, enquanto esteve no Congresso nacional fez a violência ir aos píncaros no RJ. Agora vive de ampliar o estrago para todo o Florão da América.

    1. conhece a musiquinha?
      …um elefante incomoda muita gente….(e com um filho)…dois elefantes incomodam, incomodam muito mais.
      dois elefantes incomodam muita gente..(e com outro filho)…três elefantes incomodam, incomodam, incomodam muito mais.
      três elefantes incomodam muita gente,..(e mais um filho)..quatro elefantes incomodam, incomodam, incomodam, incomodam muito mais.
      quatro elefantes incomodam muita gente,..(e ainda mais um filho)..cinco elefantes incomodam, incomodam, incomodam, incomodam, incomodam muito mais.
      cinco elefantes incomodam muita gente,..(e agora uma filha)..seis elefantes incomodam, incomodam, incomodam, incomodam, incomodam, incomodam muito mais.

      e ainda ‘dizem’ que em 2022 vão incomodar muito mais.
      Ah..de acordo com a esquerda não é mais ‘florão’ da América, é ‘fogão’ da América ..vide Amazônia!

  8. Eu evito qualquer tipo de conversa com petista, não me interessa a opinião de nenhum deles, não serve para nada mesmo. Mas, o restante dos eleitores com quem converso, a grande maioria, diz estar preocupado com o que o Bolsonaro fala, porém, todos eles são categóricos ao afirmar que votariam nele novamente. E é isso que interessa.

  9. Bolsonaro foi um militar chinfrim, um parlamentar inexpressivo e inútil durante 30 anos. O que poderíamos esperar. Procurei um adjetivo que o definisse e só encontrei um adequado: RETARDADO!

  10. Só vejo isso na cabeça e no cérebro de minhoca dos petralhas e dos jornalistas corruptos, data folha e nenhum instrumento de pesquisa política no brasil tem credibilidade, vejo o país no caminho certo a recessão não é culpa desse governo e sim dos ladrões anteriores, votei no Bolsonaro não por opção, mais por ser corajoso, vejo a covardia da mídia brasileira que ao invés de defender nosso presidente e nossa soberania sobre a Amazônia, preferiram ficar do lado do comunista Macron e fazendo de tudo para rebaixar o brasil perante o mundo, não tem honra na pátria que vive, mude para frança. Sua visão está Errada Ricardo na próxima eleição vota no Hadad ou no Luciano Hulck.

  11. Parabéns aos trouxas que votaram no Bozo e que achavam o Marreco de Curitiba um herói nacional. Estão tendo que enfiar o rabo entre as pernas.
    Falta de aviso não foi !!!

    1. MAIS UM PROFETA QUE VÊ UM DEFEITINHO NO GRAMADO DO VIZINHO, MAS É INCAPAZ DE VER QUE A SUA PRÓPRIA CASA JÁ DESABOU COMPLETAMENTE.

      Vamos lá, profeta de porranenhuma, quando o PT assumiu, essa sua visão caolha não foi suficiente para enxergar nem um vislumbre da gigantesca roubalheira e incompetência que viriam afundar o País na maior recessão econômica, moral, social e administrativa da história??
      Nem mesmo já quando os descalabros e retrocessos do desgoverno clepto–populista bolivariano já assumiam proporções tsunâmicas??

      1. Robes Mendes, o “caolho cego” dessa porratoda está sendo você que para justificarf as cagadas de bolsolixo usa os erros dos falecidos em 2016!!! Voce come cocô?? Bebe água do vaso sanitário?? Só escreve bosta!!!!!!

  12. “absoluta falta de alternativa”

    Que conversa fiada.

    As eleições presidenciais de 2018 foram as que tiveram o maior número de candidatos de anos recentes, tanto à esquerda quanto à direita.

    Alckmin, Henrique Meirelles, Álvaro Dias, até o Amoêdo, todos à Direita, poderiam ter sido eleitos e com certeza não estaríamos passando a vergonha absurda que estamos passando hoje, com esse orangotango que tem uma metralhadora de merda na boca.

    A Direita brasileira abraçou Bolsonaro por um motivo muito simples: quando acuados, não pensam duas vezes antes de jogar a democracia pela janela e procurar um coturno sujo de sangue para lamber. Preferem literalmente ver o Brasil QUEIMAR do que suportar outro governo de centro-esquerda (mais centro que esquerda).

    A questão agora é saber até quando vamos suportar esse bunda-suja na Presidência antes de tomar uma atitude.

    E vocês que votaram nesse merda, façam um favor ao seu país: QUEIMEM O SEU TÍTULO DE ELEITOR NUM FOGUEIRA! Mas cuidado para não acender a fogueira perto da mata, que está muito seca nesta época do ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.